[ editar artigo]

Mapas mentais e gestão de projetos

Mapas mentais e gestão de projetos

Você já ouviu falar de mapas mentais? 

Certamente é uma das ferramentas que mais se ouve falar quando o assunto é concurso público.

Entretanto, o mapa mental é uma ferramenta poderosa criada para organizar informações de uma maneira que facilite a consulta e recuperação de dados e não precisa ser, necessariamente, direcionada apenas a estudantes.

Muitos profissionais, inclusive, vem utilizando essa estratégia para organizar suas ideias e projetos.

E é sobre a união de gestão e mapas mentais que eu queria conversar com você neste artigo.

Acompanhe.

O que são mapas mentais?

Mapa mental, também conhecido como mind map, é uma ferramenta criada pelo inglês Tony Buzan para liberar o máximo de desempenho do cérebro para organização e recuperação de informações. 

Por meio do uso de ligações e imagens, Buzan entendeu que o cérebro humano não compreende as coisas de forma linear, mas sim, por meio de links, como os galhos de uma árvore.

Esses links estão interconectados por meio de experiências já vividas por nós, o que facilita a memorização.

Como está estruturado um mapa mental?

Para criar um mapa mental, existe uma estrutura a ser seguida e ela precisa conter os seguintes parâmetros:

  • página em sentido paisagem;
  • comece a distribuir as informações do centro da página para as pontas;
  • vá conectando as informações com linhas;
  • tente evitar o uso de muitas palavras, uma por ramo é o essencial;
  • abuse das imagens para associar as informações.

Um mapa mental perfeito segue precisamente essa estrutura.

A utilização de mapas mentais para a gestão de projetos

Na etapa de elaboração de escopo, analisar as possibilidades e identificar o que está e o que não está incluso, é fundamental para que não falte nada no projeto final.

A criatividade é a ferramenta chave neste processo inicial de brainstorm. Além disso, após a elaboração desse plano, a utilização dos mapas mentais também pode facilitar na mudança ou correção no escopo após a sua criação.

Ter todo o projeto ali, detalhado e esquematizado com suas ramificações, facilitará a tomada de decisões e o entendimento do todo.

Isso só é possível graças a estrutura do mapa mental e a organização das informações de modo visual.

Por esses motivos, e com a necessidade de otimizar a gestão de escopo, risco, custo e prazo, que os mapas mentais tem sido ferramentas importantes nesta fase de elaboração.

Todo o processo ainda pode ser facilitado, quando descobrimos que exitem programas de criação de mapa mental online para ajudar na construção desses esquemas e organogramas de forma simples e facilitada.

Gostou da ideia? Você já a aplica? Conte-nos nos comentários e compartilhe com os colegas essas e outras ferramentas incríveis que facilitam a nossa vida.

Até a próxima!

 

Blog

Comunidade Sebrae
Roberto di Freitas
Roberto di Freitas Seguir

Sou formado em Direito pela Faculdades Nordeste (FANOR) e empreendedor. Busco atrair clientes para meus negócios através da internet.

Ler conteúdo completo
Indicados para você