[ editar artigo]

Por que assinar um contrato de prestação de SERVIÇOS?

Por que assinar um contrato de prestação de SERVIÇOS?

Para que uma prestação de serviços seja bem executada, tanto para o empreendedor, quanto para o cliente, é necessário que as partes tenham previamente bem definidas as “regras do jogo”, isto é, as cláusulas negociadas, para que a contratação ocorra do jeito que as partes desejam!!  

O objetivo final do empreendedor é a boa prestação do serviço ofertado, visando a satisfação do cliente e, é lógico, conseguir uma boa remuneração pelos serviços prestados.

Mas, como fazer que durante a execução dos serviços a mesma ocorra dentro do esperado para ambas as Partes? Como não ter dúvidas de como prestar o serviço de acordo com as especificações do cliente? Como saber que o cliente irá pagar pelos serviços dentro do prazo?

O objetivo deste artigo é deixar claro para o empreendedor que para a defesa dos seus interesses, e para os interesses do seu cliente, só um contrato lhe dará essa tranquilidade.

Nada de contratar “de boca”! O “fio de bigode” já não tem mais tanto valor assim, até mesmo pelo fato de que a execução dos serviços não depende só da sua vontade Só um contrato bem negociado, e bem elaborado, por ambas as partes, trará essa segurança jurídica !.

A oferta e negociação

Quando o empreendedor oferece seus serviços para as empresas, ou pessoas físicas interessadas, ele tem em suas mãos um portfólio de serviços e fornecimentos.

Qualquer tipo de serviço a ser oferecido, bem como fornecimento, deve ser “bem vendido”, isto é, deve ser oferecido ao interessado de acordo com os interesses deste.

O presente artigo não pretende ensinar ao empreendedor vender seus produtos , pois isso ele já sabe muito bem, ou pelo menos deveria! Assim, quando o empreendedor apresenta uma oferta de serviço, ele já deve ter ciência do que o cliente deseja.

A oferta da prestação do serviço, ou do fornecimento já deve ser feita, nesse momento, com base na prévia troca de informações obtidas anteriormente.

E, é com base nessa troca de informações e da formalização da proposta, que as partes vão chegar a um denominador comum e acertarem as bases da prestação/fornecimento de serviços e produtos.

Esse “denominador comum” servirá para definir como o cliente quer que a execução dos serviços ocorra, quer ter definido o prazo que os mesmos serão prestados, as especificações do produto e como se dará o pagamento.

E se o cliente atrasar o pagamento, como isso será resolvido? Qual é o prazo da garantia?

São essas questões e dúvidas diárias, que o empreendedor tem, que só uma consultoria jurídica especializada e um contrato bem elaborado podem sanar, evitando de forma preventiva futuros problemas.

A Contratação

Assim que as partes chegarem a um acordo sobre a prestação dos serviços ou fornecimento, recomendamos que tudo que foi acordado e negociado seja formalizado através de um contrato!

Assim, caso ocorra algum problema na execução do contrato, com certeza uma das suas cláusulas dirá para as partes envolvidas como essa situação será resolvida.

E, aí está a segurança jurídica que somente um contrato apresenta e garante aos contratantes.

Não é objetivo deste artigo entrar em detalhes jurídicos da contratação, mas sim fazer com que um empreendedor saiba que por menor que seja seu negócio, por menor que seja o volume do produto solicitado, um contrato assinado é a melhor opção que ele terá para garantir que receberá sua remuneração na forma acordada e evitar atritos desnecessários. Além disso, obter a satisfação do cliente e, com isso, conseguir outros clientes interessados em contratá-lo.

A apresentação ao cliente de uma minuta de um contrato simples, porém completo e preciso, aberto para negociações entre as partes, é o instrumento ideal para, além de demonstrar aos clientes o profissionalismo do empreendedor, garantir já na fase da apresentação da proposta, a seriedade e a certeza de que toda a execução dos seus serviços ocorrerá da melhor forma possível.

Uma boa negociação da contratação e a utilização de uma minuta elaborada por um advogado especialista em contratos também contribuirão para o sucesso do negócio pretendido.

Quando a elaboração do contrato vem acompanhada de uma assessoria jurídica ao longo de toda a execução do contrato, além do prazo de garantia, aí com certeza o empreendedor terá a certeza de que estará fazendo o melhor para si e seus negócios.

Recomendamos que tudo que foi acordado e negociado seja formalizado
através de um contrato, com tudo que foi acordado e negociado, assim que as partes chegarem a um acordo sobre a prestação dos serviços ou fornecimento.

Dessa forma, caso ocorra algum problema na execução do contrato, com certeza uma das suas cláusulas dirá para as partes envolvidas como essa situação será resolvida.

E, aí está a segurança jurídica que somente um contrato apresenta e garante aos contratantes. Não é objetivo deste artigo entrar em detalhes jurídicos da contratação, mas sim fazer com que um empreendedor saiba que por menor que seja seu negócio, por menor que seja o volume do produto solicitado, um contrato assinado é a melhor opção que ele terá para garantir que receberá sua remuneração na forma acordada e evitar atritos desnecessários. Além disso, obter a satisfação do cliente e, com isso, conseguir outros clientes interessados em contratá-lo.

A apresentação ao cliente de uma minuta de um contrato simples, porém completo e preciso, aberto para negociações entre as partes, é o instrumento ideal para, além de demonstrar aos clientes o profissionalismo do empreendedor, garantir já na fase da apresentação da proposta, a seriedade e a certeza de que toda a execução dos seus serviços ocorrerá da melhor forma possível.

Uma boa negociação da contratação e a utilização de uma minuta elaborada por um advogado especialista em contratos também contribuirão para o sucesso do negócio pretendido.

Quando a elaboração do contrato vem acompanhada de uma assessoria jurídica ao longo de toda a execução do contrato, além do prazo de garantia, aí com certeza o empreendedor terá a certeza de que estará fazendo o melhor para si e seus negócios

Blog

Comunidade Sebrae
André Raison
André Raison Seguir

Praticando a advocacia consultiva, contratual e litigiosa há mais de 20 anos para empresas de grande porte, participando da tomada de decisões comerciais, técnicas e estratégicas, sempre visando a viabilização do negócio da empresa!

Ler conteúdo completo
Indicados para você