[ editar artigo]

[1-25] As 25 principais Food Techs do mundo em 2020 – AIR PROTEIN

[1-25] As 25 principais Food Techs do mundo em 2020 – AIR PROTEIN

Site: www.airprotein.com

Localização: Berkeley, Califórnia. Estados Unidos

Solução: alimentos produzidos com proteínas a base de ar

Um método ainda incipiente, porém uma alternativa real e sustentável para as fontes tradicionais de proteína.

A inspiração veio de uma pesquisa feita em 1960 pela NASA. As missões espaciais tripuladas surgiam, era necessário desenvolver uma forma de alimentar os astronautas em longas missões. Para solucionar esse problema, a agência espacial passou a pesquisar formas de converter dióxido de carbono em alimento.

É isso que a Air Protein faz: proteína comestível a partir de ar, principalmente oxigênio e dióxido de carbono. Pode parecer pura ficção, mas é um processo similar ao de fazer iogurte ou fermentar cerveja, ou mesmo produzir queijos ou vinhos.

Uma fonte nutritiva de proteína é produzida a partir de uma reação entre os elementos do ar, micróbios, energia renovável, água e nutrientes minerais. Para dar sabor e textura de carne, a startup usa uma combinação de pressão, temperatura e técnicas culinárias.

Frango, suíno, bovino sem precisar de solo nem plantas para alimentá-los. A próxima geração de proteínas alternativas está chegando.

Continue acompanhando os próximos posts “ As 25 principais Food Techs do mundo em 2020 “ e conheça mais sobre as empresas ao redor do planeta que estão mudando o futuro da alimentação.

Deixe aqui um comentário com sua sugestão ou indique uma Food Tech brasileira que deveria fazer parte dessa lista.

 

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Emerson Durso
Emerson Durso Seguir

Consultor do Sebrae, Mestre em Administração, Formação internacional em Cadeia Alimentar pela Legacoop e Governo da Emilia-Romagna/Itália e em Liderança Cooperativista na Europa, Canadá, Estados Unidos e Argentina, Empreteco

Ler conteúdo completo
Indicados para você