[ editar artigo]

Você é seu maior patrimônio

Você é seu maior patrimônio

Ninguém sabe ao certo como será o mundo pós pandemia. Quais serão as transformações no mercado e no consumo, no modo, como nos relacionamos uns com os outros e com nós mesmos, nos ambientes que frequentamos e nas tendências que estão para surgir.

Como podemos, então, nos preparar para este futuro que ainda não conhecemos? 

O momento de isolamento social, abre espaço para um olhar mais demorado sobre os rumos que estamos dando às nossas vidas. Na mesma escala em que os privilégios vêm à tona, vem também nossa vontade - ou a falta dela - de nos concentrarmos em nossos projetos e refinarmos habilidades importantes para nossas próprias metas. Com mais tempo livre, fica difícil apontar a rotina como culpada pela procrastinação. 

O desolador, aumento da taxa de desemprego durante a crise faz, com que o conceito de se reinventar, como empresas e como pessoas, deixe de ser um momento lúdico e criativo para se tornar uma urgência, uma habilidade que salva vidas. 

Saber transformar este momento de medo e incerteza em um espaço para investir em si mesmo, dentro das possibilidades de cada um, é um excelente caminho para sairmos da quarentena melhores de alguma forma. Poucos anos atrás, buscar informação sem sair de casa era uma ideia absolutamente distante. Hoje, há um movimento de democratização do conhecimento que faz com quem tem acesso à internet tenha também acesso a cursos, workshops, feiras e palestras internacionais voltadas a qualquer área do conhecimento, da gastronomia ao empreendedorismo, da fotografia à medicina.

Em termos de saúde mental, o estudo e o progresso são também formas de lembrarmos a nós mesmos de que sim, uma hora ou outra a vida volta, e que o momento que vivemos agora, como todos os outros, é apenas passageiro. 

Como empreendedor, incentivo sempre meus colegas e colaboradores a enxergarem a si mesmos, como seus maiores patrimônios.

Acredito que devemos investir o máximo de nosso tempo em conhecimento, inovação e cultura, aprendizados que, uma vez que obtemos, ninguém é capaz de nos tirar. É preciso construir bases sólidas para a vida que queremos viver. Assumir as responsabilidades atreladas às recompensas que desejamos receber. Ter em mente que, para conquistar novas oportunidades, é preciso correr riscos, e saber bem, até onde estamos dispostos a chegar.  Aproveitar este momento para desenvolver uma competência fundamental, a resiliência.

Se você tem condições de usar seu tempo em casa para buscar conhecimento e aprimorar a si mesmo, não desperdice este privilégio. A única resposta para nossa pergunta inicial, “Como nos preparamos para o futuro?” É que esta preparação precisa acontecer todos os dias. Todo dia é uma nova oportunidade de construir, aperfeiçoar e evoluir. A única coisa que temos certeza absoluta que ainda existirá no futuro são as pessoas.

Ou seja, nós somos o futuro.

 

Blog

Comunidade Sebrae
Eduardo Palu de Cordova
Eduardo Palu de Cordova Seguir

Acredito no trabalho como o maior agente de transformação da historia da humanidade. Aprendi, desde cedo, que o trabalhador é muito mais do que o trabalho que executa, e enxergo que o verdadeiro propósito de uma empresa é transformar lugares e pessoa

Ler conteúdo completo
Indicados para você