[ editar artigo]

A gestão de cada gota (conteúdo com vídeo)

A gestão de cada gota (conteúdo com vídeo)

A importância de uma gestão de qualidade, atenta e especializada é primordial para o mercado cervejeiro. Com a crescente oferta de produtos nos últimos anos e também da demanda em quantidade, mas principalmente em qualidade e especificidade, há também uma necessidade de aperfeiçoamento e inovação no setor.

A cerveja artesanal abriu uma oportunidade incrível de mercado no Estado, fomentando emprego e a economia local, mas as mesmo tempo também criou concorrência e provocou uma imprescindível busca por um produto cada vez mais elaborado. O consumidor local é muito adepto, mas também exigente. Além disso, o consumidor paranaense não quer apenas consumidor a cerveja de qualidade. Ele busca por uma experiência.

Pensando nisso, a Ol Beer vem produzindo produto de linha para atender aos bares parceiros, mas também cervejas sazonais, refrescantes para o verão e encorpadas para o inverno, e a cada mês está lançando um produto novo com edição limitada para atingir o público, testar novas receitas e buscar a multiplicidade de sabores, com o intuito de pluralizar os produtos e surpreender o cliente.  

A mestre cervejeira da casa, Isadora Neier, explica nesta websérie sobre cervejas artesanais que o produto é sempre um grande desafio do mercado, já que o consumidor de cerveja artesanal é bastante rigoroso. Entretanto, ela ressalta que em contrapartida o mercado também aceita bem as novidades em questão de sabores e combinações. Por isso, hoje, o trabalho feito com o produto faz parte do negócio e não é um empecilho para o crescimento da operação.

Existem outras preocupações que fazem o empreendedor de cerveja ficar mais atento, tais como: logística e distribuição do produto de acordo com a necessidade de armazenagem; tributação estadual e interestadual, no caso de empresas que buscam capilarizar para outras regiões do país; e a expansão nas doses certas. A dica da mestre é estar sempre com o pé no chão, pois a competitividade deve ser respeitada, já que existem marcas com mais de 10 anos no mercado.


Entre as maneiras que a Ol Beer encontrou de se comunicar com o público é estar perto dele em eventos e nos bares parceiros. Assim, além de conseguir manter um contato próximo com o consumidor da marca, a empresa mede melhor não apenas a satisfação do produto, mas principalmente o atendimento que a marca presta e a experiência que ela proporciona. A Ol Beer passou por uma mudança de identidade visual, que estava bem confusa anteriormente e atingiu melhor o consumidor após as alterações realizadas.

Todo o processo da empresa recebeu orientação especializada e consultoria que, segundo os gestores, foi fundamental para chegar no patamar em que a empresa está, tanto na questão produtiva, como na gestão e administração da operação.

A Região Sul é muito conceituado no Brasil por ser bem desenvolvida no segmento e a empresa que estiver adequada a essa linguagem com certeza terá espaço no mercado cervejeiro. Entretanto, os desafios para a continuidade do negócio devem receber atenção para além do cozimento na panela de uma cerveja de qualidade.

É essencial que o empreendedor procure ajuda especializada para perdurar o negócio, profissionalizar a marca e distribuir o produto, que possa chegar ao consumidor de forma organizada, com qualidade e respeitando a identidade da cerveja. Por isso a importância de fazer bem um plano de negócios aliado à vontade do empreendedor cervejeiro.

Entre outras dicas da mestre cervejeira está a primordialidade de manter a o estilo da marca, já que o público se identifica com o seu sabor. Nesse caso, é necessário respeitar o super nicho que a marca atinge, para que as entregas possuam uma previsibilidade de recursos e viabilidade econômica.

 

Comunidade Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista, MEI e gerente de comunidades da Comunidade Sebrae!

Ler matéria completa
Indicados para você