[ editar artigo]

Como diminuir a rotatividade da equipe?

Como diminuir a rotatividade da equipe?

Montar uma equipe de alto desempenho é o sonho de qualquer gestor, pois para muitas empresas, os talentos do time são um dos principais recursos a serem oferecidos aos clientes.

No entanto, quando as saídas dos empregados são constantemente mais altas do que o previsto, fica complicado manter a qualidade do time. Com desfalques, a empresa fica mais suscetível a erros e atrasos, o que pode afetar os processos e até o faturamento.

Diversas empresas como comércios, indústrias, fábricas de equipamentos de combate a incêndio, entre outras. Buscam estratégias para diminuir a rotatividade de funcionários e assim, manter a gestão financeira equilibrada. 

Até porque, se uma empresa possui um giro de entrada e saída de pessoas alto, provavelmente, tem muitos custos com demissão e admissão. 

Há, por exemplo, custos com rescisão, o processo de recrutamento e seleção e o treinamento do novo colaborador. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas que podem ajudar a diminuir a rotatividade da sua equipe. Vamos lá?

Planeje suas entrevistas 

Contratar o funcionário correto é a maior solução para acabar com a rotatividade, coloque etapas em suas entrevistas. Crie estratégias para selecionar o candidato que realmente se adeque ao cargo e a empresa.

O erro de muitas empresas é contratar um profissional apenas pelas habilidades técnicas e não visar se este profissional está em harmonia com os princípios da instituição.

O que ocorre é que em desarmonia com a empresa, ao se tornar parte do quadro de funcionários o profissional pode acabar ficando insatisfeito em estar naquele ambiente e acabar pedindo demissão ou prejudicar a produção operacional até ser demitido.

Uma indústria alimentícia precisa que seus colaboradores manipulem equipamentos como depiladeira de suínos e maquinários pesados. Imagine que um funcionário dessa linha operacional não esteja satisfeito com o ambiente e princípios da empresa. Isso resultaria diretamente na queda produtiva.

Benefícios

Ofereça benefícios que influenciam na qualidade de vida dos trabalhadores, busque opções que impactam no bem-estar dos colaboradores e afetando as suas emoções como:

  • Flexibilização do horário de trabalho;

  • Dias de folga;

  • Vale-compra;

  • Viagens;

  • Descontos em academias, teatros e cinemas.

Muitos profissionais optam mais por benefícios institucionais, que um aumento de salário e as empresas que apostam em uma política interna de benefícios tendem a ser mais atraentes para os funcionários.

Capacitação e motivação

Manter seus profissionais motivados com a empresa, promove a satisfação do colaborador em fazer parte da equipe. A capacitação é uma das melhores saídas para quem foge da rotatividade de funcionários. Até porque, por meio dela é possível a:

● Motivação dos colaboradores: estar em interação contínua com os funcionários,

permite que os colaboradores se sintam motivados a apresentar os melhores resultados;

● Produtividade: a partir do tópico anterior é possível aumentar a produtividade, um quadro de funcionários engajados é sinônimo de produção elevada;

● Identificação de talentos: apenas estando próximo aos colaboradores é possível reconhecer as qualidades e defeitos que os mesmos possuem. E assim também, identificar os talentos em potencial;

● Retenção dos talentos: mais importante que reconhecer os talentos é poder contar

com eles em seu quadro de funcionários, não deixe que o talento do seu colaborador seja explorado.

Imagine-se gerindo uma prestadora de serviços de reciclagem de lixo eletrônico. Esse trabalho, se mostra massivo e desgastante já que não é comum, mas com a implementação de uma estrutura motivacional, o ambiente se tornaria mais leve para o colaborador.

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você