[ editar artigo]

[Conteúdo com vídeo] Era da Experiência: como adaptar seu negócio

[Conteúdo com vídeo] Era da Experiência: como adaptar seu negócio

 

Já não é novidade para ninguém: estamos na Era da Experiência. Isso significa que além de simplesmente comprar ou consumir, os clientes buscam por experiências completas e inesquecíveis. Boas experiências se tornam histórias e podem criar memórias afetivas com o cliente. Já para a empresa, isso pode se tornar um diferencial competitivo. O tema foi assunto da palestra do CEO do Rock in Rio, Luis Justo, durante o Summit Sebrae 2019. 

Justo está à frente do maior festival de música do país há sete anos e mostra na prática, a cada edição, como a experiência é o diferencial do evento. O Rock in Rio vai muito além de um show - ele é uma plataforma de comunicação. Com o intuito de criar uma vivência inesquecível, o festival é hoje um dos maiores exemplos da Era da Experiência. “Como hoje estamos na Era da Experiência, olhar para jornada do cliente é o que vai diferenciar você no mercado”, afirma.

Por que fazer parte da Era da Experiência?

Você já faz parte da Era da Experiência - e esse movimento já está acontecendo. Por isso, estar conectado ao que o seu público deseja experimentar hoje é essencial. Isso pode ser feito a partir da avaliação do seu negócio e da criação de um processo de interação. Vale lembrar que a experiência deve ser o resultado de um processo de interações, que pode contar com uma ou mais pessoas. 

Nesse cenário, o Rock in Rio é um dos maiores exemplos na prática. Criado em 1985, o festival é considerado o oitavo melhor do mundo, segundo o site Festival Fling. Um exemplo disso são as novidades apresentadas a cada edição. Na última, que ocorreu no Rio de Janeiro entre os meses de setembro e outubro, alguns detalhes chamaram a atenção do público. Uma delas foram as 250 máquinas olfativas, que foram colocadas para criar memórias olfativas. Além disso, foram instalados televisores no banheiro para que as pessoas não perdessem nenhum momento do show.

Isso tudo é resultado da jornada do cliente. Segundo Luis Justo, é preciso identificar uma proposta de valor do seu negócio - e isso é pensado em cada detalhe no Rock in Rio, desde o conteúdo, palco, atrações e visuais cenográficos. Justo afirma que tudo deve estar alinhado para que no fim o evento entregue uma proposta de valor melhorada, proporcionando uma experiência cada vez melhor que a do último evento.

O resultado disso, no Rock in Rio, é uma experiência incrível desejada por milhares de brasileiros. Não é à toa que as pessoas compram o ingresso antecipadamente, mesmo sem saber o line-up, meses antes da divulgação de artistas. Isso acontece devido à experiência: as pessoas querem vivenciar o festival.

Neste cenário, é importante identificar se você está vendendo apenas um produto ou de fato uma solução para a vida do seu cliente. Por isso, é importante pensar na experiência do seu negócio, independente de qual indústria a sua empresa atue.

Jornada do cliente

A jornada do cliente nada mais é do que o caminho que o cliente percorre desde a primeira interação com a empresa até a compra do produto. Neste caminho, é imprescindível criar estratégias para captar e atrair o cliente. Na jornada, podemos considerar diferentes momentos pelos quais o cliente passa, entre eles a fase de aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema (a dor do que ele(a) identificou), a consideração da solução e a decisão pela compra.

Ao pensar nisso, você deve considerar também que cada produto terá um processo de compra e venda diferentes. Então, é necessário identificar o que o cliente busca e ter “obsessão” por ele, fidelizando e dando atenção a cada detalhe. Uma oportunidade, também, são as parcerias. Por meio delas é possível criar experiências ainda melhores, conectando marcas e trazendo vivências únicas ao cliente.

Na Era da Experiência é preciso pensar diferente: de que forma sua empresa pode desenvolver uma experiência inesquecível e com isso, agregar valor à marca e deixar boas memórias aos clientes? 

 

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você