[ editar artigo]

Influenciadores digitais e suas relações com as marcas

Influenciadores digitais e suas relações com as marcas

Não é mais nenhuma novidade que o influencer markenting se tornou um componente extremamente importante em estratégias publicitárias por todo o mundo. Por meio dessa colaboração entre marcas e influenciadores digitais – ou seja, personalidades da internet que produzem conteúdos em diversas plataformas e interagem com os seus seguidores , o mercado de publicidade vem se transformando e as empresas precisam se adaptar às novas maneiras de se relacionar com seus clientes nos meios online.

A opinião desses influenciadores é relevante para um grande número de pessoas que seguem suas dicas. Pensando nisso, as marcas entenderam como o marketing de influência pode trazer vantagens para elas também, e começaram a investir no segmento pagando essas pessoas para falarem sobre determinado produto e impactarem seus seguidores, ou enviando para elas o produto gratuitamente em troca de uma opinião sincera nas suas redes sociais.

Ao criar uma boa estratégia de marketing de influência, além de ter o conteúdo enriquecido, a marca consegue também construir parcerias e tornar-se referência no setor onde sua empresa atua, conquistando cada vez mais clientes que se interessem pelos seus serviços. Os influenciadores conseguem falar com o consumidor de maneira simples, criando uma consciência de marca e gerando valor para ela.

QUAIS PRÁTICAS AS MARCAS PODEM ADOTAR PARA ESCOLHER O INFLUENCIADOR CERTO?

Diante de tantas polêmicas envolvendo influenciadores, torna-se ainda mais importante que as marcas escolham bem o seu representante, que consiga passar adiante os valores da empresa. Para Danilo Strano, diretor de planejamento da Tubelab, os influenciadores que estão no começo de suas carreiras geralmente não têm noção de como evitar possíveis crises de imagem. “É dever das agências e agentes fazerem esse filtro e treinarem esses influenciadores para mídias. É importante que o influenciador seja analisado por todas as partes e treinado da melhor forma para a carreira”, acredita.

Diversas outras atitudes podem fazer com que a imagem de um influenciador seja “manchada” com alguma marca. A Unilever, multinacioanl de bens de consumo, decidiu investigar e cancelar o contrato com influenciadores que falsificam sua relevância e engajamento de usuários nas redes sociais. Com o objetivo de ver mais transparência na indústria de marketing, a empresa teme que sua credibilidade seja perdida por conta de perfis no Instagram que burlam o seu número real de seguidores e comentários, e por isso passou a ser mais exigente na hora da estratégia.

Existe uma série de desafios associados à implementação de uma campanha de influencer marketing, do início ao fim. No entanto, algumas práticas podem ser adotadas pelas marcas para que esses obstáculos sejam resolvidos de maneira mais fácil, como por exemplo:

1. Identifique os influenciadores certos: encontrar um influenciador que esteja ligado ao nicho de uma marca, com o alcance ideal, engajamento e dados demográficos do público-alvo para atingir suas metas de campanha não é uma tarefa fácil, mesmo com milhares de opções. Por isso, é importante analisar esses aspectos de maneira que estejam sempre alinhados com os objetivos da marca;

2. Aumente a autenticidade da campanha: para isso, selecione influenciadores que estejam na mesma categoria da sua marca e que já tenham apoiado produtos semelhantes no passado;

3. Observe o histórico do influenciador: ver quais conteúdos uma pessoa já apoiou ou até mesmo em quais polêmicas já se envolveu, são essenciais para determinar se a parceria é válida ou não;

4. Avalie métricas quantitativas: taxas de engajamento e contagens de seguidores, por exemplo, são cruciais especialmente diante do cenário de fraude digital que o marketing se encontra. Antes de concordar trabalhar com um influenciador, verifique se eles atingem taxas de engajamento consistentemente altas e se avalia cuidadosamente seu perfil para atividades falsas;

5. Agências de influencer marketing podem ser boas aliadas: empresas especializadas nesse tipo de estratégia podem ser fundamentais na hora de ajudar a selecionar os influenciadores certos para uma campanha. Essas agências têm anos de experiência na avaliação de influenciadores, assim como dados históricos e seu desempenho. Por isso, são qualificadas para otimizar o processo de seleção;

6. Construa um relacionamento com o influenciador escolhido: entrar em contato com grandes influenciadores e estabelecer parcerias pode não ser tão fácil quanto parece. Muitos deles recebem um fluxo constante de oportunidades de parceria e são altamente seletivos quando se trata de patrocínios. Por isso, estabeleça credibilidade, seja amigável e forneça detalhes de como essa parceria os beneficiará – oferecendo valor além do monetário, mas produtos e viagens gratuitas, acesso à eventos exclusivos, entre outros;

7. Dê liberdade criativa: deixe que os influenciadores tenham maior liberdade na hora de produzir os conteúdos. Caso contrário, ele pode resultar em mensagens que não pareçam sinceras ou que sejam muito “robotizadas”, fazendo com que seus seguidores não deem credibilidade. Cada influenciador sabe a melhor maneira de se comunicar com o seu público, e por isso é importante que essa liberdade seja dada a eles;

8. Coordene a campanha: muitas marcas cometem o erro de não reservar tempo suficiente para se comunicarem com o influenciador, o que pode afetar seriamente o sucesso de uma campanha. Diversos detalhes devem ser coordenados em um influencer marketing, como aprovações de conteúdos, pagamento, prazos e remessa de produtos. Por isso, novamente, uma agência pode realizar esse trabalho servindo como principal ponto de contato entre o cliente e o influenciador;

9. Mensure resultados: por ser um dos aspectos mais desafiadores desse tipo de estratégia, medir a campanha com o influenciador é um trabalho que deve ser feito de maneira cautelosa. A maneira mais direta é utilizar links ou códigos de cupom específicos do influenciador. Esses itens rastreáveis podem fornecer informações valiosas, como taxas de cliques ou taxas de conversão. Além disso, as marcas também devem se concentrar em métricas como alcance e engajamento para o sucesso de uma campanha patrocinada.

 

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você