[ editar artigo]

Upskilling e Reskilling

Upskilling e Reskilling

Duas formas atuais de capacitação e aprendizado.

Uma das mudanças que a velocidade da tecnologia traz para as empresas é a necessidade de aprimorar seus processos. 

Para os profissionais, a situação não é diferente e também existe a mesma necessidade de se aprimorar com frequência, já que estão unidos estruturalmente a essas empresas.

Nesse contexto, surgem no mercado duas palavras que dizem respeito ao desenvolvimento profissional direcionadas para dois objetivos diferentes: upskilling e reskilling.

Em inglês, skill significa habilidade e é daqui que nasce o termo skilling sendo utilizado para representar tudo o que está relacionado ao desenvolvimento. 

O termo não faz parte do dicionário oficial do vocabulário inglês mas, já faz parte do processo que chamamos de Lifelong Learning (aprendizado contínuo) e representa a necessidade de atualização de conhecimentos ou desenvolvimento de novas habilidades como resposta à busca do mercado por profissionais que acompanhem a velocidade da inovação, tecnologia e automação entre outros. 

Então, o que significa cada um desses novos termos?

Upskilling – é o aprimoramento. Diz respeito ao desenvolvimento de conhecimentos no segmento ou profissão que você já possui domínio. Por exemplo: você já atua no varejo de moda no cargo de gerente. Então, você decide fazer um curso de liderança ou um curso de desenvolvimento de pessoas. Aqui, você adiciona conhecimento à profissão, à área em que você já atua e gera valor para a instituição ou para a sua carreira, se for um autônomo de outro segmento. 

Reskilling – requalificação. Isso quer dizer aprender novas habilidades. É mudar de rota completamente. 

Aqui, duas situações podem ocorrer: ou você toma a iniciativa de mudar de profissão completamente (e tudo bem) vai com tudo. Ou, a empresa para quem você trabalha pode tomar a iniciativa por enxergar em você a capacidade de desenvolver novas habilidades e desempenhar-se ainda melhor ainda em outro setor. 

Essa nova demanda por “se reinventar profissionalmente” em outro momento (e não faz tanto tempo assim) já foi algo visto de maneira despectiva, sendo algo negativo para quem tivesse mais de uma profissão ou varias habilidades. 

Independente do que faça mais sentido entre os dois termos pra você, o importante é não deixar de investir no próprio desenvolvimento em qualquer fase que esteja na carreira.

A McKinsey(consultoria estratégica) realizou um estudo falando sobre o mercado de trabalho no futuro e divulgou algumas habilidades que serão necessárias para o mercado de trabalho com o objetivo de auxiliar as empresas a montar estratégias para se adaptar às inovações que virão.

Já sabemos (e de fato, isso não é do agora) que algumas funções vão perdendo força de atuação e espaço no mercado bem como, outros grupos vão crescer em necessidade e importância. 

Segundo a McKinsey, existem pelo menos três grupos relevantes e que devemos observar.

O grupo numero 01: Habilidades Cognitivas

O grupo numero 02 – Habilidades Sociais e Emocionais

O grupo número 03 – Habilidades Tecnológicas

Para exemplificar, temos:

Grupo 01 – Habilidades com a escrita avançada, raciocínio complexo, análises estatísticas. e pensamento crítico.

Grupo 02 – Capacidade de aprendizagem contínua, capacidade de negociação, boa comunicação, gerenciar pessoas, empatia e adaptabilidade uma vez que a tecnologia não para de evoluir. 

Grupo 03 – Habilidades básicas e avançadas de TI, capacidade de analisar dados, engenharia. 

E, os dois termos upskilling e reskilling se adequam ao três grupos. Vale lembrar que quando falamos sobre aprimorar, aprender, se qualificar, desenvolver… não estamos tratando apenas de cursos de capacitação. Também estamos falando sobre ler artigos, livros, buscar referências em fontes confiáveis, viajar, estudar sobre pessoas e comportamento e sobretudo, abrir a sua mente para o novo.

A evolução e as mudanças nas nossas vidas só acontecem quando abrimos a nossa mente e mudamos a nossa visão de mundo.

Por isso, aprimore seus pontos fortes, desenvolva suas melhores qualidades e defina um caminho que melhor se adapte aos seus interesses e desejos pessoais e profissionais. 

Sucesso!

Chris Corcino

Comunidade Sebrae
Chris Corcino
Chris Corcino Seguir

Consultora de negócios de moda Mentoria, cursos e palestras com temas sobre o varejo de moda, consumo e comportamento.

Ler matéria completa
Indicados para você