[ editar artigo]

Superação de tempos difíceis: como as mulheres encaram a dupla jornada

Superação de tempos difíceis: como as mulheres encaram a dupla jornada

Vida atribulada e falta de tempo, duas características muito comumente associadas ao perfil de grande parte das empreendedoras.  De um lado, a dedicação profissional, reuniões, busca por resultados e reconhecimento. De outro, a vida pessoal, cuidar da família, da casa e acompanhar o desenvolvimento dos filhos. Mas, como elas fazem para dar conta de tudo isso?

“Se vira nos 30”

As mulheres têm cumprido suas inúmeras atividades sem perder o foco em nenhuma delas, com garantia de sucesso ao final de cada dia. Entre suas preocupações diárias estão a organização e otimização do tempo de acordo com a lista de atividades que precisam ser cumpridas.

 

“Se virar nos 30” é o que o público feminino tem feito para que tudo aconteça em perfeito equilíbrio! No entanto, se elas conseguem algum tipo de apoio como marido, familiares e amigos, a jornada pode ficar menos pesada.

 

A dinâmica intensa traz uma rotina cansativa, e muitas vezes até estressante. Para as mulheres que têm filhos pequenos essa intensidade é ainda maior.  Levar e buscar na escola, preparar o lanche, auxiliar em atividades, organizar uniforme, preparar a criança para dormir (recomeçar todo o processo na manhã seguinte), rever as demais necessidades da casa, dar atenção para o companheiro e ainda ter tempo para cuidar de si.

 

Administrar toda essa movimentação não é uma tarefa nada fácil! Por isso, é fundamental manter um equilíbrio, revendo os problemas que incomodam. Parar, respirar e analisar cada situação é importante para tomar as rédeas da situação para que a dupla e até mesmo a tripla jornada não traga problemas de saúde, por exemplo.

 

Um olho em casa e o outro no mercado de trabalho

 

Mulheres empreendedoras estão impactando positivamente muitos negócios. À frente de pequenas, médias e grandes empresas elas estão conquistando seu lugar de destaque. Em meio a desafios emocionais, familiares e profissionais, elas têm se mostrado  fortes e, mesmo quando achavam que tudo estava perdido, não desistiram — demonstrando superação.

 

Mas é preciso muita sabedoria e força de vontade para manter tudo isso, uma vez que o estresse, o acúmulo de atividades, a insegurança e a falta de apoio podem trazer para a mulher um desgaste tão grande,  atrapalhando sua rotina de trabalho.

 

Além de  absorver todas as questões da casa, ela também precisa dar resultados em seu local de trabalho, manter as relações sociais de forma sadia, encarar os desafios propostos pela empresa e ainda cuidar de sua carreira.

Princípio de Empoderamento de Mulheres

Cada vez mais engajadas em reivindicar seu espaço no mercado, as mulheres vêm passando por um processo de empoderamento — um passo importante para que elas pratiquem o autoconhecimento e assumam o protagonismo de suas vidas.

 

Pensando nisso, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou um documento intitulado “Princípios de Empoderamento de Mulheres”, com sete princípios básicos que promovem a participação das mulheres em todos os setores e níveis de atividades econômicas. São eles:

 

  1. “Estabelecer liderança corporativa de alto nível para a igualdade de gênero”;

  2. “Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho — respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação”;

  3. “Garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras”;

  4. “Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional das mulheres”;

  5. “Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de suprimentos e de marketing que empoderem as mulheres”;

  6. “Promover a igualdade por meio de iniciativas de defesa comunitária”;

  7. "Mediar e publicar os progressos para alcançar a igualdade de gênero”.

 

Enfim, essa mulher que vive com um olho em casa e o outro no mercado aprendeu a desenvolver habilidades para encarar essa jornada, e ao final sentir que é compensador.

Empreendedorismo Feminino 👠

Comunidade Sebrae
Dianalu de Almeida Caldato
Dianalu de Almeida Caldato Seguir

Empreendedora e Consultora de Negócios - SEBRAE-PR

Ler conteúdo completo
Indicados para você