[ editar artigo]

Como lidar com o PÂNICO e a ANSIEDADE em tempos de pandemia mundial

Como lidar com o PÂNICO e a ANSIEDADE em tempos de pandemia mundial

Para quem não está acostumado a trabalhar em home office e muito menos ter que se virar nos trinta para tentar praticar atividades físicas, por exemplo, dentro de sua própria casa - sem nem mencionar as inúmeras outras tarefas que todos enfrentamos diariamente em nossos lares como: fazer o filho estudar (nem que seja por vídeo aula), proporcionar um almoço para a família e manter a casa em ordem - a segunda semana de quarentena terminou como um choque.

Se em nossas vidas pessoais lutamos para manter um mínimo de sanidade mental enquanto estamos em quarentena, sem nem mesmo poder visitar um familiar ou um amigo para colocar a conversa em dia, enquanto ainda estamos sendo bombardeados por notícias difíceis de acreditar que chegam de todos os cantos do mundo a cada novo momento, para nós, enquanto pessoas jurídicas o pânico parece bater de maneira devastadora.

Estamos trabalhando muito mais do que se estivéssemos em nossas empresas, enquanto ainda acalmamos nossos funcionários, e precisamos nos reinventar e inovar para manter todos os processos da empresa em andamento mesmo que de longe ou digitalmente. Por isso, quando chega o final do dia não é nem um pouco fácil manter o controle.

A principal fonte de medo e de ansiedade no momento para qualquer empresário é a incerteza do que está por vir. Quanto tempo irá durar o isolamento? Qual será o tamanho do impacto dessa crise em nossos negócios? E principalmente, até quando sentiremos o impacto econômico dessa crise?

Especialistas podem tentar prever como o cenário deve se desenvolver não apenas no Brasil mas em todo o mundo, assim como estão fazendo, mas infelizmente a realidade é sempre muito diferente da teoria e ela certamente nos surpreenderá de alguma maneira.

Bem vindo ao clube!

Se serve de consolo, você não está sozinho!

Mas então como podemos lidar com esse conjunto de variáveis que tanto nos desestabilizam e ao mesmo tempo trazer para esse momento um potencial transformador?

Foi exatamente para entender melhor tudo isso o que estamos vivendo nesse cenário turbulento que nos foi imposto, conversamos com o psicólogo Luiz Hosannah, que nos trouxe algumas dicas de como  reagir a essa crise com mais resiliência, para que nossa sociedade possa ressurgir desse novo cenário com mais generosidade, tolerância às diferenças, solidariedade, ética, sustentabilidade, e consciência focada em prevenção.
 

Evite disseminar fake news ❌

Vivemos na era da tecnologia e da informação. Estamos sendo bombardeados por novas informações a cada minuto que passa. Porém, ao mesmo tempo em que isso é um ponto positivo para passar por uma crise tamanha a qual estamos vivendo também é muito perigoso, já que propicia a disseminação das fake news.

Em um momento em que a informação segura e de qualidade pode ajudar a salvar vidas, mais da metade do que recebemos em grupos de whatsapp, por exemplo, não é verdadeiro. Por isso, cheque todas as informações e selecione veículos de credibilidade para se manter informado. Mas mais ainda, não dissemine informações sem checar a sua veracidade!

Esse é um momento para disseminar solidariedade e não pânico ou fake news.

Não alimente o pânico nas redes sociais ❌

Se a situação já não está fácil, não é preciso trazer ainda mais pânico para o dia a dia das pessoas.

Como estamos todos isolados fisicamente, cada vez mais pessoas estão utilizando as redes sociais para se comunicar, então use-as de maneira positiva, seja para trabalhar fazendo reuniões com os seus funcionários ou até para manter o contato com um amigo ou familiar. Mas não para disseminar o ódio ou discutir questões “radicais” provocando grandes brigas virtuais, as quais muitas vezes não irão nos levar a lugar nenhum!

O nosso país já está polarizado demais, mas  agora mais do que nunca é o momento de pensarmos que estamos todos do mesmo lado, agora não é hora de nos colocarmos uns contra os outros. Afinal estamos todos no mesmo barco e se ele afundar, levará todos nós.

Mais uma vez reforçamos: Vamos disseminar solidariedade!

