[ editar artigo]

Como controlar suas emoções e agilizar sua tomada de decisões para solucionar seus problemas?

Como controlar suas emoções e agilizar sua tomada de decisões para solucionar seus problemas?

Diante de todas as dificuldades que estamos vivenciando por decorrência do Covid-19, a administração empresarial terá que ser ainda mais eficiente e estratégica para conseguir superar este momento.

Mas e ai, você sabe como controlar suas emoções e agilizar sua tomada de decisões para solucionar seus problemas?

Todo final de ano, assim que encerramos um ciclo, normalmente colocamos como meta tudo aquilo que almejamos como conquista para o ano seguinte. E cada um com sua maneira particular de ser, uns fazem uma lista, outros fazem um planejamento completo e estruturado e outros apenas pensam sobre o que desejam realizar no próximo ano.

E assim o ano começa, as vezes no nosso ritmo, as vezes no ritmo do outro, e assim vamos superando nossos desafios diários. Até que de uma hora para outra quando menos esperávamos tudo ficou de ponta cabeça, um vírus altamente contagioso se espalhou pelo mundo, atravessando fronteiras, contaminando e matando milhares de pessoas.

E o foco passa a ser os cuidados com a saúde, passamos a adotar práticas nunca antes experimentadas ou imaginadas, como: isolamento social, álcool em gel, quarentena, ritual de chegada em casa, máscaras, e assim por diante.

E tudo se torna incerto, ninguém sabe quando tudo isso irá acabar. O futuro parece esvanecer-se diante de nós. Muito do que planejamos já não vale mais, até porque muito dos nossos planejamentos dependem diretamente da nossa renda e do nosso trabalho.

E é neste momento que nos deixamos dominar pela ansiedade, medo, pânico, desespero, angústia, enfim. E cabe a nós mesmos optar entre ficar lamentando o acontecido, ou rapidamente reagir e replanejar tudo aquilo que foi planejado anteriormente, e assim seguir em frente.

Pois uma das chaves para a agilidade emocional é a ideia de que as emoções mandam mensagens importantíssimas que temos que decifrar para escolhermos as melhores respostas emocionais, e quanto mais rápido fizermos tais escolhas, menor será o impacto negativo causado pelos imprevistos.

É de extrema importância o nosso reconhecimento de tudo o que estamos sentindo, saber identificar e dar nome às nossas emoções, e não se deixar influenciar por pessoas negativas, ver os fatos com objetividade e focar no que é mais importante neste momento.

Este é o momento de realinhar os planos, encurtar os prazos, buscar soluções, aprender todos os dias e vive-los um de cada vez. Pois os resultados de um empreendimento estão diretamente relacionados às habilidades do empreendedor de gerenciar as emoções de todas as pessoas envolvidas no negócio, principalmente em tempos de pandemia.

A nossa inteligência emocional nos proporciona o aprendizado, a compreensão e a como lidar com as próprias emoções e utilizá-las em benefício próprio, tanto nas nossas particularidades quanto na administração do nosso empreendimento.

E isso é de extrema valia, pois quando não temos clareza e entendimento de como estamos nos sentindo, acabamos perdendo o controle da assertividade das nossas ações e tomada de decisões e assim consequentemente colocar em risco o investimento e a dedicação do nosso negócio.

Pois quando falamos de negócios/empreendimento, de certa forma também falamos de pessoas e sentimentos. Por isso, precisamos exercitar a inteligência emocional para desenvolvermos competências essenciais para o dia a dia.

E para que consigamos desenvolver nossa inteligência emocional, precisamos desenvolver em nós mesmos alguns elementos que são fundamentais para que sejamos capazes de administrar o nosso negócio e também manter uma relação saudável com nossos clientes.

São eles:

AUTOCONHECIMENTO

É importante termos o conhecimento e o controle das nossas emoções que estão relacionadas as ações advindas das respostas dos estímulos que recebemos de fora. Devemos colocar nossos sentimentos e nossas ações em um papel e posteriormente refletir sobre as mesmas de uma forma bem detalhada, considerando todos os fatores envolventes.

SABER LIDAR COM AS EMOÇÕES

Sempre que estivermos sob pressão, o mais importante é tentar manter a calma e evitar chegar ao nosso limite. E o essencial para que isso seja possível é  utilizar de estratégias como treinos de respiração, meditação, pensar positivo, e afins.

EMPATIA

Se colocar no lugar do outro é de suma importância, pois isso nos ajuda a reconhecer outras emoções e outros comportamentos, fazendo com que nos tornemos pessoas mais abertas, mais sensíveis e mais empáticas.

RELACIONAMENTO

Ter boas relações, guiando as próprias emoções e as dos outros é mais um ponto-chave da inteligência emocional. Pois isso criara um ambiente positivo ao seu redor, melhorando a qualidade de vida.

MOTIVAÇÃO

Tudo depende de você, é você quem deve correr atrás de tudo aquilo que você almeja, de maneira consciente. É importante aprender a responder aos seus estímulos, analisando como você se sente, para só então decidir como se comportar.

 

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você