[ editar artigo]

Programa Hyperion - coordenar esforços.

Programa Hyperion - coordenar esforços.

Pense em um programa para fomentar Startups Venture Building auxiliando empreendedores desde o início (validação da persona) até o final. É muitíssimo mais abrangente do que um edital comum.

(É só mais uma ideia de como ecossistemas podem se diferenciar daquele papo de aceleradora e incubadora).

Sugiro chamá-lo de Hyperion. A finalidade é coordenar esforços para ofertar oportunidades a partir do manejo de redes de contato.

 

Segue:

 

Etapa 1 - Validação da persona:

 

Preocupemo-nos, por ora, com a fase de delimitar problema, unir equipes e alinhar talentos. 

E se, no futuro, o ecossistema organizasse encontros amistosos em cafés, bares ou coworkings para convidar empreendedores e consumidores para discutir, com calma, soluções e oportunidades? Nesse ambiente, pessoas podem ingressar em equipes e começar validar presencialmente.

O ideal é que o próprio os próprios investidores do Programa Hyperion usem a credibilidade para conectar equipes, empreendedores e consumidores.

Para tanto, interessados em empreender poderiam "mapa da empatia" com narração de histórias.

O consumidor contaria uma história segundo roteiros de storytelling e o empreendedor vasculharia os detalhes dessa história, "encaixando" os atores dessa história no mapa da empatia.

 

Os próprios investidores assistiriam a conversa.

Assim:

Qual é o problema que o empreendedor quer resolver? 

 

Qual é o slogan do consumidor? (Como ele definiria a própria história de vida em poucas palavras)?

 

Qual história da vida do consumidor mais se aproxima do problema que o empreendedor quer resolver? (Como o problema está dentro do contexto da pessoa?)

 

O que o consumidor fala e faz nesse contexto, diante do problema?

O que o consumidor "enxerga" nesse problema, esse contexto?

O que o consumidor "ouve" desse problema, nesse contexto?

O que o consumidor pensa dessa história, desse problema?

 

Qual é a instituição que "criou" esse contexto, esse problema?

(Exemplo: alunos com dificuldade de aprendizagem é "produto" da escola)

(Filas no banco é "produto" do próprio banco).

 

Que "final" teve essa história? O problema teve solução?

A solução que o empreendedor está propondo é melhor?

Como "melhorar" ainda mais esse desfecho (solução tradicional - concorrência)?

Como "melhorar" a solução do empreendedor (para superar uma possível inovação da concorrência)?

Quais competências que podem agregar na solução e onde procurá-las?

(Conhecimentos em pedagogia e programação seriam úteis, por exemplo, na hora de desenvolver um app para a educação, por exemplo).

Imagine, por exemplo, um encontro num coworking entre empreendedores e (possíveis) consumidores para discutir histórias e problemas em contextos mais amplos.

 

A partir de então, a primeira etapa do programa Hyperion está finalizado.

 

Comunidade Sebrae
Felipe Gruetzmacher
Felipe Gruetzmacher Seguir

Tenho perfil idealizador. Sou visionário e estrategista com aptidões para lidar com as incertezas do mercado através de inteligência, conhecimento tácito e acadêmico.

Ler matéria completa
Indicados para você