[ editar artigo]

O comportamento empreendedor dos empresários de pequenos negócios

O comportamento empreendedor dos empresários de pequenos negócios

 

Durante a carreira no Sebrae-SP, tenho a oportunidade de atender e conviver com empresários da micro e pequena empresa em diversos momentos. Muitos deles já há anos no mercado, outros iniciantes na aventura de empreender e outros que ainda tem o sonho de ter o seu próprio negócio.

Além da gestão dos pequenos negócios, que envolve a expertise da empresa nas áreas administrativas e estratégicas, tais como planejamento, vendas, marketing, finanças, logística, produção, metas e outras atividades que suportam o negócio e as suas tendências no mercado, muitos empresários ainda não se sentem preparados ou tem dificuldades para crescer e prosperar sem prejudicar seus clientes com prazo de entrega ou sua equipe com excesso de horas extras. Esses indicadores refletem o quanto os empresários estão envolvidos no operacional e pouco se dedicam a expandir a sua competência e seu escopo para ser um empreendedor, pois ser empresário está vinculado a ter uma empresa, mas ser empreendedor está vinculado ao comportamento empreendedor.

Quando falamos de comportamento empreendedor, falamos com propriedade sobre o estudo da ONU que classificou validou o tema em 10 comportamentos empreendedores, sendo eles: Busca de Oportunidades e Iniciativa, Persistência, Correr Riscos Calculados, Exigência de Qualidade e Eficiência, Comprometimento, Busca de Informações, Estabelecimento de Metas, Planejamento e Monitoramento Sistemáticos, Persuasão e Rede de Contatos, Independência e Autoconfiança, o que muitas vezes não é foco do empresário, mas é fundamental a mudança de atitudes.

O comportamento empreendedor resulta em informações como ter maior segurança na tomada de decisões, ampliar a visão de oportunidades, além de encarar seus medos, enfrentar as limitações, acordar para oportunidades e fortalecer as habilidades e, dentre outros diferenciais, aumentar as suas chances de sucesso no mundo dos negócios. O que recomendamos a todos os empresários é desenvolver o comportamento empreendedor e há 25 anos, o Sebrae em âmbito nacional é a única instituição no Brasil licenciada pela ONU para trazer aos empresários essa oportunidade, através do Seminário Empretec.

E a grande dica aos empresários: Não basta ter confiança na sua própria capacidade, é preciso transmitir isso de forma eficiente e eficaz e para essa transformação, conte sempre conosco. Não tem segredo. Tem Sebrae.

Blog

Ler conteúdo completo
Indicados para você