[ editar artigo]

Segurança de dados: Como organizações devem se proteger?

Segurança de dados: Como organizações devem se proteger?

De fato, se você revisar o Relatório Anual de Cibersegurança de 2019 da Cisco, verá que os números relacionados aos ciberataques cresceu no último ano. E isso fez com que a segurança de dados ganhasse destaque nas empresas.

Em 2017 surgiu um vírus chamado “Ransomware” que bloqueava o computador das vítimas e sequestrava todos os seus dados. Só era possível recuperá-los, através do pagamento de um resgate aos invasores.

Isso levanta um alerta para as empresas criarem uma cultura de fazer backup, diariamente, para manterem seus dados protegidos.

Para entendermos melhor o que deve ser feito, vamos entender qual o cenário dos ciberataques que são direcionados a empresas.

Ataques cibernéticos e perda de dados

Mais da metade de todas as empresas que são vítimas de um ataque cibernético ou violação de dados, estão sujeitas a exposição de dados sigilosos, que caso sejam comprometidos, podem gerar danos para a reputação da marca, e caso os dados sejam da base de clientes, podem afetar diretamente na relação com os consumidores.

Mais de 20% das empresas que sofrem com perda de dados, podem ter uma redução de 20% a 40% na carteira de clientes. Afinal, ninguém quer correr o risco de ter seus dados expostos.

Por isso é importante adotar políticas de segurança e uma cultura para criar backups constantes, assim eles sempre estarão atualizados.

Como uma empresa pode perder seus dados?

Como mencionamos no começo do artigo, o Ransomware foi um vírus que causou grande dor de cabeça para as médias e grandes empresas, principalmente para aquelas que não possuem backups atualizados de seus arquivos.

Além dos problemas digitais, há também os danos físicos que os discos rígidos podem sofrer, como travamento ou falhas na leitura mecânica. Reverter este tipo de problema, na maioria dos casos é bem complicado e acaba custando caro.

Os principais casos, são:

Problemas no hardware

O problema no hardware é o tipo de problema que todas as empresas podem ter, pois, ainda que estes equipamentos sejam feitos para durar, não estão isentos de falhas mecânicas.

Os discos rígidos por exemplo, podem sofrer falhas mecânicas, fazendo com que suas agulhas parem, desta forma, é impossível acessar os arquivos sem um programa especializado.

Quando a empresa possui backups, substituir o hardware fica mais fácil, já que todas as informações estão salvas em outro local.

Crackers e vírus que controlam sua máquina

Manter os sistemas da sua empresa desprotegidos, podem comprometer seriamente a segurança dos seus dados.

Criminosos virtuais estão a todo tempo monitorando falhas em sistemas de empresas, para roubar suas informações e praticar os seus delitos.

Os vírus nem sempre possuem o único propósito de deletar às suas informações, mas também de corromper os sistemas operacionais, comprometendo todos os dados.

Agora imagine este tipo de ataque em uma empresa com milhares de funcionários, onde transitam milhões de dados. Ter cópias de segurança é fundamental. Mas como fazer backup desses dados?

Protegendo seus dados: Como realizar um backup?

Além dos sistemas de antivírus e firewalls, é preciso criar uma rotina diária ou semanal de backups, tudo depende da frequência com que os dados são atualizados.

Há opções tanto para usuários finais, quanto para empresas, como é o caso do EaseUS Todo Backup Enterprise, uma das ferramentas mais populares do mercado.

Ao abrir, há diversas opções para fazermos a auditoria do sistema. Aqui iremos selecionar o disco em uma máquina virtual.

 

Caso seja um disco físico, escolha a unidade que será feita o backup e o diretório onde ele será salvo.

Caso a inicialização do seu sistema esteja corrompida, será necessário criar um disco de inicialização. Isto é fundamental para manter o seu sistema operacional funcionando perfeitamente.

Caso o seu disco rígido tenha mais de uma partição do Windows, é possível selecionar a desejada.

No campo inferior, é possível selecionar a pasta de destino. Caso esta seja uma tarefa de rotina, é possível automatizar o processo, criando uma agendamento de backups.

Agora que você escolheu às partições desejadas, basta prosseguir com o seu backup.

Na tela acima podemos ver que o sistema cria uma área de logs, de tudo o que foi feito. Isso ajuda os profissionais e TI a gerenciarem melhor suas atividades.

Outro ponto importante para a maioria das empresas, é o histórico de e-mails, onde principalmente os vendedores utilizam como histórico para futuras consultas.

Fazer backups de e-mails como o Outlook podem gerar grandes dores de cabeça se não forem realizados da maneira correta.

Com esta ferramenta, é possível também criar um backup de toda a sua caixa de e-mail, garantindo mais segurança para os seus colaboradores.

Vale lembrar que as contas de e-mails também possuem informações importantes e também são alvos de criminosos. Por isso, é importante que o setor de TI crie cópias de segurança destas informações.

Conclusão

Como podemos ver, a segurança dos dados é um tema que compromete todos os setores da empresa. Por isso, é tão importante que as empresas criem uma cultura de segurança digital. Isso evita problemas futuros, afinal, depois que o sistema foi comprometido, será mais difícil recuperar as informações.

Na sua empresa, o setor de Tecnologia da Informação aplica alguma política de segurança de dados? Caso seja especialista na área, há alguma outra medida que possa ser adotada?

Compartilhe sua opinião conosco.

Blog

Comunidade Sebrae
Matheus Silva
Matheus Silva Seguir

Fã de mídia social. Geek. Experiência com Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Aspirante a programador.

Ler conteúdo completo
Indicados para você