[ editar artigo]

Como a Tecnologia Impacta o Pequeno Agricultor

Como a Tecnologia Impacta o Pequeno Agricultor

O impacto da tecnologia na agricultura nunca foi tão importante a ponto de trazer a modernização e melhorias em vários setores no processo industrial. 

Estamos passando por um momento de transformação digital, a pandemia trouxe a necessidade de acelerar os processos tecnológicos, e a ideia desse artigo é mostrar como podemos utilizar essa poderosa ferramenta a favor dos pequenos agricultores. 

Confira: 

Rentabilidade: com a tecnologia no agronegócio o pequeno agricultor tem maior capacidade de realizar uma gestão mais eficiente, a fim de absorver dados e informações corretas, otimizando o tempo do produtor na aragem, reduzindo também a quantidade de insumos  e o uso da água nas irrigações;

Melhoria na Performance e Fluxo de Caixa: com a coleta de dados realizada de forma correta através de sistemas de gestão, por exemplo, o gerenciamento dos desembolsos e o impacto na performance dos negócios se torna mais viável de controlar - contribuindo positivamente para uma agricultura de alta performance e um fluxo de caixa mais autônomo, sem riscos eminentes; 

Mais clientes: A tecnologia também é uma grande aliada para atrair, conquistar e fidelizar novos clientes do agronegócio através de ações  de Estratégias de marketing digital no ramo da indústria, podendo ser centradas no diferencial e na qualidade do produto; 

 

Quais tecnologias utilizar? 

Todos esses pontos listados acima só podem ser explorados de forma eficiente com um sistema que esteja ligado a tecnologia. Provavelmente você já deve ter escutado falar sobre a Big Data no Agronegócio - caso não, temos um artigo completo aqui na comunidade para você ler. Esse sistema é responsável por coletar diversas informações sobre um negócio, e possibilita criar um banco de dados acessível que pode ser utilizado por pequenos agricultores a melhorarem todos os processos.

Outra ferramenta bastante útil para o agronegócio é o GPS - um dos instrumentos mais utilizados para implementar na agricultura, fazendo com que o produtor seja mais preciso, através de um melhor mapeamento em campo, amostragem de solo, planejamento de plantio, entre outras coisas que foca no aumento da qualidade dos alimentos. 

Conclusão: 

Ainda que o GPS não seja mais considerada uma ferramenta avançada quando falamos em tecnologia na agricultura, pois existem outras ferramentas conquistando o território, ainda sim, tem uma potencialidade muito grande de mexer na produtividade dos produtores e agricultores. 

Uma pesquisa realizada recentemente pela Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), mostra que 67% das propriedades agrícolas no Brasil já utilizam a tecnologia e vem adotando inovações tecnológicas para aumentar os resultados. 

A revolução tecnológica impacta diretamente os  pequenos agricultores e deve ser levada em consideração para facilitar aquisições do dia a dia do Agronegócio.

 

Do Campo à Mesa

Comunidade Sebrae
Frederico Sieck
Frederico Sieck Seguir

CEO - KOUD TECNOLOGIA

Ler conteúdo completo
Indicados para você