[ editar artigo]

Delivery de comida: 5 dicas para ter sucesso com seu negócio

Delivery de comida: 5 dicas para ter sucesso com seu negócio

O delivery de comida já estava na moda há alguns anos, mas agora tem tudo para se tornar um dos principais mercados do país. Afinal, em tempos de coronavírus, essa é a única maneira dos restaurantes trabalharem (e a única forma dos consumidores aproveitarem).

No entanto, o mercado de Delivery de comida não é fácil. Para os empresários, é importante entender que nem tudo que funciona no segmento físico traz resultados no mundo digital.

Por isso, é importante estar disposto a mudar de ideia e aprender bastante sobre as novas “regras” do jogo para poder ter sucesso com o seu negócio.

Quer aprender quais são as principais maneiras de se destacar no ramo de Delivery?

Então leia as nossas dicas a seguir!

1. Ter atenção ao funcionamento do aplicativo de Delivery de comida

O primeiro passo a entender como ter sucesso com o Delivery de comida é entender que os grandes aplicativos são as principais plataformas do mercado, como o Rappi Delivery, iFood ou Uber Eats.

Claro, você pode lançar um aplicativo próprio e ter sucesso com isso, mas ele só traz resultados se você tiver uma equipe de entregadores (o que resulta em mais gastos) e se tiver uma base de clientes fiel.

Se não tiver esses elementos, você dependerá dos aplicativos grandes, que reúnem vários restaurantes e milhares de entregadores próprios.

Nesse caso, é essencial dominar os mecanismos de funcionamento dos algoritmos desses APPs. Cada caso é único, mas é possível entender algumas lógicas básicas por trás dos algoritmos.

Nós daremos algumas dicas no artigo que vão ajudar com isso, mas é importante que você faça suas próprias investigações para entender como se destacar em cada APP.

2. Fazer testes constantes e controlados para saber o que funciona

Trabalhar com Delivery de comida é como trabalhar em um laboratório científico: é necessário fazer testes constantes para entender o que funciona e o que não funciona.

Além de testar o tempo todo, é importante que você faça testes controlados para poder obter insights úteis. Afinal, alguns testes podem dar resultados específicos que são, na verdade, fruto de algum outro elemento que você não enxerga.

Isso significa que você deve testar pratos, promoções e outros elementos, incluindo dias específicos para lançar novos produtos ou dar descontos. Será que vale a pena oferecer 10% OFF no sábado, com maior demanda, ou na segunda-feira, quando o movimento é mais fraco?

Será que o desconto atrai mais gente e compensa pelo ganho de demanda ou representa um risco? É esse tipo de coisa que se deve analisar.

3. Estabelecer uma rotina otimizada de produção dos pratos 

Um dos elementos comuns em todos os algoritmos de aplicativos de Delivery de comida é o tempo de entrega de cada pedido. Quanto mais tempo demora para um restaurante entregar um prato, menos o APP vai divulgá-lo.

A lógica é simples: os APPs competem entre si. Quem pede no Rappi, não pede no iFood (não no mesmo dia, pelo menos). Quem pede no Uber Eats, não vai pedir no Rappi. E por aí vai.

Por isso, os apps querem proporcionar a melhor experiência possível para os consumidores. Logo, eles querem evitar que as pessoas esperem muito tempo para receber o prato que pediram. Portanto, favorecem os restaurantes que entregam em menos tempo.

Assim, é essencial que você monte uma rotina otimizada para produzir os pratos de Delivery no menor tempo possível. Dessa forma, é possível se destacar da concorrência e ser promovido pelo APP.

4. Caprichar nos ingredientes e na composição de cada prato

Suponha que um amigo pergunte para você se é melhor comprar um lanche da Lanchonete X ou da Lanchonete Y.

No entanto, você sabe que a Lanchonete X faz um lanche péssimo, mas fica pronto em 5 minutos. Já a Lanchonete Y faz um lanche excelente, mas fica pronto em 30 minutos.

Qual você recomenda? Provavelmente a Lanchonete Y, certo? É fato que o sabor é mais prioritário que o tempo de espera (desde que não estejamos falando de horas de espera).

É a mesma coisa com os aplicativos. Se você tem um tempo de produção igual ao da média dos restaurantes, então o elemento mais importante é a avaliação dos clientes.

E o elemento que mais traz avaliações positivas é a qualidade da comida. Por isso, nunca economize em ingredientes e nem desvalorize a importância de ter um prato bonito e gostoso para ser servido.

Quanto melhor for o seu produto, mais avaliações positivas você receberá e mais destaque terá nos aplicativos de entrega.

5. Investir na fidelização dos consumidores nos aplicativos

Um dos problemas do Delivery de comida é sofrer com a inconstância. Um dia, o algoritmo recomenda você com destaque. No outro, recomenda o seu concorrente.

É possível, no entanto, obter um fluxo estável de pedidos ao investir na fidelização dos clientes. Prestar um bom serviço, de maneira rápida e com comida gostosa é um dos primeiros passos para isso.

No entanto, é possível também pensar em estratégias de interação com o público para torná-los mais fiéis ao seu restaurante e diminuir a instabilidade no fluxo de pedidos.

 

E aí, aprendeu como se dar bem no ramo de Delivery de comida?

Agora é só colocar as táticas em prática para começar a se destacar nesse setor.

Antes de ir embora, no entanto, não esqueça de deixar seu comentário com a sua opinião sobre as nossas dicas!

 

Diego Andrade  

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você