[ editar artigo]

Inclusão Digital em Pequenos Negócios

Inclusão Digital em Pequenos Negócios

Essa semana recebi um contato pelo WhatsApp, bastante diferente.

Um senhor, de 30 e poucos anos me enviou um print de uma tenda que continha um número de telefone fixo e outro celular.

Seguidamente da foto veio a seguinte mensagem por áudio:

  • Moço, bom dia, peguei seu telefone nesta tenda e gostaria de saber o valor dela.

Assim que vi a mensagem, gentilmente respondi por texto:

  • Olá, senhor, bom dia. Acredito que você chamou a pessoa errada. Eu não trabalho com tendas.

Passado alguns minutos recebo outro áudio do mesmo indivíduo, desta vez um pouco mais constrangido:

  • Ohh moço, você pode mandar só áudio, eu não sei ler, só sei fazer dinheiro.

Eu ouvi atentamente o áudio, compreendi as limitações do senhor e voltei a mesma resposta por áudio, mas desta vez falando para ele o número certo, o qual estava na tenda.

Passado este episódio, eu fiz uma pesquisa rápida no Google e verifiquei que existem 11 milhões de analfabetos absolutos, como aquele que me chamou.

Além dele, existem 31 milhões de analfabetos funcionais, os quais tem muita dificuldade para compreender e interpretar o que acabaram de ler.

Para conseguir realizar o atendimento de 42 milhões de pessoas simultaneamente, um BOT seria muito bem vindo, porém a leitura é um fator limitante.

Nasce então, uma tecnologia de baixo custo, alta eficiência que pode solucionar este problema.

 

 

Conseguir que o ser humano fosse atendido de forma automática e escalável é fruto de um projeto gigante da Wake Up.

Acreditamos muito que pequenos negócios podem se tornar relevantes em seus atendimento se pensarem no ser humano e na inclusão digital dos que necessitam.

Convido vocês a falarem com o BOT do vídeo através deste link.

 

Qual processo de inclusão digital você já adotou na sua empresa?

Deixe nos comentários abaixo.

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Matheus Torrente
Matheus Torrente Seguir

Sou COO da Wake Up Cobranças. Empreendedor, educador financeiro, economista e ávido por aprender.

Ler conteúdo completo
Indicados para você