[ editar artigo]

A melhoria no seu processo depende de você e das suas interfaces

A melhoria no seu  processo depende de você e das suas interfaces

Ninguém trabalha sozinho, não é mesmo?

Até mesmo o empreendedor que, por ventura, não tem uma equipe direta, possui suas interfaces (clientes, fornecedores, prestadores de serviços, ...). 

E, como manter todo esse Networking gerando valor para a sua área e para o seu negócio?

A palavra chave é: Confiança.

O seu cliente precisa confiar em você; seus fornecedores, pares, colaboradores, colegas, gestores, todos precisam confiar em você, no valor que você gera, naquilo que você diz e faz. 

Ah! E mais um detalhe, todas estas interfaces só lhe darão um voto de confiança se você, de fato, confiar em si mesmo e no seu produto, seja este uma atividade, um bem, ou um serviço.

E como construir esta relação de confiança?

1. Conhecendo o que você faz;

2. Ouvindo, genuinamente, as suas interfaces - é preciso se mostrar aberto a entender a necessidade dos seus clientes e fornecedores;

3. Comunicando-se com clareza;

4. Sendo transparente e alinhando expectativas;

5. Entregando os resultados acordados, no prazo acordado.

Se utilizássemos os 5 Porquês para encontrarmos a causa raiz para a falta de confiança, certamente esta seria comunicação falha

É um e-mail mal escrito ou mal interpretado, é aquela reunião para a qual você foi sem ter se preparado, é aquele fluxo de trabalho que você desconhece e não soube explicar como a sua área funciona, ou seja, Comunicação. Se eu não entrego a informação, ou a entrego pela metade, se não demonstro interesse em entender o que as minhas interfaces precisam, e como o meu trabalho as afetam e vice-versa, não há maneira de as interfaces serem positivas.

Minha dica:

1. Ao invés de reclamar que seu cliente é isso, que o fornecedor é aquilo, que o seu colega de trabalho não colabora, que a área ao lado é um estorvo... Abra a mente e vá de encontro, procure mesmo, agende uma reunião com estas interfaces. Escute, sem julgamentos, o que elas têm a dizer sobre o seu trabalho, o seu produto, a sua prestação de serviço;

2. Liste os pontos de melhoria identificados e reflita (novamente sem julgamentos) se eles fazem sentido, isto é, se estas interfaces têm razão;

3. Faça planos de ação bem estruturados e atue na implementação;

4. Chame suas interfaces, alinhe expectativas e compartilhe o que você está fazendo;

5. Entregue o resultado esperado, no prazo acordado;

6. Volte às suas interfaces e colha novos feedbacks.

Quando você cria este caminho, automaticamente uma porta se abre. Você melhora seu processo, constrói a confiança através da geração de valor e fortalece parcerias.

Só é possível agregar valor quando você vai de encontro às expectativas ou as supera. E, para isso, ouvir é o primeiro passo.

 

Blog

Comunidade Sebrae
Luana Ayres Vieira
Luana Ayres Vieira Seguir

Especialista em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Equipes, Liderança e Melhoria Contínua de Processos venho há mais de 15 anos atuando em grandes indústrias, nacionais e multinacionais e, também, prestando Consultoria e Treinamentos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você