[ editar artigo]

Marketing digital: como melhorar essa estratégia

Marketing digital: como melhorar essa estratégia

Nos últimos anos, o crescimento do marketing digital vem sendo bastante reconhecido por diversas empresas. Atualmente, continua sendo uma das principais formas que os estabelecimentos utilizam para se comunicar com seu público - de forma direta, dinâmica e personalizada - promovendo seus produtos, serviços ou marcas por meio das mídias digitais.

Nos dias atuais, as pessoas estão cada vez mais conectadas aos computadores, tablets e smartphones. É por esse motivo que ter uma presença digital no mercado é essencial. Imagine se o cliente estiver procurando seu comércio e não o encontrar na internet? Dessa forma, as chances de ele não entrar em contato serão muito maiores. Daí a grande importância de valorizar o marketing digital e, dessa forma, evitar a perda de clientes potenciais.

Esse conjunto de estratégias chegou para transformar o mercado, mudando os conceitos e métodos tradicionais. É essencial complementar que essa ferramenta está em constante evolução, adaptando-se a cada dia com as necessidades das marcas e os perfis do público.

Considerada uma verdadeira prioridade pelas empresas, essa estratégia oferece inúmeras vantagens. Entre elas, a interatividade com o público por meio de campanhas, ações e publicações. Locais onde os consumidores possuem total liberdade de interagir, destacar suas opiniões e, inclusive, fazer indicações para outras pessoas na rede social e, dessa maneira, gerar maior engajamento com as marcas. Além disso, por meio da aplicação dessa estratégia, é possível efetuar uma análise e mensuração mais detalhada, podendo com isso, verificar as falhas mais rapidamente e, também, conseguir colocar em prática as melhorias.

Você sabia que, com essas ações de marketing, podemos nos relacionar com o consumidor a partir de todas as etapas do funil de vendas e, consequentemente, conquistar informações importantes sobre seus hábitos e preferências? A ferramenta também possui alto poder de segmentação mediante dados demográficos e pelo comportamento do consumidor. Além disso, ela foca totalmente nas necessidades do cliente deixando as decisões com mais assertividade, bem como gera maior personalização da comunicação causando proximidade, confiança e segurança.

O uso dessa ferramenta também oferece menor custo para implementação e acompanhamento do projeto, visto que é uma técnica que origina resultados a longo prazo. Isso faz com que a sua estratégia seja sustentável.

Outro fator interessante, é que o marketing digital proporciona alto potencial de viralização, uma vez que os conteúdos bem desenvolvidos e criativos costumam, na maioria das vezes, ser compartilhados na internet e, dessa maneira, acabam aumentando sua visibilidade no mercado.

Para você que está começando nesse universo digital, é muito importante ficar por dentro dos pilares essenciais para o seu sucesso. Vamos aprender então?

1 - Pesquisar

É preciso, antes de tomar qualquer decisão, descobrir tudo sobre o público-alvo e definir suas personas. A partir daí, poderá desenvolver suas estratégias, mídias e conteúdo. Vale ressaltar que as ferramentas como o Google Analytics e o Facebook Insights, são excelentes para um melhor fornecimento de dados e indicadores.

2 - Planejar

Assim que você definir a pesquisa do seu público, concorrência, mercado e cenário, será preciso desenvolver o planejamento e alinhá-lo ao plano de marketing da empresa. É por esse motivo, que um bom planejamento envolve cautela e estratégia adequada.

3 - Conteúdo

Após os dados e as estratégias estarem organizados, o próximo passo será o de produzir conteúdo. Agora é o momento de desenvolver uma comunicação atrativa para divulgar a marca do seu negócio. Nessa fase, aproveite para estudar os formatos que poderão ser trabalhados - que variam desde textos, fotos, vídeos, áudios e gifs.

Para divulgar o conteúdo, utilize redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, Blog, Youtube ou o próprio site, conforme o segmento de atuação do estabelecimento. Também é interessante usar técnicas de SEO com palavras-chave, posicionando-as de forma orgânica nos buscadores.

4 - Monitoramento

Para avaliar o retorno das ações de marketing digital, é necessário fazer o monitoramento. Nessa etapa, as métricas são essenciais para a obtenção de dados confiáveis e mensuráveis. É válido complementar que o monitoramento deve ser segmentado, englobando a marca, a concorrência e o mercado.

Agora que você já sabe quais são os pilares essenciais, que tal aprender sobre as principais mídias dessa ferramenta?

  • Facebook

Você sabia que o Facebook é responsável por reunir a maior audiência entre todas as redes sociais? Por intermédio dessa rede social, será possível gerar maior repercussão para os conteúdos produzidos. Mas para isso, também é necessário impulsionar os posts e criar campanhas no Facebook Ads. Outras oportunidades poderão ser encontradas também no Twitter, Instagram, Pinterest, Linkedin, YouTube e Google Plus.

