[ editar artigo]

Feedback: erros e acertos!

Feedback: erros e acertos!

Antes de destacar os erros e acertos na realização do feedback na relação entre o líder e a sua equipe, atente-se para os dados das pesquisas abaixo.

 

Pesquisa de 2014 da Isma Brasil (International Stress Management Association) aponta que 72% das pessoas estão insatisfeitas com o trabalho. A insatisfação em 89% dos casos tem a ver com a falta de reconhecimento, em 78% com excesso de tarefas e em 63% com problemas de relacionamento.


Segundo outra pesquisa da ISMA, o Brasil é o segundo país do mundo com o maior nível de estresse no trabalho. A cada 10 pessoas ativas, ao menos três são acometidas pela síndrome de Burnout (esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional).

Descubra como criar um ambiente motivador na sua empresa, saiba mais sobre o que fazer para acertar em gestão de pessoas. Leias os artigos a seguir: Segredos de Líderes Empreendedores de Sucesso e Como se automotivar e motivar sua equipe


Diante disso, se você é Líder, reduza as chances da sua equipe fazer parte dos números negativos acima. Umas das ferramentas úteis e de baixo custo em gestão de pessoas para isso é o feedback.

Porém, antes de falar como fazer um bom feedback, faz-se necessário destacar o que não fazer: cuidado com os extremos "Loveback" (só elogios) e o "Ferroback" (só críticas), visto que nenhum deles contribui para o desenvolvimento dos colaboradores.

Clique aqui e descubra os 10 principais erros que chefes cometem, eles podem causar a perda de seus melhores colaboradores.

 

🎯10 Dicas para fazer um bom feedback


1) Estude, prepare-se, pratique comunicação assertiva e utilize um ambiente favorável para este momento. Lembre-se de elogiar em público e corrigir em particular!

2) Inicie a conversa de maneira empática e motivadora. Utilize alguma estratégia "quebra gelo" para deixar o clima da conversa mais leve.

3) Seja profissional, sua fala deve ser baseada em fatos, resultados e indicadores concretos;

4) Permita o alinhamento das expectativas entre as partes.

5) Auxilie a determinar aquilo que é foco e urgente de forma clara.

6) Fique atento e haja de forma proativa para evitar fofocas e ruídos na comunicação. O simples fato de não se comunicar com a equipe já pode causar este problema.

7) Seja agregador e  construtivo, tendo sempre como objetivo valorizar os pontos fortes, evoluções e conquistas do colaborador, além da melhoria contínua naquilo que for necessário.

8) O líder deve ser um mentor e facilitador no processo de desenvolvimento profissional da sua equipe.

9) Para captar as reações do colaborador na conversa, é necessário ser um excelente ouvinte e observador (afinal o corpo também fala).

10) Faça feedback com frequência, tendo como objetivo fazer uma gestão humanizada, com foco na parceria, sinergia e trabalho em equipe. Os resultados serão consequência.

 

Ficou claro para você a importância sobre o feedback, porém está pensando "não tenho tempo para aplicá-lo corretamente". Sinto lhe dizer que na verdade falta-lhe prioridades, então descubra como melhorar a sua gestão do tempo.

Blog

Comunidade Sebrae
Rafael Souza
Rafael Souza Seguir

Consultor de Negócios e Palestrante do Sebrae-SP, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios. Apaixonado por empreendedorismo e admirador de empreendedores!

Ler conteúdo completo
Indicados para você