[ editar artigo]

Entre o Ser e o Estar

Entre o Ser e o Estar

Durante toda a minha trajetória de vida, foi esse conceito do título deste post que, muitas vezes, me ajudava a tomar decisões e a seguir em frente. 

Sou a Kauane Fediuk, tenho 33 anos e divido aqui com vocês a minha história.

Passamos anos tentando descobrir quem somos realmente mas, dizem que quanto mais velhas ficamos, mais no aproximamos de nossa essência. Isso me faz entender que, não adianta achar respostas definitivas agora, é preciso viver e ter fé.

Ao longo dos anos, passei por muitas dificuldades e problemas, tudo que uma bela luta na vida tem direito e em todas as áreas: financeira, profissional, familiar, como estudante, como mulher, como mãe e esposa, tudo. Porém, uma vez eu li, e não vou me lembrar exatamente aonde, mas era sobre uma pessoa muito bem sucedida, e dizia: "...eu não sou dono de nada, eu estou. Quem eu sou vai muito além."

Essa frase entrou na minha cabeça, e graças a Deus eu era muito nova e, nunca mais saiu. Hoje, posso dizer que eu ESTOU proprietária de um restaurante. Mas ser dona de restaurante não me define. E se hoje eu digo que tenho sucesso profissional é graças a quem eu sou e a cada melhora significativa que faço em mim mesma TODOS OS DIAS.  

Toda a nossa luta de vida é baseada em quem somos, e só quem pode definir isso somos nós mesmas. Nos livrando de mochilas que colocaram nas nossas costas e que não são nossas, nos livrando de rótulos que nos foram impostos e de julgamentos alheios.

Passei por dificuldades sim, trabalhei demais, dias e noites. já fui considerada uma "viciada em trabalho", descuidei de mim, cuidei dos outros, estudei, fiquei doente, faltou dinheiro, entrou dinheiro, já caí em golpes pela minha ignorância, já fui demitida, fui admitida, já fali e já recomecei, conheci pessoas que valeram a pena, outras que me ensinaram muito sobre o que fazer e o que não fazer.

ESTIVE em empregos ruins, já ESTIVE em situações horríveis, mas não ERA eu. Era passageiro. Aprendizado. Fui sendo e tenho sido até hoje, lapidada. Mas em cada conquista ou provação eu me entendia como uma pessoa mais forte graças a paixão no coração pela vida, aprendendo a me amar, de casca grossa graças as dificuldades, estudiosa, pois a ignorância já me derrubou e de sonhos grandes...muito grandes,  que me mantém na ativa. 

Ninguém pode sonhar por você e muito menos realizar pra você, é preciso ter coragem pra viver. É preciso SER coragem. É preciso SER quem você é!

Esteja onde estiver, seja você sua melhor versão a cada dia. E como isso nos liberta!

Já estive em muitos lugares e hoje eu digo que ESTOU dona de restaurante e que eu SOU MULHER, SOU empreendedora e que amanhã, eu posso estar aonde eu quiser, graças a quem eu SOU.  

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você