[ editar artigo]

Quer crédito? Organize-se!

Quer crédito? Organize-se!

Você acha que as coisas não podem piorar? Hey! Sai pra lá pensamento ruim!

Não se trata de pensamento ruim, mas o que tem dificultado a grande maioria dos empresários a conseguir linhas de crédito neste momento de pandemia é justamente pensar que não pode piorar.

É fato que viemos arrastando nossas empresas a muito tempo, contratando empréstimos que mês se paga a parcela outro não, negociando com o fornecedor aquela duplicada vencida, parcelando impostos e assim vamos “empurrando com a barriga”. E o que acontece neste momento? Vem uma pandemia e dificulta ainda mais, afinal, como honrar nossos compromissos se o cliente sumiu! Bom, acho que vamos pedir um novo empréstimo e está solucionado!

O primeiro pensamento que vem a cabeça neste momento é se poderei aprovar nova linha de crédito uma vez que estou com parcela em atraso, com restrição no Serasa e ainda com CND (Certidão Negativa de Débitos – Receita Federal) positiva. Não foi isso que você pensou? A resposta é que segundo relatos de clientes, que procuraram seus gerentes bancários escutaram: “teremos que montar uma proposta... mas assim vai ser difícil”. Por isso, se você não se preparar para o futuro, poderá piorar sim!

O SEBRAE tem mapeado quais são as linhas de créditos ofertadas pelas instituições bancárias do país e podemos citar como exemplo o Fomento Paraná que lançou o “Paraná Recupera”, trata-se de crédito emergencial para preservar salários e empregos em empreendimentos informais, MEI, Micro e Pequenas Empresas. São créditos que variam desde R$ 1.500,00 à limites acima de R$ 200.000,00 com taxas de juros a partir de 0,41% ao mês e carência para início do pagamento. Segundo informações publicadas pelo Fomento em um período de 20 dias foram contabilizados 21.700 pedidos de crédito. Certamente, muito destes pedidos serão reprovados por falta de informações que compõem o cadastro do cliente.

Muito bem, nem tudo está perdido! Vamos tratar de melhorar isto e organizar nosso negócio para o futuro!

- Passo 1: Antes de formalizar um pedido no meu banco devo:

Avaliar e projetar meu fluxo de caixa de maneira que ele reflita a realidade. Não imagine abrir a porta e que será como antes. Tenha em mente seu novo cenário onde irá receber menos os créditos que têm, onde o cliente não entrará e tão pouco comprará o mesmo que antes. Projete os seus custos fixos a partir de uma readequação interna e quais são os custos variáveis, uma vez que sua produção vai estar afetada. Se você precisar de ajuda, poderá contar com o apoio do SEBRAE!

- Passo 2: Agora que já tenho um fluxo de caixa estabelecido e conheço a realidade financeira de minha empresa vou prepará-la para o banco.

Neste momento a contabilidade da empresa deve estar impecável com balanço atualizado e com os impostos em dia afinal, você irá precisar de certidões negativas! A parte contábil é fácil, pois seu contador já cuida de sua empresa, o que te preocupa é justamente a parte impositiva. Neste caso, solicite a seu contador que o auxilie com agendas e negociações destes impostos nos organismos devedores. É um momento de atenção, pois você terá que dispor de recurso financeiro para cobrir a primeira parcela do que for negociado. Leve em consideração que foram prorrogadas por 90 (noventa) dias, a validade das Certidões Negativas de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CND) e Certidões Positivas com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CPEND) válidas na data de 24/03/2020.

- Passo 3: Negociando e buscando alternativas com os bancos

O relacionamento já existente com seu banco é importante, mas não se deixe levar pelo momento e compare as taxas e condições oferecidas por outras instituições! Demonstre a seu gerente que você possui um fluxo de caixa atualizado e que mostra a necessidade de refinanciamento ou de uma nova linha de crédito de maneira a cumprir com o compromisso assumido.

Saiba sobre o papel das SGC – Sociedades  de Garantia de Crédito que tem como objetivo a expansão do acesso ao crédito por meio da concessão de garantias aos empreendedores que buscam financiamento nas instituições financeiras.

Leve em consideração que as instituições também estão adaptando-se ao momento e por isso seu banco ou cooperativa poderá ainda não apresentar todas as linhas que são divulgadas, por isso a importância de atualizar-se com relação a tudo que o mercado oferece!

O empresário poderá contar com o apoio do SEBRAE por meio do atendimento 100% digital neste período. Mesmo de casa, vamos orientar você, com relação a sua empresa e as linhas de créditos oferecidas por instituições financeiras. Nos acione através dos seguintes canais:

🔵 WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail 🔵

 

Crédito 💲

Comunidade Sebrae
Rogerio Borges Schwanck
Rogerio Borges Schwanck Seguir

Consultor Credenciado, Educador, Empreendedor. Com atuação internacional, possui escritórios próprios na Argentina, Brasil e Paraguai e atua diretamente no desenvolvimento de novos negócios e na melhoria da gestão empresarial.

Ler conteúdo completo
Indicados para você