Evite a OVER INFORMATION ❌

Ao mesmo tempo em que ter acesso à informações a qualquer momento é muito bom, o tal do bombardeamento das notícias acaba nos deixando ainda mais nervosos e ansiosos frente a situação que estamos vivendo, isso como pessoas físicas e jurídicas.

Então além de selecionar um veículo de comunicação de confiança para se informar, uma boa dica durante esse período é escolher um ou dois horários para fazer isso. Muitas pessoas que estão aderindo ao home office na quarentena adquiriram o hábito de deixar a televisão, por exemplo, ligada nos canais de notícia durante o dia todo. Porém, ao final do dia esse bombardeamento só contribui para nos deixando ainda mais sobrecarregados e ansiosos. Se você fizer em horários pré determinados, se manterá informado sem ansiedade.
 

Siga as orientações dos órgãos OFICIAIS de saúde ✔️

Não podemos minimizar o momento em que estamos vivendo. O vírus do novo Covid-19 pode ter um baixo índice de letalidade como muitas pessoas estão disseminando por aí, mas mesmo assim ele foi responsável pela morte de quase 500 mil pessoas no mundo nos últimos meses, e em apenas 24 horas levou mais de mil pessoas ao óbito nos Estados Unidos da América, a maior potência mundial.

Não, também não é preciso entrar em pânico mas é essencial seguir as orientações dos órgãos oficiais de saúde como o Ministério da Saúde no Brasil e a Organização Mundial da Saúde.

Nesse momento a orientação desses órgãos segue sendo o isolamento social horizontal, ou seja, do maior número de pessoas possível, já que esse vírus tem um poder muito rápido de disseminação. Então só assim poderemos evitar um “BOOM” de casos, bem como colapsos nos sistemas de saúde, o que trará ainda mais consequências em todos os setores que vão desde a economia até a política e a educação.

Tenha bom senso ✔️

Se estamos vivendo em isolamento social horizontal é necessário ficar dentro de casa, com as pessoas que vivem com você, o máximo de tempo possível. É claro que você pode e deve ir ao supermercado ou até mesmo ao banco quando necessário. Inclusive, se ofereça para fazer esse tipo de serviço para idosos de sua família ou do seu prédio/condomínio. Eles sim não devem sair de casa em hipótese nenhuma.

Porém esse não é o momento de realizar um jantar para os seus amigos ou um churrasco com os colegas de trabalho! Mesmo que o evento acontecesse na casa de uma das pessoas envolvidas o que é importante agora é evitar a aproximação com outras pessoas que não morem com você, ou consequentemente as aglomerações.

Lembre-se: ninguém está em casa de férias, se até as decisões da sua empresa estão sendo tomadas através de reuniões à distância, pela segurança de todos, os seus amigos também devem ficar em casa.

Além disso, também é necessário evitar qualquer tipo de visitas aos seus parentes, principalmente aqueles em que estão no grupo de risco, ou seja, tem mais de 60 anos de idade.Por mais que você não apresente nenhum sintoma, você pode sim estar contaminado com o vírus e consequentemente estar transmitindo a doença. Use as tecnologias para se manter em contato com os que você ama ♥️
 

Aproveite o tempo de maneira criativa ✔️

Nos tempos livres tenha hábitos saudáveis. Faça leituras proveitosas, estude. Pratique atividades físicas ou meditação. Isso tudo mantém a nossa cabeça no lugar e faz com que sejamos mais proveitosos e criativos no trabalho.

Além disso, pode parecer que não, mas um momento de crise é perfeito para repensarmos e reinventarmos nossas empresas. Use o tempo que te sobra por já estar em casa para pensar em novas maneiras de proporcionar serviços e produtos para os seus clientes.

Depois que tudo isso passar, não podemos voltar ao normal, porque o normal era exatamente o problema. Precisamos voltar melhores, como pessoas e como empresários.

O Sebrae está com atendimento 100% digital neste período. Todos precisamos nos cuidar! E mesmo de casa, vamos orientar você, com relação a sua empresa, nos acione através dos seguintes canais: 🔵 WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail 🔵
 

VAMOS JUNTOS 😉💪🏼

 

Blog

Comunidade Sebrae
Sebrae Paraná
Sebrae Paraná Seguir

Especialista em Pequenos Negócios - Atendimento ao Cliente | Marketing | Marketing Digital | Finanças | Gestão | Empreendedorismo | Comunicação | Inovação

Ler conteúdo completo
Indicados para você