  • Instagram

Essa é a rede social que mais tem crescido nos últimos anos. O Instagram utiliza um grande apelo visual, focado em compartilhamento de fotos e vídeos. Atualmente, um de seus principais formatos que está fazendo sucesso é o Stories, que se refere às postagens temporárias - que duram em média um período de 24 horas.

Um ponto que merece ser mencionado é o Instagram Ads, que trata da plataforma de links patrocinados. Essa ferramenta é um ótimo meio para fazer a criação de anúncios com vídeos e imagens, dentro da própria plataforma, que serão veiculados no feed de notícias e stories. A partir dessa criação, os anúncios conseguirão ser direcionados para audiências específicas, além de poder segmentar por renda e interesse.

É válido ressaltar que os anúncios do Instagram são elaborados dentro da plataforma do Facebook, promovendo facilidade para a criação de ações integradas entre ambas as redes sociais.

  • ChatBox

É uma ferramenta que está transformando o cenário do marketing digital, uma vez que é responsável por automatizar as tarefas de interação com pessoas, por meio de interfaces de conversação. Com esse programa é possível efetuar a comunicação entre os clientes em um ambiente online, promovendo serviços, oferecendo atendimento ou informações.

O que mais está despertando a atenção para investir no ChatBox é que, quanto mais atuam com o público, mais capacidades estão conquistando, tornando-se parecidos, até mesmo, como nós, humanos. Outro ponto curioso é que, como se trata de um programa de computador, o ChatBox possui a capacidade de se comunicar com várias pessoas ao mesmo tempo, sendo classificados como multifuncionais, atemporais e econômicos.

  • Google AdWords

Reconhecida como a plataforma de publicidade online do Google. No Google AdWords, os anunciantes podem, inclusive, programar a sua mídia utilizando os links patrocinados, bem como comprar palavras-chaves que serão destacadas na campanha. Além disso, também conseguem fazer a segmentação dos anúncios, de acordo com os interesses do público, em categorias de produtos ou sites específicos.

  • Marketplaces e buscadores de preço

Os marketplaces possuem a vantagem de gerar a audiência numerosa e qualificada. É como se você fosse anunciar o seu produto em uma vitrine visitada para quem tem o interesse em comprar aquele tipo de produto. Já os buscadores de preços, conhecidos como Buscapé e Zoom, são perfeitos para fazer o melhor direcionamento das mensagens, focando em um segmento específico.

  • E-mail marketing

Com o e-mail marketing é possível estabelecer uma comunicação direta com o consumidor, utilizando ferramentas adequadas de automação de marketing. O segredo é trabalhar de forma estratégica, formar o seu próprio mailing de clientes e, desse modo, gerar os melhores resultados.

  • Influenciadores digitais

Os blogueiros e youtubers, conhecidos pela produção de conteúdo relevante, são os chamados de influenciadores digitais. Com essa forma de trabalho, contribuem significativamente para melhorar os resultados das campanhas nas plataformas online, conquistando um aval diferenciado para a marca, associando o nome da empresa com a “celebridade em questão”.

  • Revistas eletrônicas

Semelhante à estratégia criada pelos influenciadores digitais, as revistas eletrônicas veiculam a mensagem para um público segmentado, que reconhece o valor do conteúdo produzido pelas publicações, como grandes referências no segmento. Nessa mídia, é fundamental também ter o apoio de uma agência, visto que será preciso a criação de anúncios que serão divulgados na página.

Já que estamos falando das mídias, você sabe a diferença entre a mídia online e a digital? Vamos lá!

mídia online se refere a um espaço publicitário que um blog, site ou veículo de comunicação apresenta para as empresas de divulgação e promoção de produtos, serviços ou campanhas. Uma das vantagens de usá-la, é que podemos mensurar com mais eficiência e precisão os impactos originados pela publicidade, o retorno e as taxas de conversão. Além disso, é possível ter acesso ao número de pessoas atingidas.

Os formatos usados para esse tipo de mídia são: link patrocinado, Yahoo Search Marketing, Rich Media, promoção nas redes sociais, promoção de vídeos para internet, banners e Advergame.

Vale destacar que devido à sua variedade de possibilidades de acessos, os computadores, notebooks, tablets e smartphones contribuem significativamente para que o seu conteúdo seja veiculado. A mídia online é muito indicada para os comércios que buscam investir em anúncios segmentados. Por meio dela é mais simples e fácil manter uma boa comunicação com o seu público, visto que é capaz de promover informações sobre produtos ou serviços na hora necessária, gerando muito mais interação de ambos.

Em relação à mídia digital, ela é responsável por fazer a distribuição de qualquer tipo de mídia, como textual, display, vídeos ou outro formato. Por meio da mídia digital, é possível criar campanhas segmentadas, adequar verbas, fazer monitoramento e mensuração dos dados e resultados e, dessa maneira, desenvolver estratégias eficientes.

A mídia digital possibilita utilizar várias maneiras e ferramentas para anunciar, em diversas plataformas. Você sabia que, com o apoio da mídia digital, fazer a divulgação de um produto ou serviço será muito melhor para atrair o público? Com isso, é possível alcançar um mercado que, na maioria das vezes, não tem acesso à publicidade tradicional em jornais e TV, especialmente em casos de limitações gráficas.

Agora que você já conhece as diferenças de ambas as mídias, é hora de aprender dicas para melhorar a estratégia do marketing digital de sua empresa:

1 - Utilize as ferramentas adequadas

Você sabia que as plataformas de automação são muito importantes para ajudar na otimização das tarefas? Por isso, o ideal é pesquisar as melhores opções para as suas necessidades e, com isso, melhorar os resultados da sua estratégia.

2 - Caminhe com o seu público

É primordial criar um relacionamento com o seu público, por e-mail, redes sociais e, até mesmo, programas de fidelidade. Além desse ponto, as pesquisas de opinião também merecem atenção, uma vez que, com elas, é possível entender o que será necessário melhorar para manter o seu público fiel e satisfeito.

3 - Faça análise de dados

Se você busca bons resultados, não deixe de fazer uma análise de dados. Dessa forma, você conseguirá entender o que realmente está funcionando em sua empresa, seja em anúncios, cores, chamadas, páginas e plataformas mais utilizadas.

4 - Otimize as estratégias

Por meio do acompanhamento de métricas, será possível descobrir o desempenho das ações, identificando as oportunidades, além de saber o que mais está gerando bons resultados ou prejuízos. Dessa maneira, você conseguirá otimizar seu investimento no tempo e dinheiro.

5 - Tenha uma equipe especializada

Para isso, o ideal é você investir em uma agência focada no digital. Se busca aumentar os números do seu negócio, valorize a automação, personalização, a análise e o diálogo com os consumidores. Hoje o mercado está muito diferente, portanto, fique atento em ter uma equipe especializada com você.

6 - Produção de vídeo

Você sabia que a produção de vídeos também é uma excelente estratégia de marketing? Ainda mais que o público da plataforma do YouTube só cresce mais a cada dia. Para que essa estratégia tenha um resultado satisfatório, o ideal é contratar alguém especializado que possa ajudar na criação das propagandas para o próprio Youtube. Outra questão é a empresa desenvolver seu próprio canal com um conteúdo original, atraente e relevante.

6 - Marketing de experiência

Atualmente, essa ação tem feito sucesso no meio digital, apesar de já ter sido bastante explorado na estratégia tradicional. Um bom exemplo do marketing de experiência é o vídeo em 360 graus, onde o usuário tem a liberdade de mover a câmera e posicioná-la onde preferir. Além disso, os aplicativos interativos para smartphones também proporcionam essa vivência. Por essas razões de interatividade maior, essa estratégia é excelente para aplicar em sua empresa.

7 - Blog

Pelo fato de ser fácil de ser administrado, o blog é um excelente meio para oferecer uma estratégia prática, econômica e rápida. Também é uma ótima ferramenta de otimização de conteúdo, com o objetivo de melhorar seus rankings nos mecanismos de busca. Dessa forma, o seu negócio terá maior visibilidade, bem como ampliação do poder de atração do público adequado - podendo publicar seu conteúdo como preferir e na hora que quiser, sendo um canal exclusivo de comunicação, sem interferências e diversas distrações que outros canais possam transmitir.

8 - Inbound marketing

Por meio do Inbound marketing, conhecido como marketing de atração, você poderá verificar, com o apoio de algoritmos, como está o estágio de compra do cliente potencial e, dessa forma, gerar um impacto no momento certo. Nesse caso, em vez das empresas chegarem até seus clientes, será o Inbound que fará com que os clientes busquem o negócio. Também chamado de funil de vendas do marketing digital, o Inbound é dividido em cinco estágios:

  1. Atração - Se você deseja atrair clientes na internet, é primordial oferecer conteúdo de qualidade, que desperte a atenção do público;
  2. Conversão - A conversão não pode ser relacionada somente às vendas e sim, envolver os usuários e fazer com que os mesmos demonstrem que estão interessados no seu produto ou serviço;
  3. Relacionamento - Logo após você conseguir aproximar o cliente da sua marca, é fundamental continuar mantendo o contato. Uma boa dica é enviar newsletters;
  4. Venda - Tendo uma maior proximidade com o público, a venda será mais transparente, ocorrendo de maneira natural;
  5. Análise - Fazer uma análise de dados contribuirá para uma visão mais madura no mercado, favorecendo inclusive para a tomada de diversas decisões.

Além das dicas para melhorar a estratégia do seu marketing digital, existem outras ações que também poderão auxiliar para o rendimento do seu comércio, como:

  • Inclusão de CTAs no seu site

Para impulsionar as conversões, o recomendado é incluir CTAs (Calls To Action) nas páginas do seu site, bem como em cada post publicado e nos materiais que a empresa disponibilizar para download.

  • Utilize imagens atraentes

Se você quer que o seu post seja o grande destaque nas mídias sociais, inclua imagens relacionadas ao tema para, dessa maneira, deixá-los mais atrativos.

  • Destaque seus links na assinatura de e-mail

É muito importante você inserir os links para o blog da empresa e perfis das redes sociais em sua assinatura de e-mail. Desse modo, o público poderá perceber que o seu negócio já possui alguns canais de marketing digital.

  • Insira um pop-up no seu site

Quer gerar mais Leads para o seu negócio? Então é hora de investir no pop-up. Escolha páginas estratégicas e mãos à obra. Mas não esqueça de oferecer um agrado especial ao usuário, como um cupom de desconto, um download de material, consultoria gratuita e até mesmo uma assinatura de newsletter.

Ao pensar nesse conjunto de estratégias, você também não pode esquecer das métricas digitais indispensáveis para o seu negócio, que se referem ao número de visitas do site, taxa de rejeição do site, tempo médio de navegação no site, número de visitas antigas e recorrentes, taxa de conversão do site, número de leads gerados no site e receita (no caso se for e-commerces), taxa de abertura e clique de e-mails, posição média na busca orgânica de suas principais palavras-chave, ROI (Retorno sobre Investimento) e custo por lead em Google Ads e Facebook Ads.

Com base em nosso conteúdo, você deve ter verificado que o mundo do marketing digital é realmente grandioso e repleto de inúmeras possibilidades. Para um bom desempenho da estratégia, é necessário avaliar o orçamento, produto competitivo, além de dedicação, referências, eficiência em design e tecnologias e, é claro, um analista de marketing e de marketing digital especializados para integrarem a sua equipe.

É válido complementar que, antes de investir nessa ferramenta, é preciso focar em algumas questões sobre os seus objetivos no ambiente digital:

  • A sua meta, seja a curto ou a longo prazo;
  • O retorno de investimento;
  • Target;
  • Os canais que devem ser explorados;
  • E, se sua equipe está preparada para assumir a demanda.

Analisando todos esses fatos, é preciso também ficar atento às ações no ambiente digital - que devem atuar em total união com as suas estratégias off-line. Apesar de serem totalmente diferentes, essas ações, tanto a off como a on, devem atuar de maneira semelhante, focando os mesmos objetivos e no caminho da busca dos melhores resultados.

Um bom conselho que compartilhamos com você é o seguinte: não adianta o seu estabelecimento possuir um site ou página no Facebook se não tiver um planejamento adequado em marketing digital. Bem como, não basta fazer um investimento em anúncios nas redes sociais, sem antes determinar os objetivos e as maneiras de alcançá-los. Para tudo isso, é necessário você ter um trabalho estratégico e, desse modo, garantir o retorno do seu investimento.

Outro fator que merece ser dito, é que seu planejamento deve ser único, evitando que ele seja replicado, mesmo que seja em empresas do mesmo nicho. Por esse motivo, é que a sua estratégia deve ser muito boa para se diferenciar dos concorrentes.

Lembre-se sempre que o mercado digital está cada vez mais acelerado e, por conta disso, faça uma reflexão sobre todas as tecnologias que você utilizava há alguns anos e que, hoje, podem não causar o mesmo efeito. Além disso, pense também que a estratégia não deve ser feita somente com publicidades nas mídias digitais. A ferramenta de marketing digital precisa ser vista com uma amplitude muito maior e, não apenas, como a oferta de produtos ou serviços ou para fazer a divulgação da marca.

Esperamos que você tenha aprendido mais sobre a importância do marketing digital para os seus negócios. Saiba que a sua empresa também pode se tornar uma referência respeitada no segmento de atuação, por meio de um conteúdo de qualidade. Se quiser dividir conosco uma experiência com suas estratégias e resultados, esteja à vontade para escrever no nosso espaço. Fique ligado na Comunidade Sebrae e saiba mais sobre outros assuntos.

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você