[ editar artigo]

O Poder do Usuário no SEO – Como ele define o que deve ser postado?

O Poder do Usuário no SEO – Como ele define o que deve ser postado?

O poder do usuário no SEO é o que faz esse mecanismo se reinventar constantemente. As frequentes otimizações dos buscadores tornam a busca orgânica muito mais dinâmica e pautada em fatores que criam uma experiência cada vez mais original.

Os recursos trabalham para cortar “spams” e entender a movimentação do usuário: o que é relevante para aquele tipo de busca, o quanto uma página possui conteúdo que satisfaça a pesquisa de quem a busca. Entender as necessidades do usuário é a grande chave para gerar conteúdo importante e um bom serviço para ambas as partes.

Qual é o real poder do usuário no SEO?

A satisfação do usuário não é apenas o ponto do trabalho do profissional de SEO, é o ponto de todos os profissionais ligados à vendas, publicidade e marketing. A prospecção e a fidelização de um usuário é a grande conquista de um ambiente tão imenso e variado como a internet.

Otimizar o site para os mecanismos de busca, efetivamente, é o papel base do SEO. Mas não é na relevância das páginas ranqueadas que termina o trabalho. Os resultados são alimentados com dados mais sensíveis sobre como o usuário se comporta dentro da página, se ele volta para a busca e onde a encerra.

Tive a oportunidade de escrever no blog da liveSEO sobre a taxa de rejeição do Analytics, ali expliquei como métricas relacionadas à experiência do usuário podem influenciar no rankeamento.

É ele (Google) que constrói toda a inteligência do resultado. O grande número de páginas disponíveis permite que o usuário já não fique conformado com somente parte daquilo que busca. O consumidor fica cada dia mais exigente e cada vez mais entende o poder de ter sua demanda atendida com eficiência.

Hoje, a experiência tem quase tanta importância quanto o mecanismo em si. A interação do usuário diz muito sobre os erros e acertos e, junto das ferramentas de análise, permite um diagnóstico cada vez mais preciso.

A partir de uma boa experiência, a visibilidade da página pode crescer, por exemplo, ao ser compartilhada em redes, ter seu feed assinado, com atividades que o usuário fará caso se sinta contemplado pelo conteúdo e pela acessibilidade dela. E esse é justamente o tipo de atividade que ajuda a determinar estratégias positivas que devem ser ampliadas!

Como conhecer mais o seu usuário

Para entender variados aspectos em relação à interação do usuário com a página, existem diversas ferramentas que dão dicas importantes sobre palavras chave e fazem um relatório completo da página e da sua movimentação.

Além do clássico e funcional Google Analytics, que fará report dos acessos em sua página, vale citar outros mecanismos importantes para ter uma visão mais ampla. O poder do usuário no SEO, suas demandas e movimentações também são refletidos em meios como o Google Search Console, que detalha os cliques vindos da Google com especificações sobre os pontos de acesso, volume por data, hora e tipo de tráfego.

O Planejador de Palavra-chave, também da Google, te ajuda a fazer projeções de buscas através de palavras chave ou linkar uma página para receber dicas. Esse é um aspecto que merece ser otimizado para melhorar o caminho do usuário até você.

PageSpeed e Optimizer Google disponibilizam testes na velocidade de acesso e, além de sugestões de correções para problemas de SEO em sua página, investiga se o conteúdo oferecido é realmente interessante para o usuário, além de dar sugestões e poder ser integrado ao Analytics.

Estar bem informado sobre o volume de acesso e os tópicos mais falados e buscados em sua área te permite sair na frente e incorporar os temas mais recentes, especialmente aqueles ligados a uma determinada categoria que irão mover as buscas nos próximos dias.

Desse modo, você pode extrair palavras chave interessantes e temas que estejam em alta. Uma ótima forma de associar os conteúdos e conseguir, além do clique, entregar aquilo que o usuário procurava. Com o Google Trends você consegue fazer essa investigação de palavras chave e temas de maneira muito mais prática.

Conclusão

O mundo do SEO é extremamente dinâmico e seus recursos não poderiam ser diferentes. O poder e os parâmetros desse ambiente originam dos usuários, que aprendem cada vez mais a controlar sua demanda. Isso é muito bom para ambas as partes. O poder do usuário no SEO força as barreiras da zona de conforto dos profissionais e os coloca em constante movimento, em busca de inovações e técnicas sólidas para identificar usuários de forma mais humanizada, relevante e duradoura.

Comunidade Sebrae
Lucas Maranho
Lucas Maranho Seguir

Consultor e Analista #SEO na liveSEO (Brasil) e APDWeb (Espanha) Desde 2005 trabalhando com TI, sou Fundador e "Hands on" da Agência liveSEO e APDWeb, Brasil e Espanha respectivamente. Amo o #SEO e desfruto do meu trabalho como um esporte e lifestyle

Ler matéria completa
Indicados para você