[ editar artigo]

EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO: UMA ABORDAGEM PARA APRENDER COM CLIENTES

EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO: UMA ABORDAGEM PARA APRENDER COM CLIENTES

 

Experiência do Usuário - ou o termo em inglês User Experience - quando abreviado somam apenas duas letrinhas: UX. O termo ganhou destaque nos últimos anos, pelo aumento exponencial de empresas que direcionaram esforços para criar produtos digitais. O WhatsApp, o Instagram e o acesso ao banco pelo telefone celular, são exemplos de produtos digitais que são presença constante na nossa rotina.

 

Mas UX não é apenas aquilo que cabe na tela do seu celular. A Experiência do Usuário abrange a maneira com que seus clientes interagem com os seus produtos, serviço ou sistemas - e pode ser em um ambiente online ou não, pois o objetivo é a experiência. Incorporar a Experiência do Usuário no seu dia a dia significa que você se preocupa em planejar que a jornada do seu cliente seja um sucesso! UX é importante para o seu negócio, porque ao colocar o cliente como o principal motivador na sua tomada de decisões, é possível ter melhores resultados!


Ao identificar quais são as dores dos seus clientes, ou seja, qualquer coisa que deixa eles nervosos ou irritados, antes, durante ou depois de uma compra, você pode tornar as mesmas uma maneira de criar soluções para que a experiência seja positiva. Também é possível reconhecer quais são os ganhos que o cliente deseja, isso significa detectar quais são os benefícios que o cliente deseja e que o seu negócio pode oferecer.

 

Para que você proporcione uma melhor Experiência do Usuário, a sua melhor ferramenta é o seu ouvido, afinal, só é possível descobrir o que o usuário deseja, se escutar o que ele tem a dizer. Tenha em mente que escutar é mais importante que falar. Quando estamos atentos a ouvir nossos clientes, entendemos como e porque os clientes fazem o que fazem, e assim podemos entregar produtos que os clientes amam!

 

É importante dizer que talvez ao ouvir seu cliente, você escute coisas não muito boas e isso pode te deixar chateado ou causar um grande incomodo. Afinal, quanto mais tempo você passa trabalhando em algo, com dedicação e amor, mais difícil é receber críticas. Então, desapegar também é uma importante palavra que vem junto com a Experiência do Usuário. O importante é compreender que é necessário ter flexibilidade para não tornar as críticas como pessoais, mas sim, como um processo de melhoria contínua em que a sua empresa será a maior beneficiada!

Uma boa experiência do usuário aumenta o valor percebido quando você entrega seu produto, serviço ou sistema, e isso é proporcionar uma experiência que vai além do valor monetário e que pode ser feita com o seu e-commerce, na forma como você se relaciona com o seu cliente, no pós venda, nas postagens em redes sociais, ou seja, nos diversos pontos de contato que seu cliente interage com a sua marca.

Pense que a Experiência do Usuário é como um processo de aprendizado constante com o cliente e deve ser feito em ciclos, priorizando as dores mais graves que são percebidas por eles. Em resumo, como diz o empreendedor e educador Steve Blank: “Não existem fatos dentro do escritório, então, ponha-se dali para fora e vá falar com os clientes”.

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Maísa Luana Silvestrin
Maísa Luana Silvestrin Seguir

Coordenadora Estadual do Escritório de Projetos do Sebrae PR, Coordenadora da Linha estratégica do Potencialização e Interface do setor de Tecnologia da Regional Centro

Ler conteúdo completo
Indicados para você