[ editar artigo]

Posicionamento de marca: o que é e por que ter um

Posicionamento de marca: o que é e por que ter um

Posicionamento de marca é uma parte do planejamento de Branding que reúne os principais valores e diferenciais de uma empresa/marca. É o espaço que a marca quer ocupar na mente de seus consumidores.

O posicionamento fala pela empresa, é o que define o que marca é, pra quem ela fala, com quem ela está, porque está ali. É a imagem que ela passa levando em consideração o público que quer atingir.

Muitas empresas começam seus negócios sem um posicionamento de marca definido, ou por falta de conhecimento ou por não o considerarem importante.

A verdade é que sem um posicionamento de marca a empresa acaba “atirando para todos os lados” e perde o foco e a fidelização do seu principal público, pois acaba não se concentrando no que mais importa: como o consumidor gosta ou vai gostar de conversar com sua marca.

Posicionamento de marca: por onde começar

Para fazer um posicionamento de marca você deve começar por pesquisas de mercado, tendências, concorrência. Estudar bem o público que quer atingir e qual o objetivo do seu negócio.

Para definir esse posicionamento você também precisa entender qual é o propósito da sua empresa, valores, missão, visão. Onde você está e para onde quer ir? O planejamento estratégico é muito importante para definir posicionamento.

No posicionamento de marca encontramos o maior diferencial da empresa perante o mercado e definimos a linguagem que será usada para conversar e fidelizar seu cliente.

Um exemplo de um posicionamento bem feito e alinhado com a marca e público é o da Pepsi que há algum tempo já se considera como a segunda colocada no mercado, atrás da Coca-Cola (líder) e deixa isso bem claro em seus comerciais:

Ou seja, ela assumiu um papel, escolheu um posicionamento que sabe que vai ter sucesso, já que não pode competir para tornar-se líder. E isso foi muito bem recebido pelo público, já que é a verdade, é o que a marca representa.

Outro ótimo exemplo é do Nike. A marca se posiciona para atletas amadores e profissionais, falando de forma emocional e transmitindo uma mensagem motivacional em seus comerciais, mostrando superação, limites e amor pelo esporte. 

Ela conhece MUITO BEM quem compra seus produtos e sabe se diferenciar. Um exemplo disso é o comercial  que faz referência ao tempo e como aproveitamos ele hoje. Na minha opinião um dos melhores comerciais já feitos pela Nike. O vídeo não está no ar, mas consegui o texto traduzido aqui:

“Este comercial tem apenas um minuto. Fora as dez horas por dia que você passa na frente de uma tela. Isso dá 152 dias em um ano. Isso dá 32 anos de sua vida. Rolando coisas na tela. Clicando em coisas. Mandando emojis. Olhando as fotos de outras pessoas. Vendo fotos de seus cafés macchiato. Ou de seus cachorros. Ou de seus bebês. Ou de seus cachorros e bebês. Ou a vista da janela do avião deles. Ou um arco-íris. Vendo vloggers tirando alguma coisa de uma caixa. Assistindo a reality shows. Assistindo a programas sobre donas de casa. Assistindo a programas sobre donas de casa em um diferente estado. Assistindo a dragões. Assistindo a um programa sobre um empresário colombiano que era para durar um ano em uma única noite. Jogando video game. Vendo gatos serem gatos. Passando para a esquerda. Esquerda. Esquerda. Esquerda. Esquerda. Esquerda. Esquerda. Chacoalha. Direita. Esquerda. Direita. Decidindo se uma foto é de um labrador ou de um frango frito. Decidindo se uma foto é de um chihuahua ou de um muffin. Ou um cachorrinho ou um bagel. Lendo comentários de uma pessoa que você mal conhece postando alguma coisa sobre algo que você não dá a mínima. Dizendo a 647 pessoas o que você está pensando. Lendo o que 647 pessoas estão pensando. Lendo uma quantidade gigantesca de opiniões sobre política. Tempo é precioso. Estamos correndo hoje?”.

Tem esse também que é fantástico, feito para a Copa de 2018:

O posicionamento de uma marca deve estar presente em todos os conceitos que ela carrega, como slogan, linguagem, comerciais, etc., bem como no próprio produto/serviço. O que sua marca diz, ela deve fazer também. Caso contrário, corre o risco de se tornar mentirosa e perder credibilidade.

Por exemplo, supomos que nos valores da empresa temos o respeito por todas as pessoas. Se essa empresa aceitar um cliente que vai contra isso ou fizer algo que não condiz com esse valor (ou seja, não se posicionar e dizer não), o posicionamento dessa empresa é praticamente inexistente e enfraquece a imagem perante público e perante funcionários.

Ganhe confiança

Um posicionamento não precisa ser o mesmo o tempo todo, ele pode mudar ao longo dos anos, conforme a marca sentir necessidade. Uma marca bem posicionada fortalece relações com seu público e se consolida no mercado a longo prazo, ganhando confiança e clientes fiéis.

Você tem algum exemplo de marca que faz bem isso? Deixe aqui nos comentários :)

Blog

Comunidade Sebrae
Lina Bennemann
Lina Bennemann Seguir

Marketing Humanizado (H2H). Planejamento e Consultoria em Estratégia de Negócios e Marketing. Escritora.

Ler matéria completa
Indicados para você