[ editar artigo]

Saiba mais sobre as vantagens em utilizar o SaaS

Saiba mais sobre as vantagens em utilizar o SaaS

Neste post, você vai conferir todas as vantagens em usar o Saas, Software as a Service, para a sua empresa e sobre como ele pode ajudar, não apenas na otimização dos processos, mas também na redução de custos e integração dos processos.

SaaS: o que é?

É uma maneira prática e moderna de usar a internet para disponibilizar soluções tecnológicas como se fosse um serviço. A sua empresa não vai precisar se preocupar ou gastar tempo com instalações, atualizações ou manutenção de software ou hardware, pois o acesso é feito por meio da internet.

Antigamente, as pessoas precisavam comprar CD's para instalar um programa, por exemplo. Atualmente, vários serviços podem ser acessados e usados por meio do SaaS. Assim, o software é utilizado como serviço e o usuário paga de acordo com o consumo.

Os recursos são disponibilizados, geralmente, na nuvem e são executados por meio de empresas provedoras. Elas são responsáveis por cuidar de todo o processo como, por exemplo, acesso, manutenção da estrutura de dados, conectividade, entre outros.

SaaS: como ele funciona?

Em outros tempos, para instalar um programa era necessário fazer um download ou usar uma mídia digital. Depois que o item era instalado no computador, o usuário salvava o arquivo.

O SaaS atua seguindo o mesmo raciocínio, mas de um modo mais prático. Ele não permanece instalado na máquina, mas em um servidor na internet. Assim, para acessá-lo não há necessidade de se preocupar com instalação, mas apenas em se conectar à internet e depois logar. Ou seja, para acessar o SaaS tudo o que a sua empresa precisa é de uma conexão com a internet, pois é lá que ele permanece instalado.

SaaS: conheça as vantagens

1 - Custo baixo e acessível

Não é à toa que empresas de médio e pequeno porte estão acatando, cada vez mais, esse tipo de serviço pelo custo baixo e mais acessível. Por exemplo, quando uma companhia investe em um programa, há custos com a licença e, também, por números de usuários que irão usar o software. Se ocorrer algum tipo de falha ou não tiver adaptação com o programa, a empresa pode ficar no prejuízo.

Ao contrário do SaaS, em que a empresa fornece um pagamento mensal para usar o serviço. Se resolver desistir ou cancelar é só parar de pagar. Outra vantagem que reduz o custo é a flexibilidade do número de usuários. Nesse sentido, se a companhia estiver gerenciando um projeto com 15 pessoas, o pagamento é feito para os 15 usuários.

Dessa maneira, se o número de integrantes da equipe mudar, é só alterar o contrato do SaaS e continuar utilizando os serviços com praticidade.

2 - Acesso muito fácil

O SaaS pode ser acessado de maneira fácil e rápida por qualquer tipo de dispositivo ou computador. Sendo assim, os profissionais podem se conectar pelo tablet, celular, ou qualquer outro tipo de dispositivo que tenha conexão à internet.

3 - Sem necessidade de instalação

Não há necessidade de instalação ou atualização dos programas, pois os upgrades são responsabilidade da empresa provedora do serviço - que também fornece a disponibilidade adequada dos programas. Portanto, não há preocupação em adicionar hardware ou software.

4 - Estrutura simplificada

Para usar o SaaS sua empresa não precisa ter equipamentos de alta tecnologia ou uma estrutura robusta de TI. O software do serviço roda em servidores web que pertencem à fabricante do programa.

Assim, a empresa não precisa investir em infraestrutura e os colaboradores podem acessar o SaaS e continuar trabalhando de forma simples, fácil e sem burocracia.

5 - Dados acessados de qualquer lugar

Como os dados ficam armazenados na nuvem, eles podem ser acessados e visualizados de qualquer dispositivo conectado à internet. Por isso, qualquer informação pode ser acessada e, além disso, se o dispositivo falhar, os dados não são perdidos, pois estão na nuvem.

6 - Equipe integrada

O SaaS otimiza o tempo, melhora a produtividade e ainda estimula a colaboração entre as equipes, ou seja, aumenta a integração. Logo, um profissional pode compartilhar um link no sistema e todos os membros da equipe podem acessar o projeto.

Logo, a interação é maior entre os colaboradores e muitos trabalhos podem ser terminados/começados de modo mais rápido e com participação de todos do projeto.

7 - Segurança e atualização

Outra vantagem desse tipo de serviço é que não há necessidade em se preocupar com atualização, pois é feita pela empresa responsável. Também não há mais perda de tempo com back-up, pois é o próprio sistema que realiza as cópias de segurança. Mais ganho de tempo e produtividade.

SaaS e software - principais diferenças

A principal distinção entre uma empresa que oferece o serviço SaaS e uma de software é o local de armazenamento de dados. Na primeira, as informações ficam na nuvem e podem ser acessadas por meio de um navegador web.

No segundo caso, ou seja, na empresa de software, os dados permanecem guardados na máquina da empresa contratante. Os softwares que usam serviços do tipo SaaS não precisam ser instalados - uma vez que os dados são acessados pela internet. Além disso, conta com customizações que são padronizadas e, assim, o cliente pode escolher o pacote mais adequado às suas necessidades.

SaaS: como usá-lo para ter sucesso na minha empresa?

Fique por dentro e acompanhe a utilização do serviço: Com o uso do SaaS, você vai ter acesso a várias estatísticas sobre os seus clientes. Por isso, aproveite para monitorar essas informações e usá-las para conseguir resultados para a sua empresa.

Busque novas formas de interação: Por meio do SaaS você pode optar por diversas maneiras de interações, inclusive modificar os serviços e lançar novidades para conquistar o público. Assim, você não ficará dependente de estratégias tradicionais e conhecidas, já utilizadas no dia a dia. Por meio da ferramenta, por exemplo, será fácil interagir com os clientes e conseguir feedbacks para aprimorar futuras ações e planejar os próximos passos. Uma das melhores estratégias que podem ser trabalhadas com o Saas é a escalabidade, em que o foco é criar algo relevante e que desperte o interesse dos usuários. Para isso, toda a empresa precisa estar envolvida desde a fase inicial até o momento pós-venda.

Por meio da escalabilidade é possível avaliar o quanto o negócio vai crescer. Dessa forma, foque na solução do problema e tente identificar:

  • Quem é o seu público alvo?
  • Como a solução pode auxiliar e estimular outras pessoas?
  • Quais problemas serão resolvidos?

Neste sentido, para escalar as vendas por meio do sistema:

  1. Conheça o mercado;
  2. Elabore um estudo de crescimento da organização;
  3. Cuide da comunicação;
  4. Integre os setores da empresa

Aposte em feedback: Conheça os seus clientes e interaja com seu público. Tente saber sobre as suas necessidades, o que eles buscam e procure sempre obter feedback. Assim, você pode descobrir quais são os pontos fortes e fracos do seu negócio para melhorá-los e conquistar resultados novos.

Gostou de aprender mais sobre o SaaS, seu funcionamento e como ele pode contribuir para a produtividade da sua empresa? Aproveite para compartilhar as dicas deste post nas suas mídias sociais e continue navegando pela Comunidade Sebrae para conferir outros conteúdos que podem ser úteis para você.

Comunidade Sebrae
Bárbara de Almeida
Bárbara de Almeida Seguir

Biomédica na área de publicidade! rs... Trabalho com produção de conteúdo desde 2012 em vários nichos: empreendedorismo, notícias, cursos, saúde, e muito mais. Adoro escrever, criar e me reinventar por meio das palavras!

Ler matéria completa
Indicados para você