[ editar artigo]

Linha de crédito Pronampe – A Receita encaminhou uma carta para você!

Linha de crédito Pronampe – A Receita encaminhou uma carta para você!

Acho que a carta mais esperada não é aquela que fala da saudade do outro... bons tempos aqueles não é mesmo! Tudo bem... já sei que sou saudosista... A carta mais esperada para o pequeno empreendedor foi a que a Receita Federal mandou e por meio do Pronampe, em linhas gerais, te dava a possibilidade de conseguir um empréstimo de até 30% tendo como referência o faturamento de 2019. Recebeu? Sim! Ficou feliz? Não! Por quê? O banco não te deu o dinheiro... essa não...

Bom caro leitor, para esclarecer um pouco melhor a Receita encaminhou comunicado a:

- Microempresas e empresas de pequeno porte abertas até 31 de dezembro de 2019;

- Que tenham declarado em 2019, se optantes pelo Simples Nacional, ou em 2018, se não optantes, receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil, no caso das microempresas, ou igual ou inferior a R$ 4,8 milhões, se empresas de pequeno porte.

- Que possuem um histórico de pagamento de impostos em dia!

Pois bem, se sua empresa recebeu a esperada cartinha é sinal que cumpre com os três quesitos acima, POR QUE o banco NÃO te deu o dinheiro? Porque a Receita Federal olhou os históricos do que diz respeito a ela e não pode mudar o que diz respeito a gestão de crédito de sua empresa.

Sei que é frustrante neste momento em que todo dinheiro é bem-vindo, ainda mais com uma linha de crédito como esta que se resume em emprestar dinheiro com carência, com prazo de pagamento de até 36 meses e principalmente, com uma taxa de juros de 1,25% + Selic ao ano! Isso quer dizer que se o banco recusou o empréstimo é porque sua empresa está com duplicatas protestadas e negativada perante os organismos de crédito, sem esquecer que você, pessoa física e socio desta empresa, também poderá estar negativado. É como se nossa empresa fosse dividida em duas colunas, uma trata da questão impositiva, a outra coluna trata da questão operativa/crédito. Por mais que a Receita tenha tido a boa vontade tratando a primeira coluna ainda precisamos organizar a segunda. Sabemos que a segunda coluna está difícil, mesmo assim quero deixar algumas dicas que permitirão que sua empresa esteja apta para uma possível segunda chance e começaremos assim:

- Atualizando o seu fluxo de caixa. É necessário que você saiba exatamente qual é o tamanho de seu faturamento, qual o custo operacional e qual o resultado que o estado de pandemia de impõe hoje! De posse destes números, você terá parâmetro para o seguinte momento que é:

- Negocie com seus devedores. Isto mesmo! Quem te deve! Entenda que você não está recebendo porque o seu cliente está na mesma situação financeira que você! De nada adianta a empresa ter um monte de dinheiro para receber se não recebe! Por isso minha recomendação é que você proponha a seu cliente devedor uma forma saudável de parcelamento e assim, permita aos poucos ir entrando aquele dinheiro que você tanto precisa para ir equilibrando seu novo fluxo de caixa;

- Negocie com seus credores. Agora sim você irá procurar a quem te protestou e dirá a ele que você, como sempre, preocupado em honrar com seus compromissos quer renegociar a dívida parcelando pagamento mediante a retirada do protesto. Não se envergonhe! Não se esqueça que o outro está na mesma situação e o que muda é que você está preparado para sair da crise com esta atitude e ele pode ser que não. Neste caso, o convença utilizando dos mesmos argumentos comentados aqui.

Mais uma coisa! Se você precisar conversar com alguém antes de executar o plano acima, eu estou aqui e tenho a melhor boa vontade em ajudar! Basta mandar sua mensagem e conversaremos, ok?

Até daqui a pouco!

O empresário poderá contar com o apoio do SEBRAE por meio do atendimento 100% digital neste período. Mesmo de casa, vamos orientar você, com relação a sua empresa e as linhas de créditos oferecidas por instituições financeiras. Nos acione através dos seguintes canais:

🔵 Chat / Facebook / E-mail 🔵

 

Crédito 💲

Comunidade Sebrae
Rogerio Borges Schwanck
Rogerio Borges Schwanck Seguir

Consultor Credenciado, Educador, Empreendedor. Com atuação internacional, possui escritórios próprios na Argentina, Brasil e Paraguai e atua diretamente no desenvolvimento de novos negócios e na melhoria da gestão empresarial.

Ler conteúdo completo
Indicados para você