[ editar artigo]

O QUE COLHI ATÉ AQUI COMO MENTORA

O QUE COLHI ATÉ AQUI COMO MENTORA

 

Estou de mentora no Sebrae Delas há 5 anos, desde o piloto realizado nas cidades de Umuarama e Maringá. Durante  este período já passaram por minhas mentorias mais de 60 mulheres de Umuarama, Loanda, Paranavaí e Toledo.

Me impressiona as histórias que ouvi e que mudaram a minha  própria história. Aprendi que ouvidos atentos e coração aberto promovem muitas transformações em que ouve e para quem fala.

Fico buscando compreender a dimensão de uma mentoria. As vezes são tão profundas, reveladoras e outras apenas um compartilhar de fatos, sucessos, resultados não muito produtivos.

É uma via de mão dupla. Quando se permite olhar para dentro de si e expressar em palavras todas as emoções é impossível não haver crescimento, descoberta de uma criatura que tem inúmeras possibilidades de novos caminhos.

Para isso, precisa tomar decisões, traçar planos, cumprir estes planos. Nada impede que se mude no caminho, até porque todo planejamento precisa de um mínimo de flexibilidade, não total, porque se não corre-se o risco de desfocar, procrastinar, deixar de realizar. Planejamento é pura decisão.

As vezes minhas empresárias (tomei para mim essas mulheres que tem sido fonte de inspiração na minha vida) me perguntam como faço para sair de uma mentoria e já ir para outra sem misturar isto tudo. Então eu digo que faço uma prece. Peço inspiração para ouvir e falar, se for necessário. Me ponho na condição do poeta Drumonnd “a vida é curta demais, vamos juntas de mãos dadas”. E o que percebi é que muitas vezes o que cada uma precisa é de saber que tem uma companhia para seguir junto. Disposta a lembrar dos compromissos assumidos consigo mesma, como uma mãe zelosa.

Até aqui deu certo, o que não deu não me traz sobre os ombros nenhuma culpa. Estou sempre buscando oferecer o meu melhor, e cada uma fazendo sua parte, quando deseja.

Ser mentora no programa Sebrae Delas até aqui tem sido um presente maravilhoso que recebi do Sebrae, começando pelo convite feito pelas minhas gestoras Letícia e Vânia que depois acrescentou Rosi, Laís, Soninha, Suzanne, Mariana, Débora, Francine e as mais próximas de mim no dia a dia, Jane e Michele. E segue hoje na coordenação da Dianalu. Dividido com minhas colegas também mentoras com quem vez ou outra troco percepções.

Agradeço cada empresária  que confiou um pouquinho de sua vida empresarial e pessoal. Que riu e chorou comigo, mas que se tornou uma mulher diferente, melhor, luz da transformação.

As sementes foram espalhadas, os terrenos precisam ser cuidados e a colheita só o tempo dirá.

Aprendi a gostar demais de vocês, a respeitá-las e admirá-las...muito obrigada.

SIRLEY SOUZA – A BATATINHA

Batatinhas Treinamentos e Cursos Ltda

Umuarama – regional noroeste

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você