[ editar artigo]

Marketing Digital: como começar?

Marketing Digital: como começar?

Começar uma estratégia de Marketing Digital pode ser desafiador. Existem muitos canais, muitos caminhos a seguir e nem sempre uma resposta óbvia a sua frente.

Por outro lado, existem muitas fórmulas prontas que prometem resultados rápidos e, ao mesmo tempo, duradouro , com muito pouco esforço - o que, claro, é praticamente impossível.

Como qualquer estratégia, Marketing Digital leva tempo e precisa ser construído passo a passo, degrau por degrau. Meu objetivo nesse texto não é dar a solução definitiva, mas propor alguns caminhos que eu considero ideais e que já apliquei no meu negócio e nos meus clientes. Vamos lá!

1. Tenha clareza sobre o que é o seu negócio

Se você não sabe o que você vende, para quem você vende e quais os seus diferenciais em relação ao mercado, então suas estratégias de Marketing Digital certamente irão falhar.

Muitas empresas chegam até mim com ideias de diferenciais que, na verdade, não são diferenciais - todas as outras empresas já têm.

Vou dar um exemplo real: uma empresa de consultoria me disse que seu diferencial é a customização dos serviços. Só que consultoria customizada é oferecida por praticamente qualquer outra empresa. Isso não é diferencial, é regra!

Existe um conceito que está no livro Gestão estratégia de marcas, do Kevin Lane Keller e do Marcos Machado, que fala sobre os pontos de paridade e pontos de diferença.

Os pontos de paridade são aqueles que, resumidamente, sua marca precisa ter para ser bem-sucedida no mercado.

Já os pontos de diferença são aquelas associações exclusivas a sua marca. O livro diz, inclusive, que esses pontos são tão fortemente associados a sua marca que os consumidores acreditam que não podem encontrar em outras.

Um exemplo que o livro dá é do Pão de Açúcar. Por muito tempo, o supermercado queria ser visto como competitivo também em preço - o que é uma associação buscada por quase todos os competidores.

A partir do momento que o Pão de Açúcar remodelou suas lojas e associou sua imagem a uma experiência exclusiva e agradável, a marca finalmente deslanchou.

Tudo isso que estou falando diz respeito ao branding - posso falar mais disso em outro artigo.

2. Planejamento de Marketing Digital

Tudo começa por um bom planejamento. Essa etapa é a mais ignorada pela maioria das pessoas. Elas acham que planejar é perda de tempo e que todo planejamento que elas precisam estão na cabeça delas.

Porém, eu considero essa a etapa mais crucial de todos. Existe uma frase muito conhecida que diz: "Se você falha em planejar, está planejar em falhar" (Benjamin Franklin). E ninguém quer falhar, certo?

Planejar não te dá todas as certezas, mas diminui os riscos.

É importante que esse planejamento esteja escrito e que você tenha objetivos e metas muito claros, com um plano de ação com datas e pessoas responsáveis por executá-lo.

Se você tiver dúvidas, pode deixar aqui nos comentários que eu respondo.

3. Tenha verba para Marketing

Muitas empresas iniciam sem um plano de negócios e não consideram que o Marketing é um investimento inerente a qualquer negócio.

Ao formar seu preço, não deixe de colocar o Marketing como um dos custos que devem ser repassados ao consumidor.

Em geral, o ideal é investir entre 5% e 10% do seu faturamento bruto em Marketing. Isso pode variar de acordo com sua posição no mercado e de acordo com as suas metas - quanto mais agressivas, maior deve ser o investimento.

4. Não desista!

Muitas vezes as pessoas desanimam logo no início ao não verem resultados expressivos. É importante continuar. O ideal, na verdade, é fazer por 6 a 12 meses, sempre acompanhando de perto todas as métricas definidas lá no planejamento.

Uma boa estratégia leva tempo para dar certo e é preciso ter consistência na execução. Não adianta fazer três posts nas redes sociais em uma semana e na outra não fazer nenhum.

Eu sempre digo nas minhas consultorias que é mais importante qualidade do que quantidade. É melhor você estar presente em uma rede social mas ter consistência nela, publicando com qualidade e com frequência, do que pulverizar seus esforços e não fazer nada bem feito.

Portanto, não caia na armadilha de querer atirar para todos os lados. Foque em um único produto/serviço por vez e escolha quantos canais você consegue dar conta.

Fique à vontade para deixar seu comentário ou sua dúvida aqui nos comentários - terei o maior prazer em responder.

 

Blog

Comunidade Sebrae
Lukas Godoy
Lukas Godoy Seguir

Especialista em Inbound Marketing. Pós-graduado em Gestão Estratégica e graduado em Publicidade e Propaganda. Sólida experiência em campanhas de Marketing Digital e Inbound Marketing para clientes do segmento B2B. Contato: lukas@burnell.com.br.

Ler conteúdo completo
Indicados para você