[ editar artigo]

LÍDER, COMETA ESTES ERROS E PERCA SEUS MELHORES COLABORADORES!

LÍDER, COMETA ESTES ERROS E PERCA SEUS MELHORES COLABORADORES!

Quando somos funcionários achamos óbvio os erros dos nossos líderes, até negamos feedback por achar claro demais o que o líder está falhando, porém, quando nos tornamos empreendedores, aquilo que devemos fazer para ter uma equipe motivada, de alto desempenho e intraempreendedora não é tão óbvio assim.

Empreendedores iniciantes na posição de liderança cometem erros muitas vezes porque não têm autoconhecimento, não estudaram e se formaram para serem líderes, não tiveram uma boa referência enquanto eram funcionários (no máximo sabem o que não fazer), entre outras causas.

 

10 Erros Comuns de Empreendedores Iniciantes em Liderança de Pessoas

Todo esse despreparo para liderar uma equipe costuma gerar um grande problema: a perda de seus melhores colaboradores. Então, conheça a seguir 10 erros comuns que são cometidos por empreendedores iniciantes na posição de líder.

  1. Ausência de planejamento e visão de futuro: imagine você entrando em uma empresa que não tem planejamento, visão, valores, objetivos, metas. A ausência disso tudo gera insegurança para que o colaborador planeje sua carreira dentro da empresa.
  2. Inexistência de plano de cargos e salários: mesmo que a empresa tenha tudo aquilo que foi descrito no item anterior, não adiantará nada se não tiver um bom plano de cargos e salários com descrição de funções, atividades, competências, hierarquia, sistema de avaliação, remuneração variável, etc.
  3. Feedback aos extremos: muitos empreendedores de pequenos negócios acham que o que foi destacado nos itens anteriores é só para grandes empresas, então, quando chega a hora de fazer feedback, acabam por fazer de modo amador, tornando a conversa muito subjetiva, caindo na armadilha de ficar nos extremos do feedback: “loveback” (só elogios) e “fodeback” (só críticas).
  4. Não entendem de pessoas ou não sabem lidar com elas: cada colaborador tem valores, modelo mental, personalidade e motivação muito distintas, influenciado por suas experiências de vida, o que proporciona perfis comportamentais distintos (catalizador, controlador, apoiador e analítico), o que exige um líder bem preparado para tal desafio. 
  5. Não criam um ambiente de trabalho motivador: pesquisa da Isma Brasil (2014) mostrou que 72% das pessoas estão insatisfeitas com o trabalho. A insatisfação em 89% dos casos tem a ver com a falta de reconhecimento, em 78% com excesso de tarefas e em 63% com problemas de relacionamento, ou seja, ganhar mais muitas vezes não é a questão principal.
  6. Não desenvolvem seus colaboradores: mas, neste caso, têm uma ótima desculpa – “não invisto porque o funcionário melhora e sai da empresa”. Agora, reflita, e se você não treina e ele fica?
  7. Só conversam sobre trabalho com seus colaboradores: sim, você precisa fazer gestão humanizada, conversar com a equipe e conhecer o lado pessoal de cada um, afinal, como você demonstrará aos colaboradores que eles e o negócio podem crescer juntos, se você não conhece os sonhos, objetivos e metas deles para casar os da empresa?
  8. Não atuam como líder coach:  você deve alinhar as expectativas da empresa com a de cada colaborador, orientando rumo ao crescimento pessoal e profissional para, desta forma, ambos saírem ganhando, visto que o negócio cresce junto com o desenvolvimento da equipe. Aqui, o segredo é persuadir, jamais manipular!
  9. Não promovem o trabalho em equipe: cada membro da equipe tem que saber claramente o seu papel, assim como cada setor, departamento e unidade. É função do líder promover uma visão holística a todos, além de fomentar a sinergia, integração e empatia entre todos.
  10. Sobrecarregam os mais produtivos e “empurram com a barriga” os improdutivos: como tudo hoje em dia é urgente, nada mais normal do que cometer o erro de sobrecarregar seus colaboradores mais produtivos, o que irá desmotivá-los e, possivelmente, perdê-los.  Para piorar, como é moroso demais demitir, recrutar e selecionar, você acaba mantendo os improdutivos na empresa, pensando “ruim com eles e pior sem eles”.

Você pode ter na empresa os melhores produtos, tecnologia de primeiro mundo, fornecedores excelentes, localização privilegiada, capital de giro acessível, mas, se não tiver uma boa equipe, a qual se constrói com os melhores colaboradores, a sua empresa estará fadada ao fracasso.

Agora que você já descobriu o que não fazer enquanto líder, saiba mais sobre o que fazer para acertar em gestão de pessoas. Leias os artigos a seguir: Segredos de Líderes Empreendedores de SucessoComo se automotivar e motivar sua equipe.

Comunidade Sebrae
Rafael Souza
Rafael Souza Seguir

Analista de Negócios e Palestrante do Sebrae-SP no Escritório Regional de São José dos Campos, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios.

Ler matéria completa
Indicados para você