[ editar artigo]

Rotulagem Frontal - Novo Modelo (Anvisa)

Rotulagem Frontal - Novo Modelo (Anvisa)

A Anvisa iniciará duas consultas públicas sobre rotulagem de alimentos, sendo uma delas sobre a rotulagem frontal e outra contendo requisitos técnicos para a adoção das normas pela indústria.

O modelo de rotulagem frontal em pauta propõe alertas para alto teor de açúcar adicionado, gordura saturada ou sódio. A linha de corte que estabelece a definição de alto teor também será estabelecida pela Anvisa.


A imagem abaixo ilustra os alertas propostos para produtos que sejam altos em um ou mais dos ingredientes. Trata-se de um modelo distinto tanto do rótulo informativo (gráfico) proposto pela Rede Rotulagem quanto do selo de advertência defendido pelo IDEC.

O modelo ilustrado acima, que fará parte da consulta pública, foi validado por dois estudos coordenados pela Anvisa e conduzidos pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pela Universidade de Brasília (UnB), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A expectativa é que o modelo contribua para a prevenção das principais doenças crônicas não transmissíveis no Brasil, como diabetes, doenças cardiovasculares e hipertensão.

Os interessados na consulta pública terão 45 dias para enviar contribuições: de 23/09 a 05/11.

Acesse aqui a notícia da Anvisa e confira aqui a página com as consultas públicas vigentes.

Do Campo à Mesa

Comunidade Sebrae
Mayra Viana
Mayra Viana Seguir

Analista técnica do núcleo de Alimentos e Bebidas da Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional. Doutoranda em Administração pelo PPGA/UNB, com ênfase em comportamento do consumidor. Pesquisadora do grupo de pesquisa Conscient da UNB.

Ler conteúdo completo
Indicados para você