[ editar artigo]

Você sabe o que é agilidade emocional?

Você sabe o que é agilidade emocional?

 

Agilidade emocional

  • É a nossa capacidade de tomar as melhores decisões mesmo nos momentos mais desafiadores e não deixar que a emoção tome conta das nossas decisões.

 

  O ser humano tende a ficar na sua zona de conforto, nosso cérebro é programado para evitar a dor e buscar sempre o prazer imediato. Tendo isso em mente é fácil entender o porque muitas vezes ficamos com medo e receio de tomar decisões que impactam o nosso futuro.

  Procrastinação entra como atuante como por exemplo no trabalho. Aquela conversa com o chefe ou a reunião que deveria expor alguns pontos sobre algum projeto importante, procuramos algum prazer imediato para cobrir a dor da necessidade da conversa como por exemplo um café, um cigarro, uma cerveja.

  Esse receio vem também quando decidimos empreender, sair da nossa rotina e explorar um mundo novo pode fazer com o que tomemos a decisão errada. A agilidade emocional nos ajuda a tomar um tempo e pensar refletir o que realmente é importante e o que realmente não irá nos trazer algum mal a médio/longo prazo.

  Junto com a dor de sair da zona de conformo, vem a dor de dizer um não. Dizer não ao seu chefe ou ao a um cliente e acabar perdendo uma oportunidade, vem junto com a ideia de prazer imediato. Assinar um contrato e pegar todas as oportunidades disponíveis a curto prazo te traz alegria, mas a médio/longo prazo pode te trazer estresse. Entender que temos a capacidade de fazer “X” coisas é entender que se caso ultrapassarmos esse limite, podemos não entregar o projeto, não cumprir prazos ou não desempenhar certa tarefa tão bem quanto poderia.

 

 Medo do incerto, do que vai vir à tona, duvidas e impasse são skills de defesa do ser humano, mas quando começamos a tirar as nossas duvidas, entender e ouvir os nossos medos, mapear as áreas que podem ser afetadas por essas decisões temos uma visão mais real e racional sobre a situação.

  Para mensurarmos a necessidade da atuação da inteligência emocional, como pessoas é importante estar atentos aos nossos sintomas. Quando estamos com o coração acelerado, mãos suando sabemos que não é a melhor ora de tomar uma decisão. Podemos estar sob o efeito da euforia ou então até mesmo de raiva e acabar descarregando em uma pessoa errada ou de uma forma errada. Ter o autoconhecimento de suas emoções e ser ágil para saber se portal em adversidades.

  Como Líder percepção entra como atuante, entender sinais que o seu colaborador está emitindo e também temos o feedback que não é uma ferramenta. Um funcionário que não nos traz pontos que o incomodam, não expõe as suas dúvidas, pode ir minando e ponto de chegar a um ponto crítico e quando ele finalmente vier conversar, será para pedir demissão e comprometer todo um clima da empresa.

  Reforçando a ideia de não tomar decisões de imediato, não dizer que sim ou que não sem antes analisar pontos chaves. Saber que você tem o poder de dizer “Posso te dar a resposta amanhã?” “Posso te dar um retorno no final do dia?” e assim você criar um espaço para rever seus conceitos, seus planos e tomar a melhor decisão.

 

- Conta pra mim se você pratica alguma atividade de agilidade emocional e como você pratica ela no dia a dia.

Comunidade Sebrae
Janaina Lewin
Janaina Lewin Seguir

Accounting student of Universidade Positivo, dedicated to everything that arouses my curiosity and ready to discover the world.

Ler matéria completa
Indicados para você