[ editar artigo]

Startups criam oportunidades no PR

Startups criam oportunidades no PR

O Estado do Paraná já é um polo rico e propício para o nascimento e desenvolvimento das startups e seus negócios. Entretanto, o esforço da região agora está na busca para que o Estado seja referência no Brasil em inovação e que, de preferência, se destaque e se compare a locais como Dinamarca e Israel.

No Conecta 2019 vimos que essa possibilidade está mais perto do que nunca. Quer saber o porquê? Vou te mostrar alguns dos parâmetros que elucidam essa perspectiva: posicionamento, cultura, aprendizado e realizações.


O evento, realizado nos dias 26 e 27 de julho, pelo Sebrae/PR, uniu grandes nomes do empreendedorismo, startups e inovação para compor o maior hub que fomenta o ecossistema desse movimento, que impulsiona a inovação no Paraná. Esse fluxo marca o posicionamento desse empreendedor como ator para a transformação do futuro. Mas também como parte da conexão para a formação do ecossistema colaborativo da nova cultura empreendedora.

A cultura startupeira, inovadora, atuante, proativa e sedenta de conhecimento, faz o seu papel na construção de um novo formato de relações, quando se mostra totalmente aberta ao novo e ao outro. O Conecta não é apenas um evento de palestras e mentorias, mas de troca e vivência.

Trata-se da permissão em ter várias versões da sua solução e do seu negócio que, como em toda a evolução, não se tem apenas um fim, mas diversos caminhos para a nova sociedade. Isso também pode ser aplicado no conceito de personalização, em que a solução é moldada para resolver e encaixar determinada necessidade.

Chegar nesse equilíbrio e nessa solução só é capaz com a experiência e a vivência do outro, somada à sua. Por isso, a criação de momentos de conjunção.


Uma nova sociedade surge com possibilidades para todos e todas as idades. No relatório de Startups Paranaenses 2019 do Sebrae/PR, apresentado durante o evento, mostrou que a faixa etária não é um limitador, pois temos empreendedores de startups na faixa dos 70 anos. Pelo contrário, a complementariedade de competências é um fator rico para o setor.

Além disso, entre as verticais que vem apresentando destaque em todo o estado estão startups voltadas para os setor de saúde, agro e educação. E entre as novidades está o setor de Vet e petTech, para animais e que não estava mapeado antes.

O destaque do relatório também fica por conta da capilaridade do Estado. Em outras regiões, a concentração de startups está nas proximidades da capital do Estado. No PR, isso não é uma regra. Há diversidade de criação de empresas em diversos polos, o que cria mais oportunidades de negócios e trabalho difundido na região. Foram mapeadas 1032 startups no Estado, com mais de 10 mil pessoas trabalhando nessas empresas. Entre as principais verticais que receberam investimentos no PR estão startups de produtividade, varejo, fintechs, logística e saúde.

 

Comunidade Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista, MEI e gerente de comunidades da Comunidade Sebrae!

Ler matéria completa
Indicados para você