[ editar artigo]

Inovações que têm moldado o Empreendedorismo Feminino durante a crise

Inovações que têm moldado o Empreendedorismo Feminino durante a crise

O Brasil está lidando com uma crise econômica em meio a pandemia. Devido à necessidade da quarentena, grande parte das empresas e do comércio tiveram que se adaptar à nova realidade mundial. Hoje, segundo um levantamento feito pela Pontomais, empresa de tecnologia para RH, mais de 10% das empresas estão sem atividade no país. 35% das pessoas não registram o ponto no período de trabalho desde o dia 15 de março, e destes empreendimentos que não estão registrando serviço, 50% são micro e pequenas empresas.

O levantamento também aponta  que o empreendedorismo feminino tem sido o mais afetado neste momento. O segmento está entre os 3 setores que mais têm sido prejudicado financeiramente por não terem tantas alternativas para trabalhar durante a quarentena. Em primeiro lugar estão os estabelecimentos de estética com 16% da base sem atividade, em segundo lugar segue os comércios gastronômicos, como bares e restaurantes por exemplo (13%), e lojas de roupas e acessórios seguem em 3º lugar e fazem parte dos 10% das empresas paradas no Brasil.


E o que as empresárias devem fazer nesse período crítico para o empreendedorismo feminino? 🎀


É importantíssimo que a empreendedora faça uma análise do cenário para saber quais são as possíveis alternativas para o segmento. A criatividade tem que ser um diferencial neste momento e por isso é preciso apostar em alternativas que movimentam o negócio. A tecnologia é uma grande aliada para diversos setores, e diante disso é necessário investir nela porque esta pode render resultados não só neste momento de crise, mas para o resto da vida. 

O  e-commerce tem sido a opção mais lucrativa para empresas de acessórios, roupas e calçados. As vendas continuam a todo vapor de forma online e a tendência é que o rendimento não caia por conta do auxílio da tecnologia. Existem lojas que estão postando nas redes sociais quais são os looks mais confortáveis e estilosos para a quarentena, algo que pode atrair muitas consumidoras. E tem outras empreendedoras que têm até investido na produção de máscaras de pano. Uma ideia genial para as clientes que são mais vaidosas e querem, no lugar de máscaras descartáveis, um acessório mais bonito e personalizado.

 O delivery para os estabelecimentos de gastronomia é o que está gerando lucro para micro e pequenas empresas. Até porque muitas destas não tem espaço suficiente para receber clientes, já que as mesas do local tem que ter uma distância de pelo menos 1 metro para evitar qualquer contágio. Além disso, por conta da determinação do isolamento social, a circulação em restaurantes e demais comércios diminuiu, e esse foi mais um motivo para as empresas investirem na campanha do delivery, para que as pessoas que não têm saído de casa continuem consumido com eles. A facilidade é que o pedido é entregue na porta de casa e os motoboys têm cuidado tanto da higienização deles mesmo quanto da embalagem.

Os empreendimentos de beleza e estética em sua maioria não tem encontrado muitas alternativas a não ser a de se manter em quarentena e  resgatar um dinheiro da poupança ou até mesmo pedir um empréstimo no banco. Alguns têm até oferecido opções de serviços exclusivos, em que devem atender apenas uma cliente por hora, evitando então a aglomeração o espaço. Porém, apesar da higienização do ambiente e a esterilização de produtos e objetos de uso comum na empresa serem feitos com frequência e total cuidado, a prática ainda tem dividido opiniões entre as clientes. Será mesmo correto essa opção de serviço? Esse contato não pode contagiar mesmo a cliente e o funcionário?

Algumas empresas têm se destacado na mídia por conta de estarem dando um show de criatividade em meio a crise. São soluções inovadoras no empreendedorismo feminino que tem afetado tanto o marketing da marca quanto o financeiro da própria empresa.
 

Ideias criativas que estão dando um show durante a crise


No segmento de beleza apesar da tendência ser o prejuízo, existem empresas que estão inovando na crise e tendo um certo  resultado financeiro. O salão Cravo e Canela é um exemplo disso. Como as funcionárias não podem trabalhar por prevenção à Covid-19, a empresa está  fazendo vendas antecipadas dos serviços, para conseguir quitar as contas mensais e pagar os funcionários, e também está vendendo um voucher válido por 1 ano com pelo menos 10% de descontos em todos serviços. O Uber da Beleza e Estilo é outro salão que investiu em vouchers e também  inovou com os kits de cronograma capilar, em que o salão entrega às clientes pacotes que contém tratamentos de nutrição, reconstrução, reparação e hidratação dos cabelos. A iniciativa do estabelecimento foi solidária, até para beneficiar os próprios funcionários que por conta da quarentena estão sem serviço, mas essa ideia pode ser uma solução lucrativa para qualquer empresa do setor.

No ramo da gastronomia, a empreendedora que deu o que falar foi a Bianca Ramos da My Lovin cake. Aproveitando o clima de quarentena, a empresária teve a ideia de proporcionar um aniversário mais feliz para as pessoas que estão em isolamento social e não podem reunir amigos e parentes para comemorar a data com uma grande festa . Além de vender um bolo super gostoso, ela oferece uma mensagem de vídeo feito pelo cliente que quer fazer uma surpresa ainda mais feliz à aniversariante. Tudo é resolvido por meio de uma entrega do bolo, em que na embalagem contém o QRCode, e com o código, por meio da câmera do celular, a pessoa consegue acessar o youtube para ver o vídeo surpresa. Esse conteúdo fica disponível por 5 dias e o aniversariante ainda consegue baixar da plataforma para guardar a lembrança. pra sempre A ideia da empreendedora é que além do aniversariante ter doçura nessa data especial, ele receba muito carinho de amigos e familiares que resolveram presenteá-lo nesta quarentena.

Aproveite para se inspirar nessas ideias e inovar o seu negócio. Ainda está com muitas dúvidas e não sabe nem por onde começar? Então, entenda mais sobre como se organizar nesse período clicando nesse texto da Comunidade Sebrae 🙂

Nesse período de pandemia, micro e pequenas empresas devem se unir. Aposte nas opções mais tecnológicas e se reinvente. A criatividade faz toda a diferença nesse momento difícil. Cuide da sua empresa, como você tem cuidado da sua família. E haja com cautela. A saúde sempre estará em primeiro lugar!

Se você tiver dúvidas, questionamentos ou quiser direcionamento de como agir no seu negócio, em meio ao Coronavírus, entre em contato com nossa equipe, através dos canais digitais abaixo. 

🔵 Atendimento Digital SEBRAE 🔵
WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail ou 0800 570 0800 :)

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Dianalu de Almeida Caldato
Dianalu de Almeida Caldato Seguir

Empreendedora e Consultora de Negócios - SEBRAE-PR

Ler conteúdo completo
Indicados para você