[ editar artigo]

Cultura de inovação como estratégia de crescimento

Cultura de inovação como estratégia de crescimento

Uma empresa que queira trazer a inovação como pilar fundamental, precisa contar com líderes visionários. E não digo isso por conta de tecnologias disruptivas, mas os líderes visionários precisam inspirar, motivar, acolher e capacitar sua equipe, pois inovação envolve cultura, comunicação articulada, diversidade de pessoas e principalmente, tolerância ao erro

Para identificar esse líder visionário ou avaliar se você está próximo desse perfil, tem algumas perguntas fundamentais a serem feitas: 

  • Como posso ajudar a minha equipe a pensar como empreendedores?

  • Como equilibrar as metas e entregas já estabelecidas com as validações de novas soluções? 

  • Como desenvolver novos produtos sem colocar em risco os produtos já existentes?

  • Como disseminar a cultura de inovação para todas as áreas da empresa sem que fique restrita à um único grupo de pessoas - muitas vezes dentro do setor de tecnologia?

A verdade é que não existem respostas prontas. Até mesmo corporações multinacionais enfrentam bastante dificuldade em implementar cultura e processos inovadores em suas operações. E quanto maior for a empresa e maior estiver consolidado o seu mercado, mais difícil será. A inovação está diretamente vinculada às pessoas e ao quanto elas se sentirão motivadas a sugerir mudanças, verem que suas considerações estão sendo ouvidas e assim, dispostas a agir em prol da organização. Esse processo, poderá gerar uma reação em cadeia de criatividade empreendedora e assim, atingir todas as unidades e níveis hierárquicos.

Depois que uma empresa descobre como se transformar, ela deve estar preparada para fazer isso continuamente. 

Para começar esse processo, é fundamental identificar influenciadores em diferentes setores da empresa, intraempreendedores, pessoas que se dedicam incansavelmente pelo cliente - seja ele interno ou externo - que queiram testar novas abordagens, novos processos, novas ferramentas e novos canais de vendas. Não se muda cultura e se torna mais inovador do dia para a noite, muito menos de forma imposta de cima para baixo. Sem engajamento de diferentes times, só haverá salas coloridas, post-its e campanhas de marketing transformadas em metas de um único setor que não geram transformações efetivas. 

A inovação pode ser o grande fio condutor para reescrever o DNA da empresa frente à novos e diversos desafios do mercado. A oportunidade pode estar em parar e olhar para dentro, ouvir as pessoas para entender se a cultura presente ainda faz sentido para todos, se atua como fio invisível da motivação ou como uma zona de conforto. Aos líderes visionários, caberá criar as condições para todos se sentirem parte fundamental desse processo contínuo e extremamente rico de transformação digital, empresarial e humana. A hora é agora. 

 

 

 

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Marcela Milano
Marcela Milano Seguir

Uma apaixonada por inovação e entusiasta da colaboração contínua entre as pessoas para transformarmos a sociedade e os negócios por meio da criatividade e da tecnologia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você