[ editar artigo]

A importância da Agricultura Familiar para o Brasil

A importância da Agricultura Familiar para o 
Brasil

Muito se fala sobre o Agronegócio ser um dos fatores determinantes que mais contribuem para o crescimento econômico no Brasil. E por ser um setor complexo que exige uma mão de obra qualificada, ele é dividido por cadeias produtivas: o primário, secundário e o terciário. 

Hoje eu quero evidenciar um setor em específico, que representa uma relevante percentagem dos números positivos da economia. Além de trazer importantes benefícios para o consumidor e para a biodiversidade do nosso país: a Agricultura Familiar.

De acordo com uma entrevista realizada para a revista Expoagro 2020. O secretário Nacional da Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke, relata que cerca de 84% de todas as propriedades rurais do Brasil são formadas por pequenos agricultores. 

No entanto, o Agronegócio representa 21,1% do PIB (Produto Interno Bruto) do país, e desse número, 25% são provenientes da Agricultura Familiar. Isso revela que grande parte dos alimentos da mesa dos Brasileiros são produzidas pelos pequenos produtores.

Dito isso, é importante ressaltar que mesmo com os desafios constantes que os pequenos produtores enfrentam, eles são extremamentes importantes para o mercado Brasileiro, pois movimentam a economia regional e geram empregos.

A Agricultura Familiar e o seu comprometimento com a preservação da Biodiversidade

Além de fomentar o crescimento econômico no país, a Agricultura Familiar exerce um papel fundamental na produção agrícola sustentável. 

Seu comprometimento com o meio ambiente faz com que os pequenos produtores busquem soluções para a preservação da biodiversidade sustentável: como empregar práticas agroecológicas de produção com a criação de quintais agroflorestais, Produtos Orgânicos, etc. 

Essas práticas por consequência, oferecem cada vez mais opções de alimentos saudáveis com atrativos naturais para os consumidores. Não permitindo o uso de produtos químicos sintéticos prejudiciais para a saúde humana e para o meio ambiente. E nessa perspectiva, o trabalho da Agricultura familiar consiste em ampliar a qualidade de vida e as oportunidades no campo.

Conclusão - Reconhecimento ao Pequeno Produtor

Muitos ingredientes utilizados na produção são cultivados com muito amor e carinho pela Agricultura Familiar. Eles possuem um reconhecimento profundo a respeito da terra e plantam de maneira sustentável preservando o bem-estar das espécies e animais vegetais e prezando pela qualidade dos alimentos que são distribuídos na mesa dos consumidores. 

E assim como eles possuem reconhecimento profundo pela terra. Quero finalizar esse texto para também reconhecer o Pequeno Produtor. Aqueles que trabalham em prol da qualidade de vida de nós consumidores e do meio ambiente.

Valorizar a Agricultura Familiar também é contribuir com desenvolvimento ambiental e socioeconômico do país.  

Do Campo à Mesa

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você