[ editar artigo]

A Inovação, Competitividade e projeção mundial das Empresas Brasileiras

A Inovação, Competitividade e projeção mundial das Empresas Brasileiras

A realidade das empresas nascentes de base tecnológica (startups) pode ajudar a entender o ambiente brasileiro de inovação por sua importância na dinâmica do processo. De fato, essas empresas podem mudar rapidamente a situação de P&D nas empresas brasileiras e da inovação no país. Destacamos, nesse ponto, dois aspectos que parecem particularmente relevantes. Em primeiro lugar, o modelo de instalação das incubadoras no Brasil ainda apresenta certa desconexão com as cadeias produtivas locais em alguns casos. O critério de seleção para investir na instalação de incubadoras privilegia a existência da universidade e, muitas vezes, fica mais distante da agenda da indústria local. Além disso, o outro ponto que merece atenção é que o sistema de seed capital privado no Brasil assume um papel periférico no financiamento das empresas start ups. É necessário que o sistema de propriedade intelectual amadureça e que o Brasil se insira no radar dos fundos internacionais de seed capital como forma de profissionalizar e potencializar as oportunidades das tecnologias e produtos desenvolvidos no Brasil. Assim, analisando o nosso SNI (Sistema Nacional de Inovação), nota-se que há espaço para intensificar a sinergia entre o ambiente acadêmico e empresarial para que trabalhem de forma mais complementar e coordenada.

Inovação Social & Design Thinking - Ricardo ruffo slideshare - 웹A partir de uma visão holística da organização, é possível identificar que, à medida que o público surge com novas demandas, os processos e as ofertas precisam se adaptar para que haja solidez no mercado de atuação. Para isso, um bom caminho é aplicar a gestão da inovação. A gestão da inovação traz consequências significativas para o ambiente interno e externo da empresa, que pode refletir na melhoria da qualidade dos produtos ou serviços, na maior produtividade, na otimização dos custos, entre outros benefícios. Para saber como aplicar esse conceito em sua empresa é preciso entender suas vantagens e desafios, continue a leitura! O que é inovação? Antes de dissertar acerca da gestão da inovação, é preciso entender seu conceito, que diz respeito ao desenvolvimento, adoção ou proposição de um novo produto ou serviço, ou ao aprimoramento significativo de algo já existente. Isso significa que inovar não é, necessariamente, criar terreno, já que também pode ser um aprimoramento de algo já existente.

Então, se você realmente quiser alcançar seu público-alvo no Facebook, precisará complementar seus esforços orgânicos com alguma publicidade paga. Além disso, o Facebook aconselha os profissionais de marketing a esperar que as coisas continuem mudando, muitas vezes para melhor. O Facebook nunca foi estagnado em termos de inovação; portanto, nenhum profissional de marketing pode descobrir uma fórmula e permanecer com ela para sempre. Dito isso, saber como o Facebook exibe o conteúdo orgânico no Feed de Notícias atualmente pode ser útil para entender o ecossistema de marketing mais amplo do Facebook. Quando o Facebook lançou o Feed de Notícias em 2006, o algoritmo era bem básico. Diferentes formatos de publicação recebiam pontuações com diferentes valores; assim, uma publicação apenas com texto poderia valer um ponto, enquanto uma publicação com um link poderia valer dois pontos e assim por diante. Ao multiplicar a pontuação do formato da publicação pelo número de pessoas que interagiam com uma determinada publicação, o Facebook podia gerar um sistema de classificação para determinar a ordem em que as publicações apareceriam.

O mercado da moda sempre esteve relacionado ao consumo desenfreado e supérfluo, ou melhor, desnecessário, se pensarmos em trocas de coleções a cada estação. O fato é que todo mundo está mais consciente e buscando alternativas mais sustentáveis, desde a fabricação, distribuição até o aproveitamento das peças de roupa. O Brasil sempre foi um país de abundância em matérias primas orgânicas, como a palha, a ráfia e o algodão, tanto para compor acessórios, como bolsas, chapéus e bijuterias, quanto para tecer fios de texturas com a cara dos trópicos. A boa notícia é que os tecidos naturais ganham a cada dia novas versões, a partir não só mais do algodão, mas da fibra do bambu, ou do curauá - extraído de uma bromélia da Amazônia. A grife brasileira Osklen, de forte ligação com a natureza, é um exemplo de quem privilegia esse diferencial. Apoiadora de outras iniciativas sustentáveis, a marca é também fundadora do Instituto-e, ONG que promove desenvolvimento através de ideias verdes. Peças de seda ecológica, acessórios de couro de peixe e malha de algodão com garrafa PET são alguns dos produtos encontrados nas prateleiras de suas lojas.

TAGS

inovar

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você