[ editar artigo]

Separando as coisas: Finanças da Empresa X Finanças da Família

Separando as coisas: Finanças da Empresa X Finanças da Família

Para pensar:
Se você é aquele empreendedor que apenas troca salário por faturamento e todo o mês paga as contas da empresa e gasta o que sobrou!! Com certeza no cenário atual seus nervos estão à flor da pele. Provavelmente terá que fechar as portas do seu negócio logo ali adiante. 

A falta de separação entre as despesas do negócio e particulares (principalmente o uso do cartão de crédito corporativo para pagar despesas pessoais e familiares) é um erro crucial para quem se aventura no mundo dos negócios.

Parece que é mais fácil ou mais simples, porque tudo sai de uma sacola só, mas não é bem assim. Estabelecer qual será o seu pró-labore ou salário todo mês e pagar as suas despesas pessoais com ele é uma atitude administrativa  fundamental para a saúde financeira da sua empresa, por menor que ela seja.

A mesma reflexão serve para quem está sempre reinvestindo tudo o que ganha no seu negócio e não se preocupa em fazer reservas financeiras para si ou para o empreendimento.
 Se você mistura tudo, num cenário tão caótico como esse que estamos vivendo, poderá ter quebrado não apenas o seu negócio, mas também a sua família.

Lembrem-se, negócios são perenes, mas a estrutura familiar deve ser preservada.

Nunca é tarde para aprendermos sobre como administrar as nossas finanças pessoais e também estabelecer um rigor no controle financeiro da empresa.

 

 

Maria Rejane Arboite

Blog

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você