[ editar artigo]

O Café e a Humanidade

O Café e a Humanidade

 

A maior cafeteria do mundo esteve presente no maior evento de VAREJO do mundo, a Starbucks deixou o seu recado, quer tecnologia sim! Quer automatização sim! Quer inteligência artificial sim! Mas não quer tirar o emprego dos seus partners (é assim que o CEO Kevin Johnson chama os colaboradores da empresa).

Ele relata que os clientes que vão a Starbucks comprar café estão num momento de descontração, satisfação, interação. E esses três substantivos só acontecem com humanos. E por isso, toda a tecnologia que eles veem empregando e toda a tecnologia que eles vão empregar, será para aperfeiçoar o trabalho de seus funcionários. Esses, por sua vez, vão fazer a relação com os clientes, e o lema deles é “como eu sirvo a humanidade?”.

Johnson diz que cada pessoa tem um objetivo único aqui nesse planeta: ajudar a humanidade a ser melhor, tanto que a missão da empresa é “inspirar e nutrir o espírito humano – uma pessoa, uma xícara de café e uma comunidade de cada vez”, e eles começam fazendo isso com os funcionários.

A fala do CEO foi muito bacana, deu muitas dicas sobre o trabalho colaborativo, que sem os funcionários a Starbucks não seria nada. Tanto que ele tem duas funções: a primeira é escutar tudo e a todos, e a segunda é dar “movimento” as ideias, inovações e novas rotinas que os funcionários dão como sugestão.

E falando em mudanças, aqui vem um outro lema da empresa: “Idea to action in 100 days”, ou seja, a partir de um ok do corpo diretivo, uma nova ideia deve ser implantada em 100 dias. Muito legal esse sprint, não?

Mas o mais legal, é que esse sprint sempre tem dois possíveis resultados: 1°) Deu certo! E aí a empresa comemora por esse ganho e são felizes para sempre. E o segundo possível resultado: 2°) Deu errado! :-( e aí o que a empresa faz? COMEMORA também! Comemora porque é um aprendizado, e porque eles aprenderam muito com isso, e comemoram porque não repetirão o erro, e comemoram para incentivar a busca pela inovação, e comemoram por manter a cultura colaborativa da empresa!

Vamos nos inspirar na Starbucks para fazer esse mundo melhor?

Abs.

Comunidade Sebrae
Lucas Hahn
Lucas Hahn Seguir

Coordenador Estadual de Varejo e Mercado do SEBRAE/PR.

Ler matéria completa
Indicados para você