[ editar artigo]

Barbearias e beleza: dicas de posicionamento e crescimento (conteúdo com vídeo)

Barbearias e beleza: dicas de posicionamento e crescimento (conteúdo com vídeo)

Capacitação e informação são diferenciais de sucesso

Se você pretende investir nos segmentos de barbearias e beleza e faz parte da maioria dos brasileiros economicamente ativos, que busca colocação ou recolocação profissional, empreender ou até mesmo construir seu próprio negócio após a aposentadoria nesses setores, continue ligado na nossa websérie sobre “Barbearias e Beleza”.

No conteúdo anterior mostramos que os salões de beleza e as barbearias continuam em expansão no Brasil, mas que a competitividade é um desafio para os profissionais e empreendedores do ramo. Com a ajuda do especialista Wellington Ramos de Oliveira, gestor do Instituto Embelleze de Curitiba, conseguimos identificar várias dicas que podem fazer a diferença para quem deseja qualificar-se ou manter-se na área de barbearias e beleza.

Hoje existem muitas opções de negócios nos setores de barbearias e beleza, tais como: cortes, desenhos, massagem, coloração, colorimetria capilar, sobrancelha, maquiagem, manicure, químicas e visagismo. Além disso, o público vem buscando cada vez mais novidades, o que exige do profissional aperfeiçoamento. Com isso, as escolas e o mercado da beleza vem ofertando capacitação especializada e produtos mais inovadores.

Dessa maneira, o profissional ou mesmo o futuro empreendedor da beleza deve fazer cursos do segmento que deseja, continuar a capacitação com especialização enquanto já atua em salões e barbearias para praticar o que aprendeu, criar habilidades advindas do exercício diário e fluxo de mercado, para então se preparar para ser o gestor do seu negócio. Esse é o caminho mais correto para conquistar o sucesso como empreendedor de barbearias e beleza.

Mas isso ainda não é tudo! Como o consumidor está cada vez mais exigente e informado, o profissional da beleza e de barbearias precisa se antecipar e se posicionar no mercado com seus diferenciais para atender essa demanda e poder transformar vidas por meio do seu ofício, criando laços com o seu mercado. O cliente tem que se sentir parte, se identificar com o profissional e com o estabelecimento para firmar esse vínculo. No caso das barbearias, por exemplo, Wellignton explica que os estilos clássico, old school, moderno e social são subsegmentos do setor que aproximam sua operação do cliente.

A partir do momento em que o profissional ou o empreendedor passa também a fazer um estudo de mercado, as vantagens crescem devido ao conhecimento sobre a administração de uma empresa. Essas são informações que algumas escolas já oferecem, pois o profissional que busca conhecimento além da técnica sai na frente e ganha competitividade sobre os demais.

Um exemplo disso são aqueles profissionais que se preocupam com a higienização, divulgação, gestão, fluxo de caixa, rentabilidade de recursos e produtos, entre outros. Esse é um dos exemplos que você verá aqui no próximo episódio da websérie, com a Naty Simões, uma mulher barbeira que se especializou em cuidados de higiene para salões e hoje ministra cursos de capacitação nesse setor para barbearias e salões de beleza. Naty está entre as pioneiras nesse segmento que, segundo Wellington, já vem despertando interesse em outras profissionais que procuram capacitação nos cursos de barbearias. O gestor explica que o curso aborda até mesmo a linguagem que a profissional deve ter para se conectar nesse nicho e entender o universo das barbearias.

Confira o vídeo com as dicas do especialista:
 

Sendo assim, o Brasil ganha cada vez mais força empreendedora e giro de capital que mantem o país na quarta posição no ranking mundial de consumo da indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, atrás apenas dos EUA, China e Japão. Mas com o diferencial de que o brasileiro, acostumado a viver em oscilações econômicas, pode ter o diferencial de ser mais flexível e capaz de enfrentar a competitividade mundial de qualquer player.

Blog

Comunidade Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista e conteudista!

Ler conteúdo completo
Indicados para você