[ editar artigo]

O artesanato e o complemento de renda

O artesanato e o complemento de renda

 

Sou a Ivanilde, cabeleireira há 46 anos e durante muitos anos tive o meu salão no centro da cidade. O artesanato sempre foi um hobby, o crochê e tricô sempre me acompanharam.

Com o tempo consegui construir minha casa no bairro e junto, a sala comercial para o meu salão. O movimento caiu, e fui notando que ficava com tempo ocioso entre uma cliente e outra, além de não conseguir ficar parada eu também precisava aumentar a minha renda, ter um complemento e rezava a Deus pedindo uma inspiração de algo a mais que eu pudesse fazer.

Comecei a pesquisar na Internet e me veio a ideia do chinelo. Fui pesquisando, assisti muitos vídeos e comecei a testar.

Hoje, minha garagem serve como meu ateliê para a produção onde eu faço uma variedade de chinelos: de inverno, estampados, lisos, de capacho. Eu me apaixonei pelos chinelos, investi e tenho muito prazer com esse trabalho. Sempre que tenho um tempo entre uma cliente e outra, estou na produção.

Minha profissão é o salão, é o que me sustenta, porém, os chinelos me ajudam a usar minha criatividade e ainda complementam minha renda.  Recentemente, tive que sair da associação porque estou com inflamação no ombro e estou em tratamento, não conseguiria neste momento participar novamente das feiras. Por enquanto, vou fazendo meu artesanato e mostrando no meu Facebook e também para as clientes do salão.

 

https://www.facebook.com/ivanilde.oliveira.31508076

 

 

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você