[ editar artigo]

Por que ensinar empreendedorismo na escola?

Por que ensinar empreendedorismo na escola?

Para ser um empreendedor é necessário, além de analisar a si próprio, analisar o ambiente. É necessário ter objetividade para solucionar problemas e colocar a criatividade a serviço da prática.

Apesar de muitos empreendedores terem encontrado e desenvolvido suas habilidades fora do ambiente escolar ou acadêmico, é inegável as contribuições individuais e sociais que esta prática pode trazer para o ensino.

As principais contribuições do ensino do empreendedorismo na escola estão diretamente relacionadas ao pleno desenvolvimento do indivíduo e de sua contribuição para a sociedade.

 O empreendedorismo como matéria escolar é capaz de:

- Promover o desenvolvimento pessoal, econômico e social;

- Criar a oportunidade de se trabalhar com o que realmente gosta;

- Dar autonomia e liberdade para conduzir o próprio talento;

- Transmitir valores e inspirar novos empreendedores;

- Participar da geração de empregos;

- Ensinar como lidar com os fracassos e frustrações;

- Realizar sonhos e buscar objetivos;

Além disso, a inclusão do empreendedorismo no currículo escolar pode ser uma opção para orientar o crescimento econômico, o desenvolvimento sustentável e a redução da pobreza no âmbito local ou até mesmo global.

Faculdade de Empreendedorismo: tipo de graduação e modalidade de curso

O curso superior de Empreendedorismo é oferecido na modalidade a distância e promove a formação de tecnólogos.

A vantagem da graduação tecnológica é que ela direciona a áreas específicas, formando futuros profissionais na prática e atendendo à demanda por gestores com visão estratégica e entendimento amplo sobre negócios.

Além disso, por ser um curso com duração de dois anos, o ingresso no mundo do trabalho é rápido. Temos que frisar também que o mercado é bastante receptivo a profissionais vindos de cursos tecnológicos.

O que você estuda na faculdade de Empreendedorismo?

O curso de Empreendedorismo é uma vertente da Administração. Nele, serão estudadas disciplinas ligadas a essa área e também de Marketing, Finanças e Recursos Humanos.

- Gestão de Negócios

- Gestão da Inovação nas Organizações

- Gestão de Marketing

- Gestão do Conhecimento

- Empreendedorismo e Liderança

- Administração Financeira e Orçamentária

- Plano de Negócios

- Fontes de Financiamento

- Planejamento Logístico

- Princípios da Administração e Marketing

- Probabilidade e Estatística

- Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs)

- Língua Portuguesa

- Língua Brasileira de Sinais

Atualmente, existem dados que demonstram que é cada vez mais frequente o desejo dos jovens em serem empreendedores. Até cerca de uma década atrás o sonho da maioria dos jovens se resumia em cursar uma universidade de prestígio e trabalhar em uma empresa multinacional. No entanto, abrir um pequeno negócio com uma especialização superior, hoje, além de objeto de realização pessoal, pode ser uma das melhores alternativas para a falta de oportunidades no mercado de trabalho.

 


 

Ler matéria completa
Indicados para você