[ editar artigo]

Internacionalizar sem sair de casa?

Internacionalizar sem sair de casa?

Sim, eu sei que todo mundo deve estar pensando que é loucura falar em internacionalização quando estamos passando por uma situação tão caótica com o COVID-19. Mas, quando vemos a nossa economia piorando num passo inimaginável, a internacionalização me parece mais relevante do que nunca. 

É simples entender isso quando olhamos para o valor do dólar nas últimas semanas. Com US$1 acima de R$5, praticamente todas as nossas contas estão ficando mais caras. Isso é desesperador para a maioria, mas, pra quem já está vendendo para fora… a situação é bem diferente.

Obviamente o mundo inteiro está em crise agora, mas, o que vai acontecer quando a situação acabar? Ainda vamos estar com o real mais desvalorizado do que nunca, com um rombo imenso na nossa economia e todas as contas pra pagar!

Pesando nisso,  buscamos algumas ferramentas que podem te ajudar a validar mercados internacionais e fazer a primeira aproximação com novos clientes, parceiros, e prestadores de serviço - tudo sem sair de casa. Assim você pode plantar a sementinha da sua internacionalização e começar a proteger a sua empresa em tempos tão incertos!

1. Ferramentas para internacionalizar o seu site: 

O primeiro passo aqui é dar uma cara internacional para o seu site. Você não vai investir seu tempo e dinheiro para trazer pessoas para dentro da plataforma sendo que quase ninguém fora do Brasil entende a nossa língua, né? 

A boa notícia é que você não precisa de alguém que seja fluente em outra língua na sua equipe para isso! Confere só: 

  1. No Fiverr, por exemplo, você pode contratar um falante nativo da língua que quiser para traduzir seus site, suas apresentações, seus textos… tudo a partir de US$5! Claro, não vai ser a tradução mais "marketeira", mas já garante um texto coerente e sem erros grotescos do Google Tradutor;
     
  2. Outras empresas também oferecem serviços de tradução já otimizados para SEO e outras otimizações, como é o caso da Triple Trad.
     
  3. Não esqueça de habilitar seu site para vendas internacionais e sempre checar os meios de pagamento utilizados no mercado-alvo. O Paypal e o Strype tem boas soluções para isso.

2. Ferramentas para auxiliar na prospecção e vendas internacionais: 

Algumas ferramentas também facilitam muito a captação de leads e o processo de venda para mercados internacionais. Aqui estão algumas delas:

  1. No UpWork você pode contratar um Lead Generation Specialist (LGS) das Filipinas para encontrar prospects no mercado que você está procurando. Você vai pagar ~US$5 - 15/h e ter alguém gerando uma lista no excel de potenciais clientes que você pode entrar em contato naquele mercado. 
     
  2. Disponibilize ferramentas como o SellHack ou o Toofr para LGS conseguir informações como nome e e-mail pelo perfil dos seus prospects no LinkedIn. 
     
  3. Caso você precise de um Approach mais pessoal, você também encontrar um vendedor freelancer pelo UpInSales. Você só paga a inscrição na plataforma e um percentual de vendas quando fechar um deal (acordo). Ah, eles têm quase 90 mil vendedores espalhados pelo mundo!

3. Ferramentas para auxiliar na sua operação internacional: 

Existem soluções muito bacanas que facilitam - muito - a sua operação internacional. Por exemplo:

  1. Você não precisa abrir uma empresa para vender para fora. Ao invés disso, use o Paddle ou o Ebanx para a América Latina!
     
  2. Se quiser abrir uma empresa na Europa, considere a Estônia, pois você não precisa nunca nem ter pisado no país para se incorporar por lá. 
     
  3. Clevver pode te ajudar caso você prefira Cyprus, Georgia, Alemanha, Hong Kong, Luxemburgo, Holanda, UK ou USA.

Além das ferramentas, tem também o curso online de internacionalização gratuito gravado pelo SEBRAE, nacional para aqueles que quiserem entender como iniciar a análise de mercado pensando global (born global). E por ultimo, a Go Global Platform é a plataforma da uGlobally que fornece ferramentas exclusivas para ajudar sua empresa a acessar novos mercados com mais rapidez, eficiência e menos riscos. 

Caso haja alguma dúvida a respeito de como internacionalizar, segue minha agenda para discutirmos algumas ideias sobre o assunto! (agenda aqui).

Ps. Keep it safe! 

#GoGlobal mas #FiqueEmCasa

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você