[ editar artigo]

Dicas de Negociações

Dicas de Negociações

Você já parou para pensar que passamos boa parte do tempo negociando com clientes, fornecedores, colaboradores, amigos e até familiares?

Será que negociamos adequadamente?

Reflita sobre suas últimas negociações comerciais.

Você se considera um bom negociador? 

Acredita na possibilidade de aprimorar sua habilidade em negociação?

Vários fatores podem interferir em um processo de negociação e gerar situações de conflito.

Os conflitos podem surgir, por exemplo, pela divergência de idéias ou pela resistência a alguma mudança na empresa.

Essas situações fazem parte do dia a dia de uma empresa, e você pode se preparar para conduzi-las da forma mais adequada.

A melhor forma de Negociação prática do “ganha-ganha”, aquela em que todas as partes envolvidas, de alguma forma, se beneficiam da negociação realizada.

Importante!
A negociação é um processo, portanto possui diferentes momentos em que as partes envolvidas, inicialmente divergentes, se movimentam para um ponto no qual um acordo seja possível.

Nos momentos de conflito, é preciso considerar aspectos racionais e emocionais específicos, que podem ser diferentes para cada situação e contexto.

Sentimentos de insatisfação presentes e não externados em uma situação de conflito, com o passar do tempo, podem se transformar em barreiras ao diálogo e à negociação.

Quando as possibilidades de negociação são baixas, as chances dos conflitos ocorrerem aumentam.

 

Possíveis fontes geradoras de situações de conflitos são:

Falta de recursos, diferenças culturais, ambiente hostil, manipulação,surpresas indesejadas, diferenças de objetivos, preconceitos, insuficiência de informações.

Atenção!

Os conflitos não são o único meio de realizar mudanças. Quando existe diálogo e confiança entre as partes envolvidas, o resultado de um processo de negociação é mais produtivo. Além disso, é importante ter em mente que o conflito não é necessariamente algo negativo. Novas idéias e soluções podem surgir quando interesses diferentes estão em jogo.

Importante!
A negociação é um processo, portanto possui diferentes momentos em que as partes envolvidas, inicialmente divergentes, se movimentam para um ponto no qual um acordo seja possível.

 A melhor forma de conseguir um bom acordo é colocar em primeiro lugar a satisfação de todos os envolvidos na negociação

Reflita sobre as suas últimas negociações e analise se você pensou exclusivamente em seus interesses ou considerou também os interesses da outra parte,

Não se esqueça de que isso é importante para manter um clima de respeito e as portas abertas para futuras negociações.

 

Dica!
Para uma boa negociação:

Entenda a negociação como um processo de parceria, e não uma competição. As partes devem se considerar parceiras para chegar a um resultado que beneficie a todos os envolvidos.

Prepare-se para ser flexível: ceder, em certos momentos, faz parte de uma boa negociação.

Os interesses do outro negociador também são importantes. Não pense apenas nos seus interesses.

Uma boa negociação favorece ambas as partes, gerando ganho recíproco e sentimento de confiança.

Estratégias de Negociações

Uma negociação reúne interesses variados que podem ser conflitantes em alguns momentos. A divergência inicial pode favorecer o aparecimento de impasses.

O impasse é o momento em que os argumentos parecem ter se esgotado e as partes se colocam irredutíveis em suas posições. Ele sinaliza que é hora de fazer uma pausa, renovar as idéias e repensar a negociação.

Ao surgir um impasse, não gere sentimentos desnecessários que possam prejudicar a negociação. Utilize o bom senso e lembre-se: existem muitos interesses envolvidos.

 

O que fazer quando surgir um impasse?

  • Repasse os pontos em desacordo para esclarecer possíveis dúvidas
  • Proponha um intervalo para aliviar as tensões.
  • Substitua os negociadores. Isso pode ser estratégico
  • Seja bem-humorado, dentro do que o contexto permitir, para restabelecer o clima de entendimento
  • Peça a opinião de um mediador. Outros pontos de vista podem favorecer o acordo.
  • Um dos pré-requisitos da negociação é estar disposto a ceder, ser flexível. Por outro lado, também é importante saber ser firme nos momentos de dizer não.
  • O modelo ideal de negociação é o acordo, isto é, o “ganha-ganha”, no qual são consideradas as necessidades, os interesses e as expectativas das partes envolvidas para encontrar-se a solução mais adequada para todos.

 

Boas negociações.

 

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você