[ editar artigo]

Mulheres Empreendedoras em Home Office!

Mulheres Empreendedoras em Home Office!

Olá, eu sou Patricia Tamiris , empreendedora em uma loja de roupas e habituada a trabalhar em casa.

Eu iniciei vendendo produtos e atendendo a clientes em um dos cômodos da minha casa, e optei por esse trabalho porque estava grávida do meu primeiro filho e queria estar presente na sua criação.

Todos os lugares que eu atendia meus clientes, comprar mercadorias, entregar, eu levava meu filho, e fomos nos adaptando a trabalhar como era possível.

O meu negócio foi crescendo e tomando outras proporções, e quando tive que me mudar de uma casa maior para um apartamento menor, optei por alugar um espaço e expor minhas mercadorias para melhorar o atendimento. 
A coisa foi acontecendo, até que virou uma loja e hoje já fazem 7 anos que atendo em um espaço físico, porém, quando eu consegui criar uma rotina de "trabalhar fora" e conciliar escola, duas lojas físicas, engravidei da minha segunda filha.

Novamente decidi priorizar estar próximo aos meus filhos e desde então a aproximadamente 2 anos, trabalho a maior parte do tempo de casa.
administrando a loja, fazendo o atendimento aos clientes online e produzindo conteúdos como, fotos e postagens.

Ai com todos esses acontecimentos recentes da pandemia do COVID-19 , o que mais se fala é em trabalhar home office.

E parece ser a coisa mais fácil do mundo, acordar, ligar o computador de pijama e produzir seu trabalho sem ter que sair de casa. Porém, o que a maioria não vê é que as mães precisam trabalhar em casa com os filhos chamando, a televisão ligada, os brinquedos espalhados e claro que a lógica de pensamentos de nossos filhos na maior parte do tempo não ajuda muito.

Cinthia Calsinski Enfermeira Obstetra - პოსტები ...
Então é bem complicado ter toda essa logística funcionando, entre arrumar a casa, fazer as refeições e produzir profissionalmente.

Olha só o que me aconteceu esses dias; eu entro ao vivo para falar em uma página parceira sobre empreendedorismo, foi logo nos primeiros dias em que estávamos todos em casa. Entrei ao vivo pelo Facebook no canto da sala pedindo a colaboração de todos em casa, estou lá, falando e falando quando no fundo, minha filha de 1 ano e meio começa a gritar "coco mamãe, xixi , banheiro."

Agora eu dou risada, mas na hora não sabia o que fazer.
 

Então;

  • Procure separar melhor os horários e fazer as coisas também no tempo deles;
  • Reserve  um lugar mais tranqüilo na sua casa e organize de maneira que fique determinado ser, seu canto de trabalho, de preferência com porta;
  • Combine com o marido um horário para ele distrair melhor as crianças e você produzir com maior qualidade.

Recorra as tecnologias se não houver outra saída, claro, sem exageros, mas principalmente, mantenha a calma e não se cobre além do que é possível!

Em meio as fotos que eu tiro de look's para  postar na minha loja, sempre sai a cabeça da menorzinho na frente, o meu filho passando atrás da foto, quando é vídeo então, eu produzo ele normal e tiro o áudio para postar, porque ao fundo escutaremos a sinfonia de vozes e brigas infantis entre irmãos, e antes eu me irritava, brigava não conseguia acabar, hoje em dia, aproveito e brinco nas fotos com eles, e compartilho essa realidade com minhas clientes.

 

E em meio tudo isso, descobri uma nova paixão e sonho profissional de me tornar consultora e ajudar outras pessoas a melhorarem seus negócios, inclusive fechei uma nova parceria e agora crio conteúdos para uma marca de cosméticos profissionais, auxiliando outras mulheres a serem empreendedoras fora da caixa e buscarem assim como eu seus sonhos, loucura mais uma função!!! 

Bom , mas o que me leva a vir escrever tudo isso?
É  dizer para você, mãe empreendedora, que se divide entre filhos e negócios, que divide a busca de seus sonhos com a vontade de estar presente na vida de seus filhos e que na maior parte do tempo ainda não fatura o suficiente para poder abrir mão desse estilo de vida, (mesmo se faturasse talvez ainda escolheria ser assim)
NÃO DESISTA, filhos crescem, tudo tem o tempo certo de acontecer. A dependência se torna menor e a confiança de soltar eles para o mundo se torna maior.

O meu mais velho tem 7 anos e já não me prende as coisas que um dia foram necessárias. Já a mais nova, tem 1 ano e meio, ainda é dependente de certas coisas e eu faço questão de estar presente.

Adeque os horários, crie maneiras e mecanismos para aliviar o stress,
mas não desista de seus objetivos profissionais, pois as suas conquistas individuais são tão importantes quanto as familiares.

Não, eu não sou a mãe que faz tudo e que baba no filho o dia inteiro; longe disso, as vezes acabo até excedendo o tempo trabalhando e não dando a atenção necessária a eles, eu apenas optei por estar mais próxima, levar e buscar na escola, poder ir na festinha de homenagem do dia das mães.

Mas o meu sonho profissional esta aqui bem forte, e caminhando aos passos possíveis, por mim e por eles!



Esse é meu apoio á Mulheres Empreendedoras que buscam não apenas uma renda para "ajudar" mais sim Independência Financeira e realização profissional!


Patricia Tamiris  

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Patricia Tamiris
Patricia Tamiris Seguir

Sou uma mulher de 27 anos, casada, mãe de um casal; Sou um microempreendedora de loja de roupas desde 2010, e descobri a pouco tempo que quero como propósito ajudar outras empreendedoras á olharem para seu negócio de forma diferente, SOMOS CAPAZES

Ler conteúdo completo
Indicados para você