[ editar artigo]

Qual a importância da manutenção preventiva?

Qual a importância da manutenção preventiva?

Muitos empresários e pequenos empreendedores já devem ter se perguntado sobre a necessidade de manutenção preventiva em seus computadores e uma grande parcela deles sempre deixa essa questão para depois. Se você é um desses que está sempre adiando a revisão de seus equipamentos, esse artigo é para você! Nele iremos abordar a importância e as vantagens de manter uma agenda de manutenções preventivas programadas para que suas máquinas estejam sempre em dia.

A importância da manutenção preventiva nos computadores

No mundo atual, o setor tecnológico segue um ritmo frenético de evolução que envolve atualização constante - seja dos sistemas operacionais disponíveis, softwares, aplicativos, hardwares, e de tantos outros produtos da tecnologia. Entretanto, as máquinas em que todos esses itens são instalados - e nas quais funcionam - acabam se mantendo as mesmas por um longo tempo.

Em geral, os computadores de uma empresa (ou até mesmo os de uso pessoal) só são vistoriados quando estão dando pane ou param de funcionar de uma hora para outra. Assim, enquanto a atualização de alguns itens segue frequente, as máquinas continuam iguais - o que, com o tempo, vai gerando lentidão no sistema e, aos poucos, pode evoluir para a perda total do equipamento.

E é antecipando esse ponto que programar revisões periódicas se faz extremamente necessário, pois ajudam a constatar os problemas que podem surgir – ou já estão se instalando - antes que eles se tornem insolúveis e acabem danificando todo o equipamento.

Enquanto a chamada manutenção corretiva tem como objetivo sanar as falhas e defeitos já existentes no equipamento, o objetivo principal da manutenção preventiva é, justamente, evitar a ocorrência dos problemas oriundos da falta de verificação rotineira nas máquinas, envolvendo aspectos como troca de peças antigas, excesso de sujeira e pó, falta de espaço em disco, etc. E a melhor forma de evitar essas complicações é realizando continuamente o controle e monitoramento da "saúde" dos computadores, ou seja, realizar inspeções periódicas.

Outros cuidados também são necessários para o aumento da vida útil desses equipamentos:

  • Mantê-los elevados do chão ajuda a reduzir o acúmulo de poeira e de umidade;
  • Não colocar inúmeros objetos ao seu redor reduz o aquecimento das máquinas, permitindo que o ar circule mais livremente, aumentando a refrigeração do equipamento;
  • Alimentos e bebidas podem danificar a máquina e seus componentes. Não comer ou tomar líquidos em cima do equipamento auxilia na redução de possíveis detritos e gorduras na parte externa dos computadores;
  • Também é importante que os equipamentos não permaneçam desligados e sem uso por longos períodos. Quando isso for realmente necessário, é ideal mantê-los protegidos da poeira e umidade e em local devidamente ventilado.

Economia proporcionada pela prevenção

A economia proporcionada pela manutenção preventiva realizada de forma eficaz diz respeito não apenas às finanças, mas também à administração de tempo. A falta de revisão, muitas vezes, faz com que os computadores fiquem um bom tempo em assistência para correção parcial ou total das falhas surgidas e danos causados. Ou seja, sem possibilidade de serem utilizados - até que os defeitos estejam minimamente resolvidos.

Dependendo da avaria, há a necessidade de que os equipamentos sejam totalmente substituídos, gerando uma grande despesa financeira.

Assim sendo, ainda que os problemas possam não gerar perda total dos equipamentos, certamente, a lentidão dos processadores e quedas dos sistemas, bem como as falhas causadas por superaquecimento das máquinas atrapalham, e muito, a produtividade dos funcionários. Nota-se um gasto de energia emocional todas as vezes em que é necessário utilizar constantemente esses computadores com a conservação defasada.

A manutenção preventiva, por sua vez, irá proporcionar o aumento da performance das máquinas que possam estar lentas, bem como proporcionar a correta preservação das peças e componentes. Isso evita o desgaste desnecessário e os gastos com a compra de novos itens que poderiam ter sua vida útil estendida, se corretamente cuidados.

Outra vantagem da prevenção constante certamente é a redução dos riscos de infecção dos equipamentos por vírus e malwares, tão frequentes atualmente e que podem acarretar em grandes prejuízos para os empreendimentos.

Dicas sobre como realizar a manutenção preventiva

A revisão periódica dos computadores inclui vários processos que abrangem desde a limpeza física do equipamento até a atualização de seus softwares e componentes.

A limpeza física dos equipamentos envolve a parte externa, retirando a poeira e gordura, bem como a interna, com a remoção do excesso de pó acumulado. Essa sujidade, certamente, é responsável por dificultar o correto funcionamento do sistema de ventilação da máquina, gerando superaquecimento nas peças e em todo o sistema.

Para aumentar ainda mais a vida útil do processador, recomenda-se trocar também a chamada "pasta térmica do processador", pois ela se danifica com o tempo. Essa pasta tem a função de auxiliar no resfriamento do processador das máquinas.

As próximas etapas dizem respeito à limpeza de arquivos e reorganização das pastas, disponibilizando, assim, mais espaço em disco. Outras ações que ajudam a liberar a memória são a execução da limpeza e desfragmentação de disco. Dessa forma, o sistema operacional terá melhor desempenho ao gerenciar a memória do equipamento, aumentando sua velocidade de realização de tarefas.

A atualização dos programas de antivírus e anti-spyware e um profundo escaneamento de todo o sistema também são importantes, bem como a renovação de licenças e o upgrade de todos os softwares e programas que possuam novas versões disponíveis. Tudo isso acompanhado, é claro, da realização de um backup de todos os arquivos.

Por fim, a substituição de determinados componentes que sejam forçados com maior frequência e exijam maior prevenção também é fundamental, evitando o desgaste acentuado de todo o equipamento.

Todas essas ações tomadas em conjunto constituem a chamada manutenção preventiva que, como vimos ao longo desse artigo, é essencial para aumentar a performance das máquinas. Ela mantém os computadores com a "saúde" em dia e evita gastos desnecessários (de tempo e dinheiro) com manutenção corretiva.

Recomenda-se que a revisão periódica seja realizada, em média, quatro vezes ao ano - ou seja, a cada três meses.

Para finalizar, é preciso ressaltar que programar assistências constantes é fundamental não apenas em relação aos computadores corporativos, mas também para os equipamentos de uso pessoal.

Gostou desse artigo? Compartilhe seus conhecimentos com colegas empreendedores aqui da Comunidade Sebrae. Escreva um post contando suas experiências.

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você