[ editar artigo]

O que são Métodos Ágeis e como aplicá-los na sua empresa

O que são Métodos Ágeis e como aplicá-los na sua empresa

SCRUM, Kanban, XP, FDD, Smart... Isso ainda parece grego para você??🙈

Essas são algumas das metodologias ágeis, ou seja, elas envolvem um conjunto de metodologias que servem para acelerar o ritmo dos processos de desenvolvimento da sua empresa.

Os métodos ágeis são uma abordagem ao modelo de gestão tradicional de projetos, onde se tinha o desenvolvimento de produtos dividido por etapas bem definidas e muita burocracia. Já os Métodos Ágeis possuem interações curtas e estão focados no que realmente irá agregar valor ao processo produtivo.

Interessante, não? Assista ao Connect 👈 desta quinta (13/05) às 17h e saiba mais sobre esse assunto. 

 

Quais os benefícios dos Métodos Ágeis para o seu negócio?

Todo projeto precisa ter um objetivo, ou seja, um início e um fim bem definidos. Porém a execução pode se estender por determinados períodos e durante os quais muita coisa pode acontecer. Por isso a necessidade em desenvolver métodos inteligentes e eficientes que conseguissem contornar possíveis problemas e que pudessem simplificar a forma como os projetos eram executados impactando positivamente no resultado final. Daí surgiram os métodos ágeis.

Os métodos ágeis geram diversos benefícios para todas as partes envolvidas em um projeto e, principalmente, para os seus clientes, sendo alguns deles:

  • Maior sintonia entre seus colaboradores com os clientes e rápida resolução de possíveis problemas e conflitos;

  • Redução de riscos e resultado final de alta qualidade;

  • Entregas mais assertivas, economizando assim recursos;

  • Agilidade e eficiência nas entregas e na execução do projeto como um todo;

  • Flexibilidade para propor alternativas e chegar à melhor solução possível;

  • Melhor comunicação entre áreas da empresa;

  • Aumento de credibilidade e autoridade da organização no mercado.

 

Tipos de métodos ágeis

Existem muitos métodos ágeis e aqui cabe dizer que não há uma melhor metodologia, mas a solução mais adequada dentro do contexto da sua empresa.

Vamos te apresentar alguns dos principais métodos que podem ser aplicados em um projeto.

 

Scrum

Esse é, sem dúvidas, o método ágil mais usado nos dias de hoje, principalmente porque pode ser integrado a outros métodos ágeis com facilidade, aplicando-se não só ao desenvolvimento de softwares como a qualquer ambiente de trabalho.

É ideal para projetos de alta complexidade e que tenham um objetivo bem definido. Para trabalhar com Scrum o principal é que você tenha ampla compreensão sobre sua equipe e que tenha papéis bem definidos para cada um dos envolvidos.

No Scrum haverá um pessoa que será o “dono” do projeto. Ele é quem vai determinar o que deve fazer parte do projeto junto às outras pessoas envolvidas. A partir disso, ele criará um backlog, uma lista por ordem de prioridades.

As tarefas são distribuídas e iniciam os Sprints, que são os intervalos de tempo de desenvolvimento das tarefas, que não duram mais do que quatro semanas. Finalizado cada Sprint, o time faz uma revisão das atividades que foram desenvolvidas e conferem se tudo foi feito como deveria, se é necessário algum ajuste ou adaptação.

O fluxo vai seguindo até finalizar todo o backlog e o produto, serviço ou solução esteja pronto para a entrega.

 

Kanban

Quem gosta de trabalhar com checklists e ver tudo que está sendo desenvolvido por sua equipe, vai gostar de trabalhar com o sistema Kanban. Ele é um dos métodos ágeis mais simples e também mais utilizados pelas empresas.

Para trabalhar com o Kanban você precisa de basicamente criar um quadro (que pode ser físico, como um quadro branco, ou virtual, como o Trello, Asana) e dividi-lo em três colunas, organizadas da seguinte forma:

  • TO DO: contemplando todas as tarefas a serem feitas durante um determinado projeto ou intervalo de tempo;

  • DOING: com todas as demandas que estão sendo feitas por pessoas específicas em um momento;

  • DONE: com as tarefas que já foram finalizadas, entregues e validadas pela equipe.

O sistema é bastante simples, porém é necessário um acompanhamento mas demanda que toda a equipe esteja engajada para que ele possa funcionar adequadamente. Afinal, é preciso que haja um acompanhamento constante das tarefas que estão sendo realizadas, assim como seu avanço entre as colunas.

 

Smart

Possivelmente você já tenha ouvido falar do Smart. Ele é uma excelente forma de criar objetivos reais e tangíveis para sua empresa. Para sua utilização você deve ter em mente os princípios deste método que são: 

  • S (Specific): sua meta precisa ser clara e bastante específica, sem margens para interpretações.

  • M (Measurable): sua meta precisa ser mensurável e quantificável. Estabeleça objetivos exatos e numéricos que possam realmente comprovar que sua meta foi atingida.

  • A (Attainable): os objetivos que você define devem ser alcançáveis, levando-se em conta o tempo estabelecido e as condições atuais da empresa. Tenha uma visão realista.

  • R (Relevant): não adianta nada você ter uma meta se o atingimento dela, no final das contas, não gerar nenhum impacto para você ou sua empresa.

  • T (Time-related): os prazos devem ser definidos para o alcance das metas de maneira que os colaboradores aumentem o foco e evitem procrastinação.

Executar projetos faz parte do dia a dia de boa parte das empresas e encontrar formas de deixar seus processos mais simples e eficientes é essencial para ter sucesso.

Não perca o Connect desta quinta-feira (13/05) às 17h sobre Métodos Ágeis, aproveite e já ative o lembrete aqui!

Precisa de ajuda? Fale com o Sebrae e tire suas dúvidas! 

Você pode deixar o seu comentário aqui, ligar para 0800 570 0800 ou nos chamar no WhatsApp clicando aqui 😀

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Sebrae Paraná
Sebrae Paraná Seguir

Especialista em Pequenos Negócios - Atendimento ao Cliente | Marketing | Marketing Digital | Finanças | Gestão | Empreendedorismo | Comunicação | Inovação

Ler conteúdo completo
Indicados para você