[ editar artigo]

Como usar o Google Analytics para otimizar as vendas do seu site

Como usar o Google Analytics para otimizar as vendas do seu site

Se você tem um site para vender na Internet, precisa aprender como otimizar vendas usando o Google Analytics.

Em poucas palavras, o Analytics é a ferramenta mais potente para a análise de estatísticas dentro do seu site e, por isso, é o instrumento essencial para ensinar tudo que você precisa saber para vender mais.

Quer saber mais sobre o assunto e aprender como otimizar vendas usando o Google Analytics? Então siga a leitura abaixo!

Como otimizar vendas usando o Google Analytics

O Google Analytics é uma plataforma que apresenta todos os dados estatísticos do seu site coletados pelo próprio Google.

Com ele, é possível saber de onde vem o seu público, para onde ele vai, que tipo de ações toma e até mesmo onde mantêm o mouse na tela.

Para saber mais sobre como otimizar vendas usando o Google Analytics, veja nossas dicas a seguir!

1. Entenda de onde vem o seu público

Uma das ferramentas mais úteis dentro do Google Analytics é a análise de origem de tráfego para o seu site. Afinal, de onde vêm as pessoas que acessam o seu conteúdo?

Será que elas são direcionadas de alguma página na Internet? Será que elas chegaram até o seu conteúdo pelo Google? Talvez pelas redes sociais? Quem sabe elas foram direto para a sua página?

Ao saber isso, você consegue entender qual é a força do seu tráfego orgânico e onde está o seu público que mais compra.

Por exemplo, suponha que você tenha 1000 visitas mensais no seu site. Dessas, 700 vieram das redes sociais e 100 vieram do Google, com o restante espalhado entre parceiros, tráfego direto e outros.

Dos 700 que vieram das redes sociais, 10 compraram seus produtos, uma taxa de 1,42% de conversão. Já dos 100 que vieram do Google, 5 se tornaram clientes, uma conversão de 5%.

Ou seja: mesmo que o Google gere menos clientes em aspectos nominais, a conversão lá é muito maior. Por isso, ao analisar essas métricas, você pode constatar que faz mais sentido investir mais em tráfego do Google para o seu site.

2. Trace estratégias para aumentar seu tráfego orgânico

O Google Analytics ajuda a mostrar qual é a força do seu tráfego orgânico e a medir os efeitos de estratégias para melhorá-lo.

Isso porque o Analytics mostra um gráfico completo de todo o tráfego oriundo do Google e, assim, é possível testar a capacidade de suas ações.

Por exemplo, ao usar uma plataforma de Guest Posts, que auxilia sites a conseguir posts convidados em outras páginas e, assim, aumentar a sua autoridade online, você conseguirá registrar todos os links obtidos e como eles afetaram a sua quantidade de tráfego orgânico.

3. Analise os gargalos de desempenho na sua estratégia

Se você quer aprender como otimizar vendas usando o Google Analytics, é porque você já tem uma estratégia de vendas montada na Internet.

Ou seja: você já tem um site com o caminho para o cliente comprar, tem estruturas de tráfego no Google e redes sociais… enfim, já há uma estrada clara pela qual a venda acontece.

O que o Google Analytics permite é enxergar essa estrada na prática, de modo a ver onde estão os gargalos de produtividade.

Por exemplo, suponha que você tem o seguinte caminho:

  • 1000 pessoas entram no seu site pelo Google na Página A;
  • Na página A, são levados para a conversão de um e-book e 500 convertem;
  • Depois de convertidos no e-book, são direcionados para a Página B. 15 vão;
  • Dos 15 que chegaram até a página B, 7 compram.

Nessa estrutura, há um claro gargalo: a transição do e-book para a Página B.  Antes, a taxa de conversão era de 50% e ela se manteve nisso depois. No entanto, aqui, ela caiu para 3%. É um típico gargalo.

Ao identificar essas “perdas” de fluxo, fica mais fácil identificar onde é preciso agir no seu site.

4. Realize Testes A/B para melhorar o fluxo

Agora que você já sabe onde estão todos os gargalos de fluxo no seu site, é hora de arrumar essa situação. E tem como otimizar vendas usando o Google Analytics nessa hora? Sim!

O Analytics também permite que você realize Testes A/B, com diversas opções de customização de páginas, e possa medir os resultados de modo a entender qual é a melhor.

Por exemplo, suponha que você identificou um gargalo de fluxo na conversão de uma Landing Page pra um e-book.

Depois de muito analisar, você teorizou que o problema é a quantidade de dados para preencher no formulário. Por isso, resolveu reduzir de 5 itens, para apenas 3.

Então você programa o seu site para dividir o público em iguais quantidades. Uma parte das pessoas é direcionada para a Landing Page com o formulário de 5 itens e outra é direcionada para o formulário com 3 itens.

Pelo Analytics, dá para analisar quem teve o melhor desempenho e entender se a ação é o suficiente para limpar o gargalo de fluxo.

E aí, aprendeu como otimizar vendas usando o Google Analytics? Basta colocar esses ensinamentos em prática para ter o melhor resultado possível com seu site.

Você gostou das nossas dicas? Então comente abaixo a sua opinião sobre o assunto!

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você