[ editar artigo]

Uma visão sobre o ecossistema de flores da região de Maringá e seus potenciais encaminhamentos

Uma visão sobre o ecossistema de flores da  região de Maringá e seus potenciais encaminhamentos

Entre tantas consequências e mudanças trazidas pela pandemia, um repensar sobre o proposito de nossas vidas é o que terá mais impacto nos negócios. Se antes nos dedicávamos loucamente a “busca da felicidade” e essa busca estava muito associada ao consumo e a pressa, percebemos que com a fragilidade da vida esse propósito precisava mudar, e o que se lê hoje é uma nova busca – “uma vida que valha a pena ser vivida!”

Isso significa basicamente repensar onde quero gastar meu tempo. Passaremos a buscar mais:

  • Atividades que nos remetam ao autoconhecimento e equilíbrio – atividades manuais, lazer a céu livre
  • Oportunidades de apoiar, interagir e fomentar a comunidade local – crescimento do comercio local, do comercio rural, engajamento em campanhas sociais
  • Quero me conectar com a natureza e colaborar para melhorar o mundo que deixarei para as próximas gerações – menos consumo, casas mais verdes, mais preocupação com o reaproveitamento de produtos
  • Quero cuidar melhor da saúde – orgânicos, exercícios, boas conversas, tempo e atenção para quem importa, melhorar relacionamentos

Sobre diversos aspectos essas mudanças se conectam com o segmento de plantas e flores, e nele, com os garden centers.

O segredo no varejo será o conhecimento que acumulamos sobre os clientes, sobre o tempo que nos dedicamos a esse relacionamento e sobre nossa capacidade em transformar esses aprendizados em novos serviços ou produtos.

Os garden centers devem se ver como a nova opção de lazer das pessoas (um negócio diferente da compra e venda de plantas). Eles concorrerão com os Shopping Centers!

Eles devem agir como centros de descompressão, ajudando as pessoas a encontrarem seu novo proposito de vida:

  • Espaços de estar
  • Espaços instagramáveis
  • Cafeteria
  • Som ambiente
  • Navegação fácil
  • Agenda de eventos
  • Relacionamento web com conteúdo pertinentes
  • Premiação do consumo
  • Centro de informações
  • Motivador e fomentador dos hobbies com atividade manual – Home Gardening, Urban Jungle, horticultura e mesmo pet shop.

Isso tudo também se conecta com o Home Office e a tendência de unir o espaço de trabalho e moradia no mesmo local. Locais como o “sun corner” ou cantinho do descanso serão muito valorizados.

Precisamos desenvolver o acolhimento no atendimento pessoal e a sintonia no relacionamento web.

Para os produtores temos que pensar nas oportunidades que esse cenário proporciona:

  • Trocar os vasos pretos de plástico por vasos decorativos
  • Ações promocionais conjuntas com o varejo
  • Eventos no varejo
  • Turismo rural
  • Aluguel de espaços no sítio para casamentos e eventos
  • Apoiar campanhas sociais

E como o ecossistema de flores pode ajudar nessa caminhada

Um ecossistema deve fomentar o desenvolvimento local de uma cadeia a partir do fomento da conexão empresarial, da criação de inovação, da eliminação de improdutividades, da melhoria transacional e do fortalecimento do relacionamento com o cliente final, através da ação conjunta daqueles que dele participam.

Vejam algumas iniciativas concretas:

  1. Criação de uma agenda promocional conjunta
  2. Criação de campanhas sociais
  3. Lançamento e desenvolvimento de novos produtos
  4. Desenvolvimento de inovação incremental – no atendimento e no relacionamento com o cliente final
  5. Premiar o cliente frequente
  6. Ofertas multivarejo
  7. Conteúdo especializado
  8. Construir a confiança com o cliente final

È importante ressaltar que o principal canal de vendas desse ecossistema, os GARDEN CENTERS, se conecta também com outros ecossistemas locais:

  • Verduras e orgânicos
  • Cervejas especiais
  • Carnes especiais
  • Pet shops
  • Queijos artesanais

Assim podemos expandir a visão de possibilidades para um cenário multisetorial.

As flores são mais que alimento da alma, elas são uma nova forma de lazer com proposito!

Precisamos oferece experiência melhores e com o fortalecimento da cadeia de flores, favorecer o desenvolvimento regional!

Os interessados em se conectar nesse projeto podem contatar o Sebrae Maringá, inscrevendo-se através de 44 – 999700644

Augusto Aki – consultor Sebrae

akiaugusto@gmail.com

Do Campo à Mesa

